PREFEITURA DE INHAPI

sábado, 10 de junho de 2017

Futebol: usar camiseta do Barcelona em países árabes vai dar 15 anos de prisão

Crise diplomática fez com que camisa com patrocínio da Qatar Airways fosse proibida fim das relações diplomáticas entre países árabes e o Qatar está interferindo diretamente no futebol: agora, até torcedores do Barcelona que vestirem a camisa do clube com patrocínio da Qatar Airlines nas ruas da Arábia Saudita, Egito, Bahrein e Emirados Árabes poderão ser presos. A informação é do ‘R7′.
Segundo o portal de notícias argentino Ole, o ato pode resultar em condenação a 15 anos de prisão — e o torcedor ainda terá que pagar 138 mil dólares (cerca de R$ 453 mil). Não é apenas o uso da camisa que pode resultar em penas graves para os habitantes da região: o Ministério da Justiça dos Emirados publicou uma declaração oficial afirmando que qualquer forma de apoio ao Qatar pode resultar em reclusão e multa.
Por isso, os fanáticos pelo time catalão vão precisar correr e comprar o uniforme novo do clube, lançado para a temporada de 2017/2018, patrocinada pela empresa japonesa Rakuten.
Entenda o caso
O governo do Reino (saudita) decidiu romper relações diplomáticas e consulares com o Estado do Catar e fechar todos os portos terrestres, marítimos e aéreos para meios de transporte de nacionalidade catariana.
O Cairo acusa o emirado do Qatar de “apoiar as operações terroristas no Sinai e de intervir nos assuntos internos do Egito e dos países da região, de modo a ameaçar a segurança nacional árabe e favorecer as diferenças dentro das sociedades árabes”.
Segundo a agência oficial de notícias WAM, os Emirados Árabes reiteraram o seu compromisso e apoio aos países do Golfo e acusaram o Catar de “minar a segurança e a estabilidade da região, bem como de descumprir os compromissos e acordos internacionais”.
Da mesma forma que os Emirados Árabes, o Bahrein decidiu romper relações porque o Catar “financia o terrorismo”, que está associado com o Irã, informou a agência oficial barenita BNA.
Deixe o seu comentário no Central do Sertão
Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário