31/08/20

Popular "Brizola" sofre grave acidente motociclístico na AL-140 em Inhapi.

Vitima estava sem capacete e ao perder o controle da moto teria batido com a cabeça.

Por: Redação
Créditos: C.S

Um gravíssimo acidente motociclístico foi registrado na tarde desta segunda-feira (31) no município de Inhapi, mais precisamente no sítio roçado na rodovia AL-145. A vítima foi o popular "Brizola" que conduzia uma Moto Honda CG de cor vermelha, placa EXB 5431 (Carapicuíba/SP), quando perdeu o controle do veículo, vindo a sofrer vários hematomas pelo corpo e aparentemente uma forte pancada na cabeça que o deixou inconsciente.

Brizola estava sem capacete e foi socorrido  as pressas pela equipe do SAMU para o Hospital Regional de Santana do Ipanema. Seu estado de saúde é considerado grave.




30/08/20

CUT/AL empossa nova diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos de Canapi.


Posse ocorre 08 dias depois da vitória nas urnas contra a chapa apoiada pelo ex-prefeito Zé Hermes e seu grupo político que atualmente governa o município.

Por: Redação

Tomou posse na manhã deste Domingo (30), a nova diretoria do SINDSCAN – Sindicato dos Servidores Públicos de Canapi em cerimônia presidida pela atual presidente da CUT/AL Rilda Maria Alves. Ao todo, foram 22 novos membros empossados para um mandato de 04 anos sob a liderança do Professor Uilo Paulino, eleito presidente.

Seguindo todos os protocolos de segurança em decorrência da pandemia, a cerimônia contou com um número reduzido de filiados e convidados. Em seu discurso de posse, Uilo Paulino relembrou os motivos pelos quais resolveu enfrentar a disputa e a caminhada até a vitória no sábado dia 22 de Agosto (Relembre Aqui!). Falou também dos desafios que a nova diretoria irá enfrentar e das parcerias e ações que serão implementadas para o cumprimento de todas as ações e lutas levadas ao conhecimento do conjunto de servidores filiados.

Entre as prioridades de luta de acordo com o novo dirigente sindical, está a reversão dos processos de “desaposentadoria”, transparência das ações sindicais, o pagamento dos 60% dos Precatórios da Educação, o Concurso Público e a revitalização da previdência municipal.


26/08/20

Juiz confirma que Prefeitura de Inhapi não invadiu área privada e autoriza obra em rodovia

Magistrado da Comarca de Mata Grande decidiu derrubar a própria liminar emitida em favor do proprietário de terras à margem da rodovia estadual; Prefeitura pode continuar obra de ciclovia

Diego Barros

O juiz Marcos Vinícius Linhares Constantino da Silva, da Vara do Único Ofício de Mata Grande, revogou, nesta terça-feira (25), a liminar que ele próprio havia emitido, no dia 20 desse mês, em favor do proprietário de terras que não queria permitir a derrubada de um muro para que a Prefeitura de Inhapi desse continuidade à obra de implantação de uma ciclovia, à margem da rodovia estadual AL-140.

Na decisão desta terça, em favor da Prefeitura de Inhapi, o magistrado deixou claro que o município não invadiu propriedade privada e não cometeu nenhuma irregularidade.

“Verifico que o muro está construído em parte da faixa de domínio e/ou na área non aedificandi (não edificável) da Rodovia AL 140, na medida em que foi construído a menos de 45 metros do eixo”, explica o juiz em sua nova decisão.
“Observo que a documentação juntada pelo Município de Inhapi comprova que o Poder Público Municipal vem realizando melhorias na rodovia AL 140, construindo uma ciclovia e uma pista para pedestres com a finalidade de garantir a segurança dos seus usuários, cumprindo inclusive recomendação do Ministério Público Estadual e do Fórum Nacional de Combate à Corrupção Eleitoral”, continuou.

“A suspensão das obras poderá gerar graves prejuízos ao Poder Público, especialmente porque existe um cronograma a ser executado (...) À toda evidência, o interesse privado não pode, nesse caso, sobrepor-se ao interesse público. O suposto direito de propriedade particular não pode ser utilizado para consolidar uma situação que põe em risco à segurança dos usuários da rodovia e contraria os interesses de toda uma coletividade”, emendou o magistrado.

Dessa forma, a Prefeitura poderá dar continuidade à obra, inclusive fazer a derrubada do muro da propriedade, que foi construído na chamada área de domínio da rodovia estadual AL-140.

FONTE CORREIO NOTICIA

25/08/20

Servidores públicos contratados de Canapi tem bolsa família cancelado pelo Governo Federal.

Segundo alguns servidores o cancelamento seria fruto do cruzamento do banco de dados do programa com a folha de pagamento enviada pela prefeitura.


Por: Redação

Sem salários há 04 meses e agora sem direito ao Bolsa Família, essa é a atual situação de vários servidores contratados da Prefeitura Municipal de Canapi que nesta segunda-feira (24), foram surpreendidos com o CANCELAMENTO do Bolsa Família.

"PAGAMENTO CANCELADO / DECISÃO MINISTÉRIO" foi esta a informação constante no extrato de saque do benefício.

De acordo com alguns servidores que procuraram a redação do site Central do Sertão para informar o problema, o cancelamento seria fruto do cruzamento do banco de dados do programa com a folha de pagamento da prefeitura enviada ao MPC/AL e CGU/AL. 

O QUE DIZ A COORDENAÇÃO MUNICIPAL DO PROGRAMA

Nossa equipe de redação tentou entrar em contato com a coordenação municipal do programa, porém, no site da prefeitura não existe um telefone para contato direto com os responsáveis.

23/08/20

Homem tem moto roubada na zona rural de Inhapi-AL

Roubo ocorreu no Sítio boa vista, na zona rural de Inhapi no sertão de Alagoas

Foi registrado na manhã deste domingo (23), por volta das 8 horas, um roubo de motocicleta no sítio boa vista, perto do antigo lixão, no município de Inhapi, sertão alagoano.

O veículo estava em trânsito em uma estrada vicinal que dá acesso ao antigo lixão, quando três elementos armados deram a ordem de parada ao condutor da moto que seguia ele e um garupa. Após a abordagem os meliantes seguiram com a moto no sentido da rodovia AL - 140, tomando rumo ignorado.

Quem tiver informação do paradeiro dessa moto, ligar para o disque denuncia da Polícia militar de Alagoas 181 e o CPM de Inhapi (82) 98118-6095, ou entrar em contato com a família das vítimas do roubo (82) 981861334.


Fonte Sertão Curioso 

22/08/20

[07 VOTOS] Prefeito de Canapi sai derrotado com chapa montada pela equipe da Secretaria de Educação em eleição sindical.


Liderada pela namorada do atual secretário, a eleição foi decidida por apenas 07 votos, sendo 193 votos para a Chapa 1 que tinha o atual presidente na secretaria de finanças e 200 votos para a Chapa 2 liderada pelo professor Uilo Paulino.

Por: Redação

Servidores públicos do município de Canapi no alto sertão do estado de Alagoas, foram as urnas neste sábado (22), escolher a nova diretoria da SINDSCAN – Sindicato dos Servidores Públicos de Canapi.

Encabeçada pela Professora Jane Kerline, namorada do atual Secretário de Educação do município, a Chapa 1 foi composta com vários integrantes da Secretaria de Educação e ficou marcada como “Chapa do Governo”, além disso, tinha em seus quadros o atual presidente Josimário em sua diretoria ocupando a secretaria de finanças.

Já a Chapa 2 foi liderada pelo Professor e Mestre em Educação Uilo Paulino, ao qual o ex-prefeito José Hermes, pai do atual prefeito Vinicius Lima, tentou associar ao ex-prefeito Celso Luiz devido ao mesmo ter ocupado cargo de confiança na época em que o ex-gestor estava no comando do município.

A disputa foi bastante acirrada, porém, por apenas 07 votos de diferença, venceu a Chapa 2 com 200 votos, contra 193 da “Chapa do Governo”.

De acordo com servidores que votaram na Chapa vencedora a omissão e conivência da atual gestão do sindicato nos últimos 03 anos e 08 meses frente a atual gestão municipal e seus constantes ataques aos direitos conquistados dos servidores, tais como; não reajustes salariais do piso nacional dos professores em 2017 e 2020, retiradas de direitos e exclusão de servidores com a elaboração do novo PCCR da Educação, omissão quanto ao não pagamento do adicional insalubridade dos profissionais da saúde e garis, desaposentação de servidores celetistas pelo Instituto de Previdência Municipal e principalmente o envolvimento declarados de pré-candidatos a vereadores, secretários municipais e vereadores do atual governo municipal a Chapa1, foram os principais fatores determinantes para a vitória da Chapa 2.

21/08/20

Precisamos construir uma nova história em nossa cidade.

Transformar Paulo Afonso está nas mãos de todos nós. Precisamos fazer com que a transparência pública seja garantida, que as lutas pelos ideais da nossa gente não sejam em vão. Eu sou filho de Paulo Afonso, conheço a nossa gente não é da casa dos políticos, não é de cima dos palanques, eu conheço é na casa do povo. Nós temos que oferecer a Paulo Afonso uma possibilidade, uma chance de libertar nossa gente.
Chegou a hora de não aceitar esse velho debate, é hora de cuidar do futuro das crianças, das comunidades pobres da nossa cidade, colocar na Câmara de vereadores e Prefeitura quem nos enxerga, quem sabe onde dói, que conhece o cheiro da nossa gente. Precisamos assumir um compromisso com o povo de luta da nossa cidade e nosso povo precisa viver esse tempo. Precisamos levar para a gestão, o cheiro de povo, o olhar de gente e o gosto de fazer direito.
Nós precisamos ter essa chance, e quem pode dar essa chance é você minha companheira, é você meu companheiro, abraçando essa luta, conversando na sua comunidade, acendendo essa esperança, pois juntos vamos mudar nossos bairros, povoados e centro. Juntos podemos transformar essa cidade em uma cidade mais justa com dignidade para o nosso povo. Nós temos uma tarefa que é não desanimar, que é ser exemplo, para construirmos um município melhor, entorno de um valor central que é o nosso povo. Ninguém faz nada bom na vida desanimado e nosso povo hoje, está desanimado com a forma como está sendo conduzida a política em nosso município.
Não vamos desistir da nossa cidade, é aqui que vamos criar nossos filhos, é aqui onde temos que criar uma sociedade mais justa. Nós precisamos dizer não a tudo que é imoral, não a corrupção, não as mentiras, não as injustiças que são aplicadas. Para isso precisamos ter coragem para mudar, coragem para dizer não as propostas imorais, coragem para acabarmos com a velha política. Vamos dar início a um novo ciclo, um que tenha a mudança através do conhecimento da verdade, que não está sendo transparente para com a nossa gente. “Precisamos construir uma nova história em nossa cidade”.

Tauir Wagner

Diretor da maior escola da rede municipal de ensino de Canapi faz comentário ofensivo e preconceituoso contra idoso por divergências sobre eleição sindical.

“Por que vocês não vão “tomar no c...” Ai vocês ganham o que gosta...” - Disse o educador após críticas do idoso e de outro internauta a chapa 1 da qual o mesmo faz parte.

Por: Redação
Crédito: Reprodução/Facebook

Irritado com as críticas de um idoso e de outro internauta em uma postagem no seu perfil do Facebook pedindo votos para Chapa 1 na eleição do Sindicato dos Servidores Públicos de Canapi (SINDSCAN), um professor que também é diretor de maior escola da rede municipal de ensino de Canapi no alto sertão de Alagoas, proferiu um comentário bastante ofensivo e preconceituoso. “Por que vocês não vão “tomar no C...”. Ai vocês ganham o que gosta...” - Disse o educador.

A ofensa ocorreu após o idoso fazer o seguinte comentário sobre a chapa 1 que concorre as eleições do próximo sábado 22/08 e que tem o educador como membro da diretoria: “Não, porque ninguém é doido não passar mais 04 anos com o SINDSCAN a favor de prefeito não, tem que ser adversário” sendo logo em seguida repreendido pelo diretor “porque você não procura o que fazer em outra postagem...”, ao tempo em que o outro internauta envolvido na discussão respondeu: “Muito bem tem que votar em “xxxx” ele sim é o melhor para o SINDSCAN e não tem apadrinhamento da prefeitura”.

A falta de educação e o preconceito vociferado pelo diretor escolar ganhou repercussão nos grupos de whatsapp onde os prints da postagem foram compartilhados minutos antes do educar apagar o comentário.

“Misericórdia! A que ponto chegamos! Logo um diretor de escola”; “Um absurdo”; “Uma bela atitude pra uma pessoa que tá  frente  pedindo voto, uma falta de respeito”; “Cada um vota em quem quer e acha melhor, tem que respeitar a opinião do outro”, foram alguns dos comentários que de indignação nas redes sociais e grupos de whatsapp, principalmente de vários servidores públicos municipais.

O que diz a secretaria de educação do município

Nossa equipe de redação tentou entrar em contato com a Secretaria de Educação do Município de Canapi, mas infelizmente o telefone do secretário disponibilizado no site da prefeitura estava fora da área de cobertura.


ATENÇÃO!
Apesar da postagem ter se tornado pública através das redes sociais, optamos por resguardar as identidades dos envolvidos tendo em vista que até o momento não há registro de queixa-crime impetrado judicialmente pelas vítimas da ofensa e do comentário preconceituoso emitido por quem deveria dá exemplo e cuida da educação de centenas de crianças e adolescentes todos os dias.

20/08/20

Dono de lava a jato é assassinado com vários tiros enquanto voltava do trabalho em Inhapi

“Regi”, como era mais conhecida a vítima, foi atingido com disparos efetuados por ocupante de carro


POR JOTA SILVA

Um homem identificado apenas como “Regi do Lava Jato”, de idade não divulgada, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo, na noite desta quinta-feira (20), por volta das 19h30, na Avenida Pompilho Brandão de Alcântara, no bairro Tipi, em Inhapi.

Ele estaria retornando do trabalho para casa, no momento em que foi atingido com os tiros que teriam sido efetuados pelo ocupante de um carro de características e placa não informadas. A vítima morreu na hora, já o atirador fugiu tomando destino ignorado.

Equipes das polícias Civil e Militar estiveram no local do crime para os primeiros levantamentos. O motivo e a autoria do crime são desconhecidos, mas serão investigados pela Delegacia Distrital de Polícia (29ª-DRP).

O Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca foi acionado para recolher o corpo.


FONTE CORREIO NOTICIA

19/08/20

[Vídeo] Vereador filho da prefeita de Piranhas renuncia a liderança do governo na Câmara.

Josimar Dias usou a tribuna da Câmara para anunciar a decisão, pedindo a mesa diretora para comunicar ao Poder Executivo.


Por: Redação
Crédito: CMP/AL

O vereador Josimar Dias Nobre, filho da prefeita Maristela do município de Piranhas no alto sertão do estado de Alagoas, surpreendeu a todos os seus pares e populares presentes a sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores desta quarta-feira (19), ao anunciar sua renuncia a liderança do governo.

O parlamentar fez uso da tribuna da Câmara para comunicar sua decisão, bem como solicitar da mesa diretora que proceda a comunicação oficial ao Poder Executivo Municipal.

Para os vereadores do grupo de oposição a gestão da prefeita Maristela, a renuncia do filho da mesma a liderança do governo é sinal de que a atual gestão do município de Piranhas perdeu o rumo, que ninguém mais se entende. "Um governo desastroso que tem levado o município ao caos" - afirmam os vereadores oposicionistas.


17/08/20

[Fraude no Auxílio Emergencial] Temendo um eventual prejuízo eleitoral, prefeitos estariam postergando a entrega das notificações aos servidores públicos em Alagoas.


Já na região conhecida por “triângulo das bermudas”, no alto sertão do estado, as prefeituras de Canapi e Inhapi iniciam esta semana a entrega das notificações, ao contrário de Mata Grande que ignorou o pedido de informações.

Por: Redação
Crédito: Ilustração/Google Imagens

Por determinação do MPC/AL e da CGU/AL que identificaram 29.825 agentes públicos que receberam indevidamente o Auxílio Emergencial em Alagoas, 1.431 deles em Canapi (317), Mata Grande (836) e Inhapi (278), os gestores municipais dos três municípios do alto sertão do estado, região conhecida como “triângulo das bermudas”, assim como os prefeitos de outros 90 municípios alagoanos, Governo de Alagoas, Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público Estadual, deverão notificar todos os servidores constantes na lista enviada as prefeituras e aos demais entes públicos envolvidos, identificados após o cruzamento das folhas de pagamento e do cadastro do auxilio emergencial.

Todavia, mesmo de posse da lista de servidores que serão obrigados a devolver os valores recebidos do auxílio emergencial sob o risco de serem processados, há suspeitas que a maioria dos prefeitos do estado de Alagoas estariam postergando a entrega das notificações, supostamente, por temer um eventual prejuízo eleitoral para com as eleições municipais deste ano devido as prováveis demissões e tendo em vista que alguns servidores acusam os gestores de não terem orientado os mesmos no ato de suas contratações temporárias, uma vez que a grande maioria dos servidores são beneficiários Bolsa Família, pelo qual o auxilio emergencial foi repassado automaticamente.

O atraso na entrega das notificações e o suposto motivo eleitoreiro faz sentido, uma vez que, um levantamento do site Central do Sertão realizado nos municípios do “triângulo das bermudas” acima mencionados, por exemplo, revelou que até este domingo (16), dos 1.431 servidores da região constantes na lista do MPC/AL e CGU/AL para devolução os valores do auxilio, apenas 10 devolveram os recursos a União.

De acordo com o MPC/AL o servidor que recebeu o benefício de forma automática via CadUnico e ou Bolsa Família não será processado, exceto se também recebe o Bolsa Família indevidamente ou caso se recuse a devolver o dinheiro do auxílio emergencial. Já nos casos em que o servidor inseriu informações falsas no cadastro para receber o benefício, estes além de serem obrigados a devolver o dinheiro do auxílio, também podem responder por falsidade ideológica, estelionato e outros crimes.


O que dizem as prefeituras dos municípios acima mencionados

A equipe de redação do site Central do Sertão entrou em contato com as assessorias de comunicação dos municípios de Canapi, Inhapi e Mata Grande, de onde surgiram tais denúncias. E o primeiro a se se pronunciar sobre o assunto foi o município de Inhapi que através da Assessoria de Comunicação da prefeitura disse que cada secretaria onde os servidores estão lotados, ficará responsável por fazer a notificação que deverá ocorrer ainda esta semana.

Já a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Canapi, confirmou que foi comunicada pelo MPC/AL sobre os servidores que terão que devolver os valores recebidos do auxilio e que foi aberto um processo administrativo para notificar a todos, processo este, que se encontra no RH da Prefeitura para triagem de Secretarias e será nos próximos dias, encaminhado à Procuradoria do Município para emissão de Parecer Jurídico Final e elaboração da minuta da notificação para os servidores devolverem os valores recebidos indevidamente. Se bem, que alguns já sabendo do ocorrido, já até efetuaram a devolução.

Disse ainda que a Prefeitura não está cometendo fraude alguma, muito menos dando continuidade, tendo em vista que a organização e cadastro desse pessoal, é de inteira responsabilidade do Governo Federal, bem como do próprio beneficiário, logo mais a prefeitura irá, após a filtragem, notificar a todos de maneira generalizada, e irá cobrar na notificação a entrega dos comprovantes. Preferimos fazer os filtros por secretaria antes de entregar as notificações, porque filtrando, nos dá a possibilidade de atingirmos a 100%, pois quem melhor sabe onde encontrar os servidores são as próprias secretarias. Segue em anexo o número do protocolo e o despacho do gabinete do prefeito.


Todavia, ao contrário das prefeituras de Canapi e Inhapi, a prefeitura de Mata Grande preferiu ignorar o pedido de informações sem dá qualquer esclarecimento a população e a imprensa sobre as providências adotadas quanto à notificação dos seus 836 servidores públicos municipais que terão que devolver os valores do auxilio emergencial, equivalente a um prejuízo de R$: 501.600,00 (Quinhentos e um mil e seiscentos reais) aos cofres da União.


Homem morre após colisão entre carro e moto na BR-423 em Delmiro Gouveia

Dudu’ como era conhecido conduzia uma moto e colidiu em um veículo Golf. Acidente ocorreu por volta das 4h da manhã.


Uma colisão entre uma moto Honda Bros e um veículo Golf de cor preta e placa KJE-6475/PE, deixou um homem morto, durante as primeiras horas desta segunda-feira, 17, em um trecho da BR-423, próximo da entrada do Anel Vário, no município de Delmiro Gouveia. A vítima foi identificada apenas como ‘Dudu’.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, o homem conduzia a moto quando teria sido encadeado com a luz alta de um veículo. Ao perder o controle ele bateu na lateral do Golf e morreu no local.

O motorista do carro ainda acionou o socorro e a polícia. Em seguida seguiu para Santana do Ipanema onde irá se apresentar com um advogado na delegacia plantonista da região.

O corpo permanece no local e a Polícia Rodoviária Federal controla o tráfego até que a Polícia Civil e a Perícia realizem os procedimentos para que o corpo seja recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

‘Dudu’ era operador de máquinas e já trabalhou na Prefeitura Municipal de Delmiro Gouveia. Ele estava viajando para o município de Jeremoabo Estado da Bahia onde iria iniciar mais uma semana de trabalho.


Fonte Ítalo Timóteo 
https://www.italotimoteo.com.br/

16/08/20

[FRAUDE] Apenas 05 dos 836 servidores que receberam o auxílio emergencial indevidamente em Mata Grande devolveram os valores à união.


Prefeitura deve notificar os servidores para que façam a devolução, caso contrário, poderão responder criminalmente.

Por: Redação
Crédito: Google Imagens

Um levantamento feito pela redação do site Central do Sertão no Portal da Transparência do Governo Federal neste Domingo (16) revelou que dos 836 servidores públicos que receberam o auxílio emergencial de forma indevida segundo relatório do MPC/AL e da CGU/AL apenas 05 devolveram os valores recebidos.

De acordo com o MPC/AL o desfalque aos cofres públicos com os servidores matagrandenses foi de R$: 501.600,00 (Quinhentos e um mil e seiscentos reais), valor este que deve ser devolvido pelos servidores sob pena de responder criminalmente.

Vale ressaltar que MPC/AL e CGU/AL já enviaram aos gestores municipais, as listas com os nomes dos agentes públicos que receberam indevidamente o auxílio emergencial para que eles façam o acompanhamento das devoluções dos valores recebidos aos cofres da União.

Para maiores detalhes, acesse: 

15/08/20

[Vídeo] Vereador Prof. Roseildo apresenta indicação de título de cidadão inhapiense para o Cabo Flávio.

Parlamentar fez uso da tribuna para falar dos relevantes serviços prestados pelo militar ao município, bem como exaltar sua trajetória de vida.


Por: Redação

O vereador Prof. Roseildo fez uso da Tribuna da Câmara Municipal de Vereadores de Inhapi no alto sertão de Alagoas para homenagear o Policial Militar Cabo Flávio com a indicação do título de cidadão inhapiense. 

Sua sofrida trajetória de vida e seus 12 anos de dedicação a segurança da população inhapiense, embasaram o pedido e foram exaltados pelo vereador Prof. Roseildo na tribuna da Câmara. 

A indicação foi submetida a votação em plenário, sendo aprovada por unanimidade entre os vereadores presentes.


14/08/20

[Canapi] Dos 317 servidores que receberam o auxílio emergencial indevidamente, apenas 01 devolveu os recursos recebidos.

Prefeitura deve notificar os servidores para que façam a devolução, caso contrário, poderão ser processados.

Por: Redação

Um levantamento feito pela redação do site Central do Sertão no Portal da Transparência do Governo Federal nesta sexta-feira (14), revelou que dos 317 servidores públicos que receberam o auxílio emergencial de forma indevida segundo relatório do MPC/AL e da CGU/AL apenas 01 devolveu R$: 1.800,00 (Mil e oitocentos reais) relativo a 03 parcelas do auxílio.

De acordo com o MPC/AL o servidor que recebeu o benefício de forma automática via CadUnico e ou Bolsa Família não será processado, exceto se também recebe o Bolsa Família indevidamente ou caso se recuse a devolver o dinheiro do auxílio emergencial. Já nos casos em que o servidor inseriu informações falsas no cadastro para receber o benefício, estes além de serem obrigados a devolver o dinheiro do auxílio, também podem responder por falsidade ideológica e outros crimes.

Para maiores detalhes, acesse: 

http://www.portaltransparencia.gov.br/beneficios/auxilio-emergencial?paginacaoSimples=true&tamanhoPagina=&offset=&direcaoOrdenacao=asc&colunasSelecionadas=linkDetalhamento%2Ccpf%2Cnis%2Cbeneficiario%2Cobservacao%2CvalorTotalPeriodo&de=01%2F04%2F2020&ate=31%2F07%2F2020&municipio=18352&observacao=3

13/08/20

[VÍDEO] Deputado Cabo Bebeto apresenta requerimento para aquisição de respirador para o hospital de Mata Grande a pedido de morador.

Guilherme Junior  usou as redes sociais para falar sobre os motivos que o levaram a solicitar o equipamento, ao tempo em que agradeceu ao Deputado pelo requerimento, que foi lido e aprovado no plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas.

Por: Redação
Texto: Guilherme Junior

"Tendo em vista o crescente número de casos da COVID-19 em Mata Grande, fiquei preocupado e tive uma conversa com meu amigo  deputado Cabo Bebeto, onde passei pra ele a situação do município e região. Defendi que um respirador ajudaria muito, caso alguém precisasse com urgência  no município. O deputado me escutou e fez essa indicação pedindo ao governo do Estado que disponibilizasse um respirador para Mata Grande, e que também pode servir os municípios de Canapi e Inhapi. Todos nós sabemos que não temos nenhum caso grave ou complicações maiores em Mata Grande por conta do vírus, mas não sabemos o dia de amanhã. Todos nós estamos sujeitos. Querendo Deus tudo continuará assim, mas se por ocaso não continuar,  é de grande importância ter esse respirador em Mata Grande. Quero dizer também que essa indicação é um pedido ao governo, vamos aguardar pra ver se o governador irá atender. Quero agradecer mais um vez o deputado Bebeto, que sempre está à disposição da sociedade alagoana e matagrandense, e nunca negou um pedido meu que seja para o bem do povo. Obrigado Deputado!".


12/08/20

Dois jovens são assassinados com vários tiros em estrada vicinal no Inhapi.

Vítimas estavam de moto e foram abordadas por criminosos armados que fugiram tomando destino ignorado.


Dois jovens foram assassinados com vários tiros no início da noite desta quarta-feira (12) no município de Inhapi no alto sertão de Alagoas.

As vítimas identificadas como "Palhinha" de 22 anos e "Grilo" (18) seguiam por uma estrada vicinal do Sítio Curralinho em uma Moto CG 150 de cor prata, quando foram abordados por criminosos armados que dispararam dois tiros de espingarda calibre 12, um tiro na cabeça de cada jovem.

O motivo e autoria do crime ainda é desconhecido, assim como o destino tomado pelos criminosos após a execução.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil e os corpos recolhidos pelo IML de Arapiraca.



Vídeo: Homem é atropelado e sai andando e comemorando em Maceió

Registro foi feito por câmeras de segurança na última sexta-feira (07), na Av. Avenida Lourival Melo Mota, no conjunto Eustáquio Gomes



Imagens impressionantes de um flagrante ocorrido na última sexta-feira (07), no conjunto Eustáquio Gomes, na parte alta de Maceió, deixou internautas perplexos no dia de hoje, quando o vídeo começou a ser compartilhado: um homem é atropelado, mas sai andando e comemorando logo após o acidente.

Fonte: https://www.alagoas24horas.com.br/

            
           

11/08/20

[Triângulo das Bermudas] 1.431 servidores públicos de Canapi, Inhapi e Mata Grande, terão que devolver R$: 882 mil reais recebidos indevidamente do auxílio emergencial.

Em números absolutos, receberam indevidamente o benefício, 836 servidores públicos de Mata Grande, 317 de Canapi e 278 em Inhapi, concluiu relatório do MPC/AL e CGU/AL com outros 90 municípios do estado e 03 outros entes públicos.

Por: Redação
Texto: MPC/AL
Imagem ilustrativa: Fabrício
O Ministério Público de Contas de Alagoas e a Controladoria Geral da União em Alagoas apresentam o relatório final do cruzamento das folhas de pagamento do Estado, Municípios e instituições públicas de Alagoas com o cadastro do auxílio emergencial e identificaram 29.825 agentes públicos que receberam, indevidamente, o benefício do Governo Federal. O levantamento foi realizado em 96 entes públicos, sendo 93 municípios, Governo de Alagoas, Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público Estadual. Se levar em consideração que cada agente público recebeu uma cota no valor de R$600,00, o prejuízo é no mínimo de R$17.895.000,00. Porém, esse valor pode chegar a R$53.685.000,00 no caso do recebimento de três parcelas de R$600,00. O número de agentes públicos que receberam indevidamente o auxílio emergencial pode ser ainda maior, uma vez que nove municípios e duas instituições públicas de Alagoas não atenderam as solicitações do MPC/AL e da CGU/AL, apesar de terem sido notificados.

Em Alagoas, dos 29.825 agentes públicos que receberam indevidamente o auxílio emergencial, 6.686 são do público do CADUNICO, o que corresponde a 22,42%; 9.527 são oriundos do BOLSA FAMÍLIA, ou seja, 31,94% do total identificado após o cruzamento dos dados; e o maior percentual, 45,64% é do público do EXTRACAD, ou seja, 13.612 pessoas. Nos dois primeiros casos, estão os agentes públicos que receberam os valores de forma automática por já estarem cadastrados nos sistemas do Governo Federal. Já o EXTRACAD, trata-se daqueles agentes que se habilitaram voluntariamente para percepção do auxílio emergencial, cujos dados registrados por eles podem representar informações inverídicas para o recebimento do auxílio.
MP de Contas e CGU/AL reforçam que todos os agentes públicos, sejam eles oriundos do CADUNICO, BOLSA FAMÍLIA ou EXTRACAD, devem devolver os valores recebidos indevidamente.
Vale ressaltar que MPC/AL e CGU/AL já enviaram aos gestores municipais, as listas com os nomes dos agentes públicos que receberam indevidamente o auxílio emergencial para que eles façam o acompanhamento das devoluções dos valores recebidos aos cofres da União.
Apesar de solicitado, os municípios de Branquinha, Delmiro Gouveia, Jacuípe, Murici, Olho D’Água do Casado, Pariconha, Passo do Camaragibe, Penedo e União dos Palmares não enviaram suas respectivas folhas de pagamento para serem cruzadas com os dados do auxílio emergencial. Assembleia Legislativa do Estado e o Tribunal de Justiça de Alagoas também não enviaram suas informações para a realização do cruzamento.
Considerando a conclusão dos cruzamentos, MPC/AL e CGU/AL consolidarão os resultados em Nota Técnica que será encaminhada ao Ministério Público Federal informando os dados apurados, bem como, a identificação dos entes públicos que não enviaram as informações solicitadas.
Para o Procurador-geral do MPC/AL, Gustavo Santos, o quantitativo de agentes públicos que receberam indevidamente o benefício do Governo Federal é bastante expressivo. “O número de servidores que receberam indevidamente o auxílio emergencial foi espantoso. É crucial que esses recursos sejam ressarcidos à União para que sejam destinados ao combate à pandemia”, enfatizou Gustavo Santos.
O Superintendente da CGU em Alagoas, Moacir Oliveira, destacou que o trabalho desenvolvido em parceria com o MP de Contas, desestimula o comportamento que caracteriza desvio de conduta, porque comprovou que há instituições capazes de identificar esses desvios de conduta que acarretam em prejuízos aos cofres públicos, e de possibilitar a individualização de quem cometeu esse desvio de conduta e a responsabilização dessas pessoas. Para ele, esse trabalho desestimula comportamentos semelhantes no futuro.
Para Moacir Oliveira, a imprensa contribuiu para o incentivo do controle social. “A divulgação e a repercussão do resultado do trabalho na mídia, ofereceu elementos para o controle da própria sociedade sobre a coisa pública. A ação permitiu identificar que o cidadão se interessa pelo destino da coisa pública e é capaz de se indignar quando há uma má utilização desse recurso. Foi uma oportunidade de oferecer ao controle social, elementos para que ele, de fato, possa existir”, ressaltou.
OUTROS RESULTADOS
Além dos números expressivos e da identificação dos agentes públicos que receberam indevidamente o auxílio emergencial, o trabalho realizado pela CGU/AL em parceria com o MPC/AL demonstrou ainda a existência de uma lacuna no tocante à necessidade de um cadastro dos agentes públicos do estado e dos municípios, a exemplo do que já existe em outros estados.
Diante da inexistência desse cadastro único, as duas instituições de controle externo tiveram que encaminhar uma solicitação para cada um dos municípios, e essa lacuna deve ser corrigida o quanto antes.
O cruzamento dos dados identificou também uma expressiva quantidade de agentes públicos beneficiários do Bolsa Família, situação essa que merece uma maior atenção e esses agentes públicos devem ter seus cadastros avaliados para saber, efetivamente, se eles atendem aos critérios de concessão do Programa, principalmente quanto à renda per capita. “O trabalho, além dos resultados que trouxe em si, nos ofereceu um diagnóstico, apontando a necessidade de uma reavaliação individual”, enfatizou o Superintendente da CGU/AL.
Moacir Oliveira destacou também a parceria entre as instituições do Estado brasileiro, e salientou que o trabalho realizado entre a CGU/AL e o MPC/AL demonstrou a necessidade de que cada vez mais se utilizem dessas parcerias para potencializar o trabalho de ambas as instituições. Oliveira citou ainda o comportamento colaborativo do TCE/AL e da AMA, que contribuíram na identificação dos contatos com os gestores municipais.
Gustavo Santos também reforça a importância do trabalho desenvolvido em parceria com as instituições públicas. “Continuaremos com a nossa prioridade em firmar parcerias com os demais órgãos de controle para que possamos atingir o interesse público”, pontuou.
Veja abaixo a lista dos 96 entes públicos que tiveram seus dados cruzados com o cadastro do auxílio emergencial.







10/08/20

[VÍDEO] Com 131 casos confirmados de covid-19, Prefeito de Mata Grande viola decreto estadual e promove aglomeração durante inauguração.

Evento reuniu centenas de pessoas no povoado Santa Cruz do Deserto

Por: Redação

A irresponsabilidade do prefeito Erivaldo Mandu do município de Mata Grande no alto sertão do estado de Alagoas nesta segunda-feira (10), extrapolou todos os limites. O município que até poucos dias era o único do estado de Alagoas a não ter nenhum caso confirmado da covid-19 viu o contagio pelo vírus explodir em um curto espaço de tempo para 131 casos, superando em mais que o dobro do município vizinho de Canapi e mais que o triplo dos casos confirmados de Inhapi.

Todavia, ao que pode ser constatado no vídeo em anexo a esta matéria, o Prefeito Erivaldo Mandu está muito mais preocupado com sua reeleição do que com a saúde dos matagrandenses, não é a toa que em plena pandemia e sob as determinações de um Decreto Estadual em vigor que proíbe aglomerações e impõe regras de distanciamento social, o Prefeito Erivaldo Mandu literalmente “passou por cima” do decreto reunindo dezenas de lideranças e aliados políticos, além de centenas de populares em geral em uma inauguração de ampliação e reforma de uma Escola no Povoado Santa Cruz do Deserto.

As críticas ao gestor após o vídeo que circula nas redes sociais foram muitas. “E agora, que moral terá o prefeito para pedir que o povo fique em casa?” – Criticou um morador. “Ele agora demonstrou com o que é que de fato ele se preocupa” – Ironizou o outro.




[Triângulo das Bermudas] Casos de coronavírus explodem em Mata Grande somando mais que o dobro de Canapi e o triplo de Inhapi.


Por: Redação
Créditos: Ascom

Antes agraciado com a posição de único município do estado de Alagoas sem nenhum caso confirmado de coronavírus, bastou surgir o primeiro caso, que o município de Mata Grande no alto sertão do estado, viu explodir o número de casos confirmados do vírus. Agora já são 128 pessoas infectadas, de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado neste Domingo (09) pela Secretaria Municipal de Saúde.

O número de matagrandenses infectados pelo vírus é mais que o dobro do registrado em Canapi de acordo com o último boletim divulgado no último dia 04/08 com 50 casos confirmados e mais que o triplo do município de Inhapi com 33 casos confirmados segundo o último boletim epidemiológico divulgado também neste domingo (09).

Por outro lado, Mata Grande lidera o número de recuperados com 65 no total, contra 19 em Canapi e 10 em Inhapi.

Apesar de liderar entre os três municípios em casos confirmados do vírus, Mata Grande segue sem registrar nenhum óbito por covid-19, enquanto Inhapi registrou 01 e Canapi 03.

Professores de Itaíba/PE promovem carreata em protesto pelo pagamento dos precatórios da educação.


"Prefeita, aonde estão os milhões dos precatórios?" e "Prefeita, não seja inimiga da educação" - Essas foram as palavras de ordem.

Por: Redação

Onde estão os milhões dos precatórios? Foi com este questionamento que centenas de professores foram as ruas na manhã desta segunda-feira (11) no município de Itaíba no sertão pernambucano. 

Devido a pandemia o protesto aconteceu em forma de carreata reunindo dezenas de veículos pelas principais ruas da cidade e tendo como ponto de parada a sede da Prefeitura Municipal, onde os educadores encontraram o prédio praticamente vazio.

"Prefeita, não seja inimiga da educação", dizia outra faixa carregada pelos professores. 

De acordo com os educadores a prefeita Regina tem se recusado a pagar os 60% dos precatórios da educação, algo em torno de R$: 10,5 milhões de reais, se baseando em uma decisão do TCU, mas que porém, não seria impedimento tendo em vista que trata-se de um órgão meramente consultivo e orientador, e que se de fato a Prefeitura estivesse impedida de efetuar o pagamento dos precatórios aos educadores, o que explicaria o fato de outros municípios terem realizado o pagamento sem qualquer punição administrativa? - Questionam os educadores. 

Nossa equipe de redação tentou entrar em contato com o Secretário de Educação do município para comentar o problema, mas seu telefone estava fora da área de cobertura.