Faça-nos uma visita!

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Homem é encontrado morto com várias marcas de tiros na zona rural de Inhapi

Cadáver foi encontrado por populares próximo ao Canal do Sertão, no Sítio Riacho do Serrote
Por Jota Silva
O corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado, na manhã desta segunda-feira (31), próximo a um trecho do Canal do Sertão, no Sítio Riacho do Serrote, em Inhapi.

A vítima, que foi assassinada com vários disparos de arma de fogo, foi encontrada por populares. Policiais do Grupamento de Polícia Militar (GPM) do município estiveram no local.

A autoria e motivação do homicídio são desconhecidas, mas o caso será investigado pela Delegacia de Polícia da cidade (29ª-DP). O Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca foi acionado para a remoção do corpo.

Fonte Correio noticia

Justiça decide nesta quinta se Gabriel Brandão assume vaga de vereador em Mata Grande

Ex-secretário municipal de Finanças obteve 807 votos, mas votação foi invalidada devido ao indeferimento da candidatura 

Com uma votação que o coloca entre os candidatos mais votados de Mata Grande, o ex-secretário de Finanças do município Gabriel Brandão Gomes (PSB) depende de um recurso que tramita no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL) para assumir ao cargo.

Ele teve a candidatura indeferida por inelegibilidade decorrente do fato do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE/AL) ter rejeitado suas contas referentes ao exercício financeiro de 2010, quando era secretário e presidente da Comissão de Licitação (CPL) do município.

Diante do indeferimento, Gabriel Brandão ingressou com um recurso no TRE/AL, assegurando o direito de ser votado nas urnas. Ele foi o terceiro candidato mais votado do município, com 807 votos, mas como a candidatura permanecia indeferida com recurso, a votação não foi validada.

O futuro político do ex-secretário, que é primo do atual prefeito e do presidente da Câmara Municipal, será definido no julgamento de seu recurso no TRE/AL, marcado para a sessão do próximo dia 3 de novembro. O relator do processo é o desembargador eleitoral Orlando Rocha Filho.

A reportagem apurou que a situação de Gabriel Brandão não é fácil de ser revertida, mas que ele estaria contando com o apoio de forças políticas influentes no Judiciário, como o deputado estadual Inácio Loiola, que é do mesmo partido que ele. Na tentativa de se salvar, o ex-secretário estaria assediando até integrantes da Justiça Eleitoral.

O fato é que, se conseguir vencer no TRE/AL, Gabriel Brandão terá sua votação validada e assim assume uma vaga na Câmara de Vereadores, a qual no momento pertence à vereadora Josivânia Costa (PSB), reeleita com 594 votos.

O resultado do julgamento não altera a quantidade de vereadores da bancada governista, que atualmente é formada pelos vereadores reeleitos Joseval Costa (PP), Orlando Ferraz (PP), Diana Brandão (PP) e Josivânia Freitas (PSB), além da novata Silvana Lou (PP).

A oposição, que perdeu a eleição para prefeito com Luiz Pedro (PMDB), terá em sua bancada os vereadores reeleitos Ivan Malta (PMDB), Zé Jorge (PSDB) e George Tenório (PMDB), além dos novatos Neném (PSD), Rodolfo Izidoro (PMDB) e Juliana de Tino Reis (PRP).

Fonte Correio Noticia

Ex-detento suspeito de assaltos é assassinado a tiros

Vítima estava em liberdade condicional, com uso de tornozeleira eletrônica; crime aconteceu no centro da cidade

Por Jota Silva
O ex-detento Edimilson Bezerra de Jesus, 19, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo, na tarde deste domingo (30), por volta das 16h30, na Rua Divaldo Sales, centro da cidade de Olho D’Água das Flores.

O rapaz conduzia uma “cinquentinha”, no momento em que foi alvejado com os tiros de pistola calibre 380, que teriam sido efetuados pelo ocupante de um carro de características não divulgadas. A vítima foi atingida na cabeça e morreu na hora.

Equipes das polícias Civil e Militar estiveram na localidade para os primeiros levantamentos. Os institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) foram acionados para os procedimentos cabíveis.

Edimilson, que estava em liberdade condicional, com uso de tornozeleira eletrônica, era suspeito de vários assaltos, parte deles em Carneiros, onde, em maio deste ano, sofreu um atentado a bala. Na ocasião, ele ficou baleado e um comparsa dele, de 16 anos de idade, foi assassinado. Relembre o caso

O motivo e a autoria do crime serão investigados pelo delegado distrital, Gilson Melo.

Fonte Correio Noticias

domingo, 30 de outubro de 2016

Rui Palmeira é reeleito com 60,27% dos votos, contra 39,73% de Cícero Almeida

Segundo turno ocorreu de forma tranquila e sem incidentes em Maceió

Por Cada Minuto
O prefeito Rui Palmeira (PSDB) foi reeleito, neste domingo, 30, para comandar os destinos da capital por mais quatro anos. Ele venceu o candidato Cícero Almeida (PMDB) com 60,27% dos votos, contra 39,73% obtidos pelo deputado federal. 

Foram computados 45.990 votos nulos, 16.665 brancos e 115.787 de abstenção. Em números absolutos, Rui Palmeira teve 241.977 votos e Cícero Almeida, 159.542. Este foi o resultado com 100% das urnas apuradas em Maceió.
O resultado não diferiu dos números mostrados nas pesquisas mais recentes de intenção de votos. A pesquisa do Ibope divulgada na sexta-feira, 28, pela TV Gazeta, apontava o prefeito com 64% dos votos válidos e o ex-prefeito com 36%.
Ao votar na manhã de hoje, acompanhado de correligionários e familiares, o prefeito eleito disse, em entrevista à imprensa, que o resultado das urnas seria o reflexo de sua campanha, “equilibrada e com propostas”. “Infelizmente nosso adversário focou apenas em ataques e um jogo baixo. Focamos em mostrar propostas”, frisou.
Cícero Almeida, que também votou pela manhã, estava otimista e acreditando em uma virada histórica. “Podemos ver algo inédito na política de Alagoas. A resposta que vi ontem. Fizemos uma carreata e de dez carros, oito acenavam de forma comemorativa”, contou.
No primeiro turno, Palmeira obteve 197.134 votos, representando 46,86% dos votos válidos e Almeida, 104.036, ou 24,73% do total.
A campanha
O segundo turno das eleições em Maceió foi marcado por uma “guerra de marketing” e por trocas de acusações entre os candidatos, tanto no horário político quanto nas redes sociais e nos debates televisivos. Em busca da sonhada virada, Almeida acirrou o discurso contra o adversário, utilizando o guia político no rádio e na TV para questionar as propostas de Palmeira e para acusá-lo, entre outras coisas, de envolvimento na operação Lava-Jato.
Palmeira conseguiu na justiça vários direitos de resposta contra o oponente e optou por aproveitar o momento dos debates para atacar Almeida e seus principais aliados políticos na disputa, o senador Renan Calheiros e o governador Renan Filho, ambos do PMDB.

STF decidirá se Renan perderá presidência do Senado ao virar réu

STF afastou Cunha da presidência da Câmara justamente por ser réu da Lava Jato. Agora, os ministros terão de decidir se as mesmas razõe valerão para o presidente do SenadoA Corte do Supremo Tribunal Federal (STF) terá de decidir se um réu pode ocupar cargos situados na linha de sucessão da Presidência da República. A audiência marcada pela ministra Cármen Lúcia deve acontecer no dia 3 de novembro. As informações são do Blog do Josias, no UOL.
Renan Calheiros, como presidente do Senado, é a terceira autoridade na rota sucessória de Michel Temer. O segundo é Rodrigo Maia, como presidente da Câmara.
O STF afastou Eduardo Cunha da presidência da Câmara justamente por ser réu da Lava Jato. Agora, os ministros terão de decidir se as mesmas razões que afastaram Cunha da Câmara valerão para o presidente do Senado.
Ficha suja
Atualmente, Renan responde a oito inquéritos na Lava Jato e também está sendo acusado de pagar as despesas de uma filha que teve for a do casamento com propinas recebidas da Construtora Mendes Júnior. Esta última acusação pode ser julgada por Cármen Lúcia a qualquer momento.
Deixe o seu comentário no Central Do Sertão
Fonte: UOL

Popular “Cicinho” morre depois de sofrer infarto em Inhapi

Vigilante da Escola Estadual de Ensino Médio Nezinho Pereira e passou mal na casa da mãe


O vigilante Cícero Viana, mais conhecido como “Cicinho”, morador de Inhapi, morreu na manhã deste sábado (29), após sofrer infarto. Ele trabalhava na Escola Estadual de Ensino Médio Nezinho Pereira, localizada no centro da cidade,

"Cicinho" estava na residência da mãe dele, localizada na Rua José Teixeira Lima, quando passou mal. A morte do inhapiense, que pertencia a uma família tradicional do município, deixou a população comovida.

“Sua partida pegou todos de surpresa e o levou repentinamente. Neste momento de dor e consternação, só nos cabe pedir a Deus que conforte a família para que possa enfrentar está imensurável dor com serenidade. Deixamos os nossos pêsames aos familiares e amigos”, informou a direção da escola em que “Cicinho” trabalhava.

Os familiares informaram que o sepultamento acontecerá na tarde deste domingo (30), por volta das 9h, no cemitério da cidade.

Fonte correio Noticia e Central do Sertão

Padre Eraldo indica primeiro nome para compor equipe de governo

O advogado Dr.: Raul é o primeiro nome da equipe de governo do Prefeito eleito Padre Eraldo Cordeiro.

Dr.: Raul segundo informações recebidas pelo blog Ferreira Delmiro vai comandar a secretaria de finanças.

O advogado defendeu Eraldo nas ações contra o atual prefeito em 2012 e permaneceu como fiel aliado de Eraldo. Homem de confiança.

Sem pressa e com uma lista composta por bons nomes Eraldo deve anunciar em breve outros nomes que irão compor o seu governo.


Por Ferreira Delmiro

Acidente com carro resulta na morte de uma pessoa e deixa outras duas feridas na AL-220

Vítimas estavam retornando da feira-livre do Distrito do Piau, em Piranhas, quando veículo se chocou com poste, próximo de Olho D'água do Casado

Por Juliano Rodrigues
Um acidente com carro resultou na morte de uma pessoa e deixou outras duas feridas, na tarde deste sábado (29), por volta das 15h20, em um trecho da AL-220, próximo ao município de Olho D'água do Casado. A vítima que morreu se trata de Jamersom Freire, já as que se feriram foram identificadas apenas como Valdinho e Tubano.
Os três rapazes estavam trabalhando na feira-livre do Distrito do Piau, em Piranhas, quando, ao retornarem para Delmiro Gouveia, a caminhonete D-20, de características desconhecidas, que era conduzida por Jamersom, chocou-se com um poste. O motorista morreu na hora.

Os outros homens, que seriam ajudantes do condutor da caminhonete, sofreram ferimentos graves, mas foram socorridos com vida por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do posto do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) de Delmiro Gouveia, que os levaram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Delmiro, de onde foram transferidos para a Unidade de Emergência do Agreste Doutor Daniel Houly, localizada em Arapiraca.
Fonte: Correio Noticia

sábado, 29 de outubro de 2016

Motociclista fica gravemente ferido após colidir com uma carroça de burro sem sinalização na AL 140 em Inhapi.

Dono do veículo de tração animal seguia no meio da pista no momento do acidente, o qual fugiu sem prestar socorro a vítima.

A irresponsabilidade do condutor de uma carroça de burro ao trafegar sem qualquer sinalização no meio da rodovia AL 140, sentido Leobino, por pouco não resultou na morte do agricultor Aprigio Ferreira de Lima de 38 anos, que por volta das 19hs desta Sexta-feira (28) na altura do sítio boa vista, sobre a condução de uma moto CG 125 de cor verde e placa GSL 4611 - Inhapi/AL acabou colidindo violentamente com a carroça. De acordo com os socorristas do SAMU que prestaram atendimento ao agricultor dando entrada no Hospital Regional de Santana do Ipanema, seu estado se saúde aparentemente é estável, porém, além de várias escoriações pelo corpo, existe a forte suspeita de fratura em sua perna direita. Já o condutor da carroça, fugiu sem prestar socorro.














quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Vereadores de Mata Grande podem aumentar os próprios salários de R$ 2,5 mil para R$ 6 mil

Mesa Diretora da Câmara diz que aumento é “legal, justo e razoável”; outro projeto prevê aumento da verba de gabinete, que pode chegar a R$ 5 mil a partir de 2017

Diego Barros
Os vereadores de Mata Grande, no Sertão de Alagoas, analisam um projeto que pode conceder um aumento de 140% aos próprios salários, que passariam dos atuais R$ 2,5 mil para R$ 6 mil.

A medida pode ser votada já na sessão da próxima semana e, se aprovada, passa a valer na legislatura que vai de 2017 a 2020. Portanto, os vereadores que não foram reeleitos este ano não seriam contemplados com o aumento.

O projeto é de autoria da Mesa Diretora da Casa, que é presidida pelo vereador Júlio Brandão (PP), irmão do atual prefeito da cidade, Jacob Brandão (PP). Júlio Brandão não foi reeleito vereador, pois chegou a anunciar candidatura a prefeito de Canapi, porém, desistiu da disputa.

Na mensagem enviada pela Mesa Diretora ao Plenário da Câmara, com data de 14 de outubro e assinada pelo presidente Júlio Brandão, está dito que o subsídio para os vereadores que se está propondo respeita os limites consignados no Artigo 29 da Constituição Federal.

O documento diz ainda que “tais aumentos correspondem uma correção legal, justa e razoável em relação aos valores recebidos atualmente pelos demais agentes políticos, adequando-se, ao nosso ver, à uma necessidade decorrente da responsabilidade dos cargos”.

Enquanto os vereadores de Mata Grande avaliam um reajuste de 140%, nos últimos quatro anos os trabalhadores em geral tiveram cerca de 28,5% de reajuste salarial. Esse percentual é baseado no aumento do salário mínimo, que segue, entre outros, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Aumento da verba de gabinete
Não é apenas o salário dos vereadores de Mata Grande que pode ser aumentado. A verba indenizatória, também conhecida como verba de gabinete ou verba de custeio, pode ser reajustada, passando dos atuais R$ 1,5 mil para até R$ 5 mil.

É que também no dia 14 de outubro, em mensagem enviada ao Plenário da Câmara, a Mesa Diretora justifica o aumento da verba de gabinete dos vereadores “em razão da necessidade de aumento das despesas e dos custos das atividades parlamentares”.

Se aprovado, o projeto vai garantir uma verba de gabinete de R$ 5 mil para os vereadores que fizerem parte da Mesa Diretora e de R$ 3 mil para os demais parlamentares, a partir de 2017.

No documento, a Mesa Diretora alega que “aprovar o presente projeto, além de uma obrigação moral em função do compromisso desta mesa com o pleno exercício do legislativo, é inadiável, pelo que se acredita ser o presente Projeto de inteira concordância dos Nobres Vereadores e, por isso, requer-se sua apreciação e aprovação”.

Portanto, caso os dois projetos sejam aprovados – aumento do salário e da verba de gabinete –, o vereador que, a partir de 2017, fizer parte da Mesa Diretora da Câmara de Mata Grande receberá mensalmente R$ 11 mil. Os que não fizerem parte da direção da Casa receberão R$ 9 mil.
Fonte Correio Noticia

Estudantes ocupam escola estadual em Água Branca contra PEC 241

mAlunos da escola Estadual Monsenhor Sebastião em Água Branca ocuparam Hoje (25) a escola contra a PEC 241. Os estudantes são contrários à Proposta de Emenda Constitucional que limita os gastos do governo federal com saúde e educação por até 20 anos.

Outras motivações são a medida provisória que reforma o ensino médio e o projeto de escola sem partido.

A ocupação é por tempo indeterminado.
Por Ferreira Delmiro / Colaborador do Radar 89 | radar89.com.br / ferreiradelmiro.com

Acusado na morte de Fernando Aldo é absolvido em júri popular

odkq
Por Cada Minuto
Os jurados absolveram o réu Eliton Alves Barros, pelo assassinato do vereador por Delmiro Gouveia, Fernando Aldo, ocorrido a quase 10 anos no município de Mata Grande. O julgamento foi finalizado na noite desta segunda-feira (24) e a maioria dos jurados decidiu pela condenação do acusado somente para os crimes de formação de quadrilha.

Alves era julgado pelo crime de homicídio qualificado e estava preso há quase oito anos. Ao ler a sentença, o juiz John Silas afirmou que “salienta-se que o crime possui pena máxima em abstrato de 3 (três) anos, todavia, da análise da pena em concreto, constata-se que seria inferior a 03 (três) anos, isto tudo somado ao tempo que o acusado permaneceu custodiado preventivamente, não resta outra alternativa, senão o reconhecimento da prescrição”.

A defesa sustentou a versão de que o acusado estava no estado de São Paulo no dia do crime, o que não sustentava a depoimento prestado por Dilson Alves, que já foi julgado e condenado pelo crime. No entanto, a promotoria defendeu que “Eliton Alves disse que estava em São Paulo no dia 24 de setembro, mas o crime ocorreu sete dias depois. Então, nesse intervalo de tempo, ele poderia perfeitamente ter retornado a Mata Grande e executado o homicídio”.

Caso

O vereador Fernando Aldo foi morto na madrugada de 1º de outubro de 2007, durante um evento no município de Mata Grande. Segundo o Ministério Público de Alagoas (MP/AL), a vítima foi atingida por pelo menos oito tiros, que teriam sido efetuados pelo soldado Carlos Marlon Gomes Ribeiro (ainda não julgado). Foram apontados como partícipes Eronildo Alves Barros (já falecido) e o irmão, Eliton Alves Barros.

Ainda de acordo com o MP/AL, o homicídio teria ocorrido a mando do então deputado estadual Cícero Ferro e do prefeito de Delmiro Gouveia, Luiz Carlos Costa, o Lula Cabeleira. Em agosto de 2012, o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) julgou improcedente a ação contra Lula Cabeleira, inocentando-o da acusação por falta de provas. O processo contra Cícero Ferro ainda está tramitando.

O cunhado da vítima, José Pereira Neto, disse acreditar que Fernando Aldo morreu por “falar demais”. Para a irmã do vereador, Rita Maria Gomes, o assassinato teve motivação política. “Ele tinha divergências com algumas pessoas, inclusive com Cícero Ferro, que ele acreditava não merecer o voto da população de Delmiro”.

*Com informações do TJ/AL

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Caso Fernando Aldo: em julgamento, réu diz que estava em SP no dia do crime

O réu Eliton Alves Barros negou envolvimento na morte do vereador Fernando Aldo, do município de Delmiro Gouveia. Ele está sendo julgado nesta segunda-feira, 24, no Fórum de Maceió, no Barro Duro.


0fc0274a-e3a0-4329-9fad-fbba5065c21dO réu Eliton Alves Barros negou envolvimento na morte do vereador Fernando Aldo, do município de Delmiro Gouveia. Ele está sendo julgado nesta segunda-feira, 24, no Fórum de Maceió, no Barro Duro. “Sou inocente. No dia do crime estava em São Paulo trabalhando”, afirmou. Eliton Alves, que está preso há quase oito anos, disse que não conhecia a vítima e que nunca esteve no local do homicídio, no município de Mata Grande.

Segundo o promotor de Justiça Antônio Villas Boas, há nos autos provas para incriminar o acusado. “Eliton Alves disse que estava em São Paulo no dia 24 de setembro, mas o crime ocorreu sete dias depois. Então, nesse intervalo de tempo, ele poderia perfeitamente ter retornado a Mata Grande e executado o homicídio”, afirmou o promotor, ressaltando que outro réu do caso, Dilson Alves (que já foi julgado e condenado) teria prestado depoimento e incluído Eliton como um dos participantes do crime.

Para o advogado João Luiz Fornazari, o depoimento não se sustenta. “É preciso ter robustez e documentos comprobatórios. Esse depoimento foi baseado apenas no que ele [Dilson Alves] disse, não tendo prova nenhuma nos autos”.

Eliton Alves Barros foi pronunciado em novembro de 2010 e está sendo julgado por homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima). A sessão, presidida pelo juiz John Silas da Silva, teve início às 14h e deve terminar por volta das 22h desta segunda-feira.

O vereador Fernando Aldo foi morto na madrugada de 1º de outubro de 2007, durante um evento no município de Mata Grande. Segundo o Ministério Público de Alagoas (MP/AL), a vítima foi atingida por pelo menos oito tiros, que teriam sido efetuados pelo soldado Carlos Marlon Gomes Ribeiro (ainda não julgado). Foram apontados como partícipes Eronildo Alves Barros (já falecido) e o irmão, Eliton Alves Barros.

Ainda de acordo com o MP/AL, o homicídio teria ocorrido a mando do então deputado estadual Cícero Ferro e do prefeito de Delmiro Gouveia, Luiz Carlos Costa, o Lula Cabeleira. Em agosto de 2012, o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) julgou improcedente a ação contra Lula Cabeleira, inocentando-o da acusação por falta de provas. O processo contra Cícero Ferro ainda está tramitando.

O cunhado da vítima, José Pereira Neto, disse acreditar que Fernando Aldo morreu por “falar demais”. Para a irmã do vereador, Rita Maria Gomes, o assassinato teve motivação política. “Ele tinha divergências com algumas pessoas, inclusive com Cícero Ferro, que ele acreditava não merecer o voto da população de Delmiro”.
 Por Cada Minuto |
*Com Ascom/TJ

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Colisão entre carreta e moto deixa agricultor morto na BR-423 em Inhapi

14825752_1243339072384822_2104707043_n
Vítima conduzia motocicleta, ele foi identificado como Cícero Ferreira.

Uma colisão entre uma carreta e uma motocicleta deixou um agricultor morto na noite deste domingo (23), na zona rural de Inhapi, no Sertão de Alagoas. A vítima foi identificada como Cícero Ferreira.

De acordo com informações de testemunhas, Cícero trafegava uma motocicleta, quando acabou invadindo o sentido contrário, ele colidiu frontalmente com uma carreta e morreu na hora. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar e Civil estiveram no local. Após os primeiros levantamentos o corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

O homem residia em Inhapi, e costumava a beber durante finais de semana, foi levantada a hipótese dele está embriagado no momento do sinistro, já que pela tarde ele foi visto em um bar consumindo bebida alcoólica.
Por Ítallo Timóteo | radar89.com.br

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Criminosos invadem e assaltam fazenda de vereador eleito em Piranhas

Guarnições do 9º BPM realizaram buscas, mas nenhum suspeito foi preso; propriedade fica localizada no povoado Tanquinho
Juliano Rodrigues
A fazenda Lagoa do Serrote, localizada no povoado Tanquinho, município de Piranhas, foi assaltada, na noite desta quinta-feira (20), por volta das 22h.

Quatro homens fortemente armados teriam invadido a propriedade de José Souza Melo, mais conhecido como “Zé Neto Augusto”, eleito vereador do município nas eleições deste ano. Conforme a vítima, que não estava em casa no momento do ocorrido, os criminosos roubaram aparelhos de telefone celular, roupas, joias e televisões do imóvel.

Guarnições do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Inhapi, da Rádio Patrulha (R/P) e do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes), todos do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Delmiro Gouveia, ainda interceptaram os bandidos, no povoado Alto dos Coelhos, em Água Branca, mas eles fugiram a pé por uma matagal, deixando para trás um carro Toyota Corolla, de cor prata e placa NMM-0843/Maceió.

Os militares realizaram buscas pelos criminosos, mas nenhum deles foi localizado. O veículo recuperado foi levado para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), em Delmiro, onde foi constatado que estava com placa clonada e que tinha queixa de roubo ou furto, registrada no Estado de Mato Grosso do Sul.

Ainda na delegacia, os militares realizaram uma revista no interior do carro, onde encontraram vários objetos, supostamente roubados. O caso vai ser investigado pelo delegado Leonam Pinheiro, titular da Delegacia de Polícia de Piranhas (32ª-DP).

Fonte: Correio Noticia

Idoso acusado de planejar dois assassinatos em São José da Tapera é preso

Vítimas eram dois irmãos que foram executados dentro das residências em que moravam, no dia 15 de agosto deste ano


Por: Juliano Rodrigues
A Polícia Civil divulgou, na tarde desta quinta-feira (20), por volta das 16h, a prisão do idoso Ismar Alcântara de Souza, 69, acusado de planejar o assassinato de outros dois homens, em São José da Tapera.

O acusado foi preso no mesmo município, na última terça-feira (18), em uma operação deflagrada por agentes policiais civis da Gerência de Polícia Judiciária de Área (GPJ-4), e da Delegacia Distrital de Polícia (38º DP), em cumprimento a um mandado de prisão, expedido pela Justiça.

Conforme a polícia, Ismar Alcântara idealizou as mortes dos irmãos Damião Barros de Souza e Lindomar de Souza Barros, ocorridas no dia 15 de agosto deste ano, na zona rural do município. Eles foram executados com vários disparos de arma de fogo.

Ismar Alcântara foi levado para a Delegacia Regional de Polícia (3ª-DRP), sediada em Batalha, onde ficou recluso à disposição da Justiça.

O crimes
A polícia informou que, Damião Barros estava dentro da residência em que morava, quando foi surpreendido por três homens, de características desconhecidas, que adentraram ao imóvel procurando o irmão dele.

Ainda de acordo com a polícia, após saber que Lindomar não se encontrava no local, um dos suspeitos efetuou um tiro, que acertou a cabeça de Damião. Ele morreu na hora. 

Os criminosos, segundo a polícia, foram até a residência de Lindomar, onde o localizaram e dispararam várias vezes, o atingindo cerca de sete vezes. Ele também morreu na hora.

Fonte Correio Noticia

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Homem morre depois de passar mal enquanto bebia com amigos em Água Branca

Um homem identificado como Bruno Alves da Silva, 28, morreu depois de passar mal enquanto se divertia com amigos, na tarde desta terça-feira (18), por volta das 14h30, em Água Branca.

A vítima, segundo a polícia, estava ingerindo bebida alcóolica e tomando banho de piscina em uma chácara, localizada em um trecho da AL-145, próximo à “Curva do S”, quando passou mal.

Ainda de acordo com a polícia, os amigos relataram que o retiraram de dentro da piscina ainda com vida e prestaram os primeiros socorros, mas ele não resistiu. A causa da morte só será confirmada com o resultado do exame cadavérico realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca, local para onde o corpo foi recolhido.

Agentes policiais civis da Delegacia de Polícia da cidade (27ª-DP) estiveram no local realizando os primeiros procedimentos.

Fonte Correio Noticia

sábado, 15 de outubro de 2016

Participe do 3º Festival de Prêmios Tapperware Lírios dos Vales em Inhapi.

Compre sua cartela ao preço de 10,00 e concorra a pelo menos 30 prêmios.

Por: Redação

O Grupo Lírio dos Vales realizará neste sábado (15) na praça da Igreja Matriz em Inhapi as 19 hs seu 3º Festival de Prêmios Tapperware. De acordo com as organizadoras do evento serão disponibilizados pelo menos 30 prêmios de valores que variam de 50,00 a 600,00 e que os participantes podem ganhar com o custo mínimo de 10,00 valor da cartela do festival.


Atenção para os seguintes pontos de venda, vendedores e vendedoras!

Miriam da Farmácia e João Nascimento na rua Frei Damião ou pelo telefone: (82) 981894682 / 981202727

Obs: As cartelas também estarão a venda no local do evento

Vereador Divan Ferreira presta homenagem a todos os professores do Brasil em especial aos profissionais do município de Inhapi.

Edil dedicou aos educadores um belíssimo cordel do escritor e historiador Juarês Alencar Pereira.
Resultado de imagem para divan ferreira
Por: Redação
Homenagem aos Professores

Professor tu és precioso
Também é batalhador
Cumpre jornada difícil
Sendo mais que um vencedor
Com coragem assumindo
A função de educador.

Entre todas as profissões
Destaco a do professor
Pois todas as outras passam
Pelas mãos do educador
Seu trabalho é importante
De merecido valor.

Presta um grande trabalho
Merece maior atenção
Tem que ser valorizado
Por toda essa nação
Com estrutura e suporte
E maior remuneração.

Seu trabalho é incansável
Focando sempre os valores
Alfabetiza e ensina
E também forma doutores
Que muitas vezes nem lembram
Dos seus grandes professores.

Exercem bem seu papel
E cumprem a sua missão
São verdadeiros baluartes
Na área da educação
Tornando-se o arquiteto
Dessa grande construção.

Parabéns pelo o seu dia
Reconheço seu valor
Pois já fui um dia aluno
E agora sou professor
Sei que é grande o desafio
Ser hoje um educador.

Aos professores com estima
Pelo o importante papel
Pra vocês caros colegas
Eu tiro o meu chapéu
Dedico com todo orgulho
A vocês esse cordel.

Prefeito de Inhapi antecipa 13º salário da educação em homenagem aos professores da rede municipal de ensino.

Gestor repete homenagem feita em anos anteriores por entender que se trata dos profissionais, responsáveis diretos pela transformação social e desenvolvimento do município.

Resultado de imagem para ze ciceroPor: Redação
Mais uma vez a Prefeitura de Inhapi irá antecipar o pagamento do 13° salário de todos os professores efetivos do município, creditando o pagamento dos professores concursados e efetivos. 

O pagamento do décimo previsto para ser feito apenas em dezembro, será antecipado pelo prefeito Zé Cícero neste dia 15 de Outubro - Dia do Professor, como forma de homenagear os profissionais.

 "Para realizar essa antecipação, que é importante para movimentar a nossa economia, nossa gestão está fazendo um esforço a mais para beneficiar nossos professores, afinal, são eles os responsáveis diretos pela transformação social e desenvolvimento do município”. – Disse o Prefeito. 

Lembrando que mais uma vez Inhapi sai na frente e se destaca como o primeiro município do triângulo sertanejo a pagar cem por cento do décimo terceiro da educação.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Claudia Brandão pode ser a primeira mulher presidente do Tribunal de Contas

1
Claudia Brandão, há sete anos que foi nomeada conselheira do Tribunal de Contas de Alagoas, na eleição de dezembro para suceder o conselheiro Otávio Lessa poderá quebrar o tabu, constituindo na primeira mulher a ser presidente do TCE.
Informações de bastidores é que a esposa do ex-deputado estadual e prefeito de Canapi, Celso Luiz vem criando musculatura para ser a próxima presidente do TCE.
Claudia Brandão em 2009 era deputada estadual pelo PMN – indiciada na Operação Taturana da Policia federal, que investigou o esquema de desvio de recursos da Assembleia Legislativa de Alagoas foi escolhida nova conselheira do TCE.
Celso Luiz que é filiado ao PMDB não foi bem sucedido na eleição municipal, onde perdeu nas três cidades do triangulo das Bermudas e ainda foi derrotado em Belém com o seu irmão Bel que perdeu eleição para as duas irmãs, filha da ex prefeita Helena Santa Rosa.
Há doze anos que a família Brandão dominava a cidade de Belém sempre derrotando a família Santa Rosa.
Fonte: Estadão Alagoas