PREFEITURA DE INHAPI

terça-feira, 20 de junho de 2017

Agentes comunitários de Saúde e de Endemias de Inhapi, Canapi e Ouro Branco aderem à paralisação nacional.

Servidores paralisaram suas atividades por 24hs e realizaram uma importante passeata pelas principais ruas da cidade reivindicando o reajuste do piso salarial da categoria que encontra-se congelado há 03 anos.

Por: Redação
Na manhã desta terça-feira (20) os agentes comunitários de Saúde (ACS) e de Endemias (ACE) dos municípios de Inhapi, Canapi e Ouro Branco sobre a coordenação do SINDACS/AL se reuniram na cidade de Inhapi para participar de uma passeata em adesão à paralisação nacional da categoria em reivindicação pelo reajuste do piso salarial da categoria congelado há 03 anos. Os servidores reivindicam o reajuste do piso que se encontra defasado e já não possui o poder de compra da época de sua aprovação, tendo em vista a inflação do período e os reajustes anuais do salário mínimo, que a época era é 724,00 e hoje está em 988,00 enquanto o piso salarial da categoria segue o mesmo 1.014,00. Ou seja, se não houver reajuste, no próximo ano, ao agentes estarão recebendo abaixo do salário mínimo. Nisso o que todos se perguntam é: Desta forma do que adiantou a aprovação do piso depois de tanta luta?  

De acordo com o sindicato da categoria, o atual ministro da saúde se recusa a se quer negociar o reajuste, e esse é um dos motivos a este dia de paralisação que ocorreu em todo o país. E pelo visto vai resultar numa paralisação ainda mais tendo em vista que o diálogo com a categoria não está nos planos do governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário