terça-feira, 30 de junho de 2020

[CONVITE] Jovens alagoanos mortos em acidente de trânsito serão finalmente sepultados após mais de 90 dias aguardando liberação do IML.

Família convida familiares e amigos para o sepultamento.

Por: Redação
Crédito: Arquivo/internet

Os jovens Jalmir Ferreira dos Santos e Luciano de Carvalho dos santos falecidos a mais de 90 dias na Bahia serão sepultados nessa quarta-feira dia 01/07/2020.

Vítima de um grave acidente automobilístico, os jovens foram carbonizados e o resultado do DNA só saiu nesta terça-feira 30/06.

Os corpos serão velados ainda nesta terça. Jalmir na residência da sua mãe Francisca no Sítio Retiro e Luciano na casa da sua mãe Maria Aparecida em Mata Grande na Cohab 1.

Os restos mortais serão sepultados nesta quarta as 8hs da manhã. Jalmir no cemitério da cidade de Inhapi é Luciano no cemitério de Mata Grande.

A família enlutada agradece o comparecimento de todos a este ato de fé e solidariedade cristã.

Radialista Pauleandro Silva segue firme na pré-candidatura a vereador de Delmiro Gouveia

Comunicador vai disputar vaga no Legislativo Municipal pelo PSC

O radialista Pauleandro Silva é pré-candidato a vereador de Delmiro Gouveia nas eleições deste ano. Com apenas 25 anos, o jovem afirmou que sempre teve interesse por política e vontade de liderar a comunidade em direção à prosperidade.

Para o comunicador filiado ao PSC, a política tem que mudar e as pessoas devem dar uma oportunidade a novas pessoas, que tenham um pensamento de projetos e ideias. Ele diz que não se sente representado pela política atual. 

“Na realidade, nós jovens temos uma disposição inigualável. Temos vontade de ajudar e de resolver problemáticas como ninguém tem, por isso é importante abrir as portas da política para os jovens. Venho dizendo um bordão pessoal há alguns meses: lugar de Jovem também é na política”, afirmou o radialista.

E para Pauleandro Silva, na política é possível levantar todas as bandeiras, representando todas as classes sociais.

"Em uma eventual atuação minha na Câmara Municipal, a juventude teria pela primeira vez um porta-voz no parlamento da cidade, passando a mensagem e os seus anseios. Teremos um jovem no parlamento, com ideais diferentes, vontade e determinação de mudança em prol da população, dando voz aos jovens de nossa cidade, que muitas vezes são esquecidos", garantiu Pauleandro Silva.

Como comunicador, ele sabe que a categoria tem perdido credibilidade por conta dos posicionamentos daqueles que conseguiram se eleger, mas acredita que a população está em busca de novos nomes, independentemente da profissão. “Quem vai atuar na Câmara Municipal é um vereador e não um radialista. Serei julgado pela minha capacidade de representar o povo, não pela minha profissão”, finalizou o pré-candidato a vereador de Delmiro Gouveia.

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Prefeitura de Canapi:


Transparência em primeiro lugar.

RECURSOS RECEBIDOS PELA PREFEITURA PARA ENFRENTAMENTO E COMBATE À PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS
PRESTAÇÃO DE CONTAS

​Tendo em vista a nova situação enfrentada pelas Prefeituras brasileiras, o Prefeito Vinícius Lima vem prestar contas à população sobre os recursos recebidos até agora pelo município de Canapi e que vêm sendo aplicados com rigor nos programas de enfrentamento e combate à Covid-19:

Origem do Recurso
Valor do Recurso (R$)
Ministério da Saúde (Covid)
35.452,00
MAC (Covid)
57.614,84
Emenda Senador Fernando Collor
400.000,00
AFM  (Covid)
63.526,78
Total Recursos Canapi – (Covid)
556.593,62

​Sendo assim, fica evidenciada a transparência exercida pela Prefeitura de Canapi neste enfrentamento, deixando claro o seu compromisso com a população e com os profissionais que estão envolvidos com este combate que passa necessariamente pelo envolvimento de todos.
​Os canapienses serão informados sobre a entrada de mais recursos para este momento delicado. Tudo o que for publicado com outra finalidade deve ser ignorado, visto que, mais uma vez, a gestão Vinícius Lima vem sendo alvo de publicações tendenciosas e inverídicas.
​O Prefeito Vinícius Lima, junto à equipe de profissionais que se fazem presentes nos trabalhos de combate ao Covid-19, convoca a população a ser parceira cumprindo as orientações que nos chegam através da OMS e do Ministério da Saúde. Quem puder, fique em casa. Juntos vamos vencer mais este desafio.

Por: Ascom

quinta-feira, 25 de junho de 2020

VENDE-SE ESTÁ CASA


[CANAPI] Profissionais da linha de frente da saúde ameaçam paralisar atividades e prefeitura anuncia pagamento de adicional insalubridade durante a Pandemia.

Apesar de já ter recebido mais de R$: 1,5 milhão de reais para combate ao Covid-19, município vinha resistindo a concessão do abono para os ACS e ACE efetivos.

Por: Redação
Créditos: Ascom e Reprodução

No dia 15 de Junho, nossa equipe de redação recebeu uma denúncia feita por uma servidora da saúde do município de Canapi no alto sertão de Alagoas, de que a atual gestão municipal não estaria pagando o adicional insalubridade dos servidores da saúde em decorrência da Pandemia (relembre aqui). Acontece que,  ainda segundo a servidora, apenas os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e os de Combate as Endemias (ACE) recebiam o adicional correspondente a 10% do salário, porém, fruto de uma lei municipal anterior a Pandemia. E é aí onde o que já estava ruim começou a piorar, haja vista que, a Prefeitura teria efetuado o pagamento do adicional de 20% nos salários de alguns servidores contratados da saúde, deixando os ACS e ACE "a ver navios" sob a elegação, segundo um dos técnicos da saúde, de que a prefeitura precisava está acobertada de um parecer jurídico da procuradoria do município para conceder o adicional insalubridade também aos servidores efetivos, neste caso, os agentes comunitários de saúde e de combate as endemias.

O problema é que esse tal parecer se estendeu por mais de 90 dias, fato que gerou revolta entre os ACS e ACE os quais ameaçaram paralisar as atividades caso continuassem excluídos em seus direitos, afinal de contas, são eles os primeiros profissionais na linha de frente do combate ao coronavírus.

Todavia, bastou a gestão municipal tomar conhecimento da insatisfação dos servidores, que o tal parecer jurídico saiu favorável a categoria e um decreto foi anunciado para publicação nesta quinta-feira (25). Anúncio este, feito por um dos  Técnico da Saúde do município, que garantiu inclusive, efeito retroativo ao mês de Abril.

Vale ressaltar que o município de Canapi já recebeu mais de R$: 1,5 milhão de reais para combate ao Covid-19, o que desmonta toda e qualquer restrição para com o custeio e pagamento dos profissionais da saúde.


domingo, 21 de junho de 2020

Boletim do dia 20 mostra Inhapi como a cidade com menos casos confirmados de Covid-19 do estado

O boletim epidemiológico deste dia 20 de Junho do governo de Alagoas mostrou que o município de Inhapi é a cidade com menos casos confirmados de COVID-19 do estado.
Dos 3 casos confirmados no boletim, todos os pacientes ja estão recuperados.
O município também nao possuia nenhum caso suspeito ate a conclusão desta matéria.
Segundo Informações da Prefeitura de Inhapi a Secretaria de saúde do município tomará medidas mais rígidas para assegurar que o município continue com estes dados positivos, diante do crescimento de casos nas cidades vizinhas.

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Presidente da Câmara de Vereadores de Piranhas se pronuncia sobre projeto referente a um empréstimo milionário da Prefeitura junto ao BNDES.

Zé Neto Augusto repudiou as declarações do site “cada minuto” sobre o mesmo não pautar o projeto para votação na Câmara e explicou o real motivo.

Por: Ascom

Ocorre que tais declarações não se coadunam com a verdade, mostrando apenas amplo desconhecimento a respeito do tema, uma vez que como presidente da egrégia casa legislativa sempre esteve ao lado da população em todos os projetos de lei por parte do poder executivo. Trata-se de uma matéria desvirtuada e maldosa, para não dizer, difamatória a minha pessoa. 

O mérito em questão trata-se de um projeto de lei 08/2020, que chegou a Câmara no dia 09/06/2020, o mesmo discorria sobre um empréstimo ao BNDES, no valor total de 12 milhões de reais. 

O projeto tinha 3 páginas, contendo apenas um pedido de aprovação de empréstimo para serem destinados ao recapeamento asfáltico e iluminação em LED. Ocorre, que a casa legislativa ao longo dos 4 anos de gestão aprovou um orçamento de quase meio bilhão de reais para o poder executivo e por se tratar de um momento de pandemia e de muita cautela fora-se analisar o projeto e não continham sequer um plano de estudo, capacidade de endividamento, ou quaisquer itens que pudessem ser estudados pelas comissões o pelos vereadores. 

Ocorre também que, o corpo técnico da prefeitura foi uma reunião no dia 17, para tentar explicar como ocorreria o aporte do empréstimo, ainda sem nenhuma documentação estudo financeiro-econômico, estando a prefeitura no exato momento somente em posse de documentos quais explicavam o PRODETUR+turismo. 

Após apresentação do projeto e sabendo do valor dos juros que iriam ao bolso do contribuinte, valor muito maior que os 12 milhões citados, somado com um cenário de fragilidade e instabilidade que vivemos, decidi deliberar junto com meus colegas um debate sobre o projeto 08/2020.

Prosseguiu-se a reunião, novamente, com uma fragilidade instrumental e técnica do projeto já citado, decidi então, de forma republicana encaminhar o projeto as comissões devidamente instituídas pelo poder legislativo para que se fizesse a análise do projeto apresentado. Por fim, fora protocolado 5 denúncias e endereçadas a câmara de vereadores ao ministério público, nas estancias municipal, estadual e federal. Logo, tive o cuidado de passar aos meus pares a seriedade das denuncias que envolviam o empréstimo e finalizei a reunião. Tais denuncias acerca do pedido de empréstimo terão de ser estudadas criteriosamente por todos os vereadores que compõem a câmara municipal, no sentido de dar a maior transparência possível a população.

Ressalto que, em nenhum momento o projeto foi colocado de lado, ocorre que como presidente tenho um dever para com o meu diploma e aos cidadãos de piranhas de analisar criteriosamente qualquer projeto de lei antes de pauta-lo, como sempre foi. Reitero meus votos de coragem ao povo de Piranhas, e que dentro da lei estou fazendo o meu melhor para cuidar e fiscalizar todas ações que possam causar quaisquer ônus a população do meu município. 

Estou e sempre serei ao lado do povo de Piranhas.

Estando atento expressões e atitudes desta natureza e não tolero, em nenhuma hipótese, tais práticas maldosas.

Piranhas - AL, 19 de julho de 2020.
Zé Neto Augusto.

quinta-feira, 18 de junho de 2020

Entrega de alimentos para beneficiários cadastrados no CRAS e participantes do SCFV é realizada em Inhapi

A Secretaria de Assistência Social realizou nesta quarta-feira, (17), a entrega de alimentos para beneficiários cadastrados no CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), e participantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).
Entre estes estão os grupos de idosos, mulheres, crianças e adolescentes.
Os alimentos são oriundos do Programa PAA executado pela EMATER ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural )
Dessa maneira o PAA é implantado por meio de convênio formalizado entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e o Estado/Município.

quarta-feira, 17 de junho de 2020

[MATA GRANDE] Famílias em situação de extrema pobreza comovem Bombeiros Civis.

Pelo menos 04 famílias residentes em casas de taipa no sítio Lagoa do Copo foram atendidas com cestas básicas do Projeto Bombeiro Civil Solidário de Canapi.

Por: Redação
Créditos: Bombeiros Civis de Canapi

Os profissionais são de Canapi e o projeto solidário também, mas foi no município vizinho de Mata Grande no alto sertão de Alagoas que neste domingo (14), os Bombeiros Civis de Canapi se depararam com a situação mais comovente envolvendo famílias em situação de extrema pobreza no Sitio Lagoa do Copo. 

Impossível não se comover ao constatar com os próprios olhos uma realidade que até então, pra muita gente era comum ao continente africano, infelizmente. Camas apoiadas com pedras com colchões em péssimo estado, outras erguidas com varas; Casas de taipa e ou construídas com toras de madeira arrodeadas de lona e pelo menos 04 famílias, num total de 15 pessoas vivendo sem o básico do básico para sobreviver.

Com o objetivo de amenizar o sofrimento dessas famílias que sobrevivem a margem da sociedade e do poder público ou de pelo menos levar um pouco de alegria para as mesmas, os Bombeiros Civis de Canapi através do Projeto Bombeiro Civil Solidário fizeram a doação de cestas básicas e já estão mobilizando outras ações para atendimento dessas famílias matagrandenses. 

Além do Sítio Lagoa do Copo em Mata Grande, várias outras famílias foram beneficiadas pelo projeto neste final de semana, desta vez em Canapi. Ao todo foram 25 cestas básicas, 04 sacos de roupas e 02 sacos de calçados, entregues na cidade e nas comunidades Tupete e Riacho do Barro.










O PROJETO

Criado no dia 12 de Abril de 2020, o Projeto Bombeiro Civil Solidário tem como principal objetivo SALVAR VIDAS, porém de uma forma diferente, não esperando a vítima chegar até a equipe, mas sim com atitude, agindo em favor de pessoas carentes que precisam de ajuda.

E se você se sentiu comovido e tocado e quer fazer parte deste projeto, acesse o site (https://sites.google.com/view/bombeirocivil) e conheça um pouco mais do trabalho dessa equipe espetacular ou ligue para o telefone (82) 982316871.


Defensoria Pública move Ação Civil Pública contra o Governo de Alagoas para garantir a entrega da alimentação escolar no alto sertão.

Ação teve origem após denúncia do Jornalista e Escritor canapiense Márcio Martins.

Por: Redação
Crédito: Reprodução/DPEAL
Foto: Ilustração/Google Imagens

A Defensoria Pública do Estado de Alagoas, através da 5° Coordenadoria Regional Sertão-Alagoano, na oportunidade representada pelo Defensor Público Wagner de Almeida Pinto, ingressou nesta terça-feira (16) com uma Ação Civil Pública (ACP) na Comarca de Mata Grande contra o Governo do Estado de Alagoas com a finalidade de garantir a continuidade do fornecimento de alimentação escolar a todos os alunos matriculados na rede estadual de ensino durante o período de suspensão das aulas sob pena multa cominatória diária de R$: 50.000,00 (Cinquenta mil reais) uma vez que, até o presente momento, desde a suspensão das aulas em decorrência da Pandemia, o estado ainda não procedeu a entrega dos chamados "kits merenda" ou vale alimentação escolar como chegou a ser divulgado pela Secretaria de Estado da Educação.

A Ação Civil Pública teve origem após denúncia do Jornalista e Escritor canapiense Marcio Martins que no dia 09 de Junho do corrente ano (2020) acionou a Defensoria para que fossem tomadas as devidas providências pela garantia da entrega da alimentação escolar, nos moldes da ACP proposta em face do município de Canapi, garantindo assim a preservação do direito dos estudantes não só de Canapi como de todo alto sertão que compreende todas as unidades de ensino da 11° Gerência Regional de Ensino com sede em Piranhas.

Confira na íntegra o teor da Ação Civil Pública em fase do Governo do Estado de Alagoas.


















segunda-feira, 15 de junho de 2020

Profissionais da saúde de Canapi não recebem adicional insalubridade e trabalham com EPIs de má qualidade, denuncia servidora.


Repasses do Governo Federal para combate ao COVID-19 no município já passa de R$: 1,1 milhão de reais. Cadê os direitos dos profissionais da saúde? Questiona a denunciante que pediu para não ser identificada.

Por: Redação
Créditos: Reprodução e Ascom

Por falta de dinheiro não é, então como explicar os motivos pelos quais a Prefeitura Municipal de Canapi continua com problemas na compra dos EPIs para os profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus? E muito menos do porque passado 90 dias de pandemia, estes servidores não receberam um único centavo relativo ao adicional insalubridade a que fazem jus conforme o grau de exposição de risco a saúde? A exceção seria os ACSs e ACEs que conforme apurou a nossa equipe de redação, recebem 10% de adicional conforme lei municipal aprovada antes da Pandemia.

Vejamos o que disse a servidora denunciante que pediu para não ser identificada:

“Boa tarde, infelizmente não tem como esconder, sempre vejo suas postagens sobre o dinheirinho que entra no município, desde o início desta guerra contra o vírus acompanho os valores que chegam, mas uma coisa ainda ta sem explicação: que material porcaria é aquela viseira? Ou suposto protetor facial? De que é feito aquela máscara usada na barreira sanitária? Vivemos rodeados de cobranças e promessa não cumprida: INSALUBRIDADE!!! Ninguém sabe, ninguém viu, as equipes de saúde também não receberam a famosa INSALUBRIDADE. Sou parte deste grupo, gostaria muito de saber se tem como descobrir porque não recebemos porque era pra ter recebido desde sempre, nem reajuste salarial tivemos desde que o governo começou, Deixo apenas a interrogação. Cadê os direitos dos profissionais da Saúde?”


Quem tem direito ao Adicional Insalubridade?

O adicional de insalubridade é um direito concedido a trabalhadores que são expostos a agentes nocivos à saúde. Há três graus: mínimo, que dá adicional de 10%, médio (20%) e máximo (40%).
  
Vale destacar, que o município de Canapi já recebeu até o presente momento com o objetivo de combate a COVID-19 R$: 1.109.111,25 (Um milhão, cento e vinte e cinco mil, cento e onze reais e vinte e cinco centavos), conforme dados do site monitoraalagoas.org.


Boletim Epidemiológico

Até o momento o município de Canapi registra 05 casos confirmados para COVID-19, 06 suspeitos, 01 óbito e 02 recuperados de acordo com o último Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde no último dia 10/06/2020 em sua página no Facebook.


Pré-candidato a vice prefeito de Inhapi está recuperado da Covid-19.

Benzol divulgou o resultado do exame particular feito no centro diagnóstico São Lucas.

Por: Redação
Créditos: Arquivo pessoal

O ex-vereador Edno de Souza, popular "Benzol" atual pré-candidato a vice prefeito do município de Inhapi no alto sertão de Alagoas está recuperado da Covid-19.

A confirmação veio através do resultado do exame particular feito no centro diagnóstico São Lucas nesta Segunda-feira (15) em Delmiro Gouveia.








domingo, 14 de junho de 2020

A politicagem torce pelo vírus em Mata Grande.


Por: Redação

Enquanto a população matagrandense comemorava a não circulação do vírus em seu território e o posto de único município do Estado de Alagoas a não registrar até esta quinta-feira (12) nenhum caso confirmado de COVID-19, alguns politiqueiros da cidade que se mantiveram calados nestes quase 90 dias de Pandemia no país, neste sábado (13) resolveram se manifestar, mas não com o intuito de conscientizar a população quanto à necessidade de redobrar os cuidados com as medidas de prevenção e combate ao coronavírus em decorrência da confirmação do primeiro caso no município, mas sim para fazer politicagem acusando a atual Secretária Municipal de Saúde Jackcelia Tavares de mentir para a imprensa e de esconder o caso, uma vez que o paciente diagnosticado já estava internado há duas semanas. Uma acusação sem qualquer fundamento, uma vez que, sem o resultado do teste o caso entra no Boletim Epidemiológico da secretaria como CASO SUSPEITO. Todavia, como o diagnóstico foi confirmado apenas neste sábado (13) somente a partir deste momento pode ser contabilizado como CASO CONFIRMADO, portanto, a acusação de que a secretária teria mentido é leviana e pode inclusive resultar em processo de calúnia, injúria e difamação.

Vale destacar que a Secretária Jackcelia Tavares já é reconhecida a nível estadual como uma das mais comprometidas e competentes secretária(o)s de saúde do estado, não tão somente em decorrência da sua gestão no combate ao coronavírus, mas principalmente pelos avanços e conquistas que a Secretaria Municipal de Saúde de Mata Grande entregou a sua população desde que a mesma assumiu o comando da pasta e montou em outras medidas, aquela que talvez seja a mais importante, que é a formação de uma boa equipe de trabalho, com destaque para a atuação do competente Coordenador da Atenção Básica Municipal Valdenor Pereira que junto com a secretária e toda equipe não tem poupado esforços pelo melhor para a saúde da população matagrandense.

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Paróquia de São José em Canapi se mobiliza para alcançar números de inscritos no YouTube e seguidores nas redes sociais

A Paróquia de Canapi em obediência as orientações da Igreja de Roma e em comunhão com Dom Manoel Soares Filho - Bispo Diocesano de Palmeira dos Índios / AL muda a rotina e suspende as atividades contra a proliferação do COVID-19. Com o avanço do coronavírus nos últimos dias no Brasil e no mundo, governos, empresas, entidades religiosas e pessoas mudaram seus hábitos – principalmente no que se refere a intensificação da higiene pessoal.

As autoridades civis têm orientado que as pessoas evitem sair de casa para evitar aglomerações como recomenda o Ministério da Saúde. Nesse sentido em consolidação com o Decreto Estadual e municipal, o qual dispõe sobre as medidas de prevenção e controle para o enfrentamento do COVID-19 em nosso município.

Tais medidas tem como objetivo incentivar a cultura do cuidado, na qual se possa ver, sentir compaixão e cuidarmos uns dos outros em nossa sociedade. A Paróquia tem assumido medidas restritivas neste momento, na tentativa de preservar a saúde de todas as pessoas, e, assim, acompanharemos com muita atenção o desenvolvimento do quadro, para, a partir daí divulgarmos novas orientações. É tempo de reconstruir a esperança, promover a solidariedade e incentivar a oração.

Por isso disponibilizamos abaixo os links das redes sociais da paróquia para que você possa rezar conosco da sua casa, acompanhando as missas e as demais celebrações que serão feitas apenas com o padre e algumas pessoas.

Acesse os links das nossas redes sociais, siga, curta e compartilhe!

Morre o radialista Márcio Alexandre em Inhapi.

Comunicador foi levado a unidade de saúde do município com uma dor no peito vindo a falecer posteriormente. Suspeita é que o mesmo tenha sofrido uma parada cardíaca.


Por: Redação
Crédito: Facebook

Moradores do município de Inhapi e região foram surpreendidos na manhã desta quinta-feira (11) com a notícia da inesperada morte do radialista Márcio Alexandre.

O comunicador teria sido levado a unidade de saúde local após sentir uma dor no peito que teria resultado numa parada cardíaca que o levou a óbito.

Mais informações em instantes...

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Delmiro Gouveia: Presidente Kel promulga Lei que concede reajuste aos servidores da Educação

O presidente da Câmara de Vereadores de Delmiro Gouveia, Ezequiel de Carvalho Costa (Kel), promulgou a Lei 1.290/20, que concede o reajuste de 8% aos servidores municipais da Educação.
A assinatura foi realizada na manhã desta quarta-feira (10), e prevê o benefício de 4% na competência de maio e 4% na competência de setembro deste ano. “Estou muito feliz em promulgar essa Lei porque concede o reajuste aos profissionais da educação. Esta Casa não poderia se furtar ao seu papel de estar ao lado da categoria”, reforça Kel.
O Projeto de Lei que concedia o reajuste foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares, mas foi vetado pelo gestor municipal. Em votação no dia 4 de junho, os vereadores derrubaram o veto do Executivo, concedendo o abono salarial para a classe.
Assessoria de Comunicação PMDG

Agricultor é morto com golpes de arma branca em Mata Grande


O agricultor Cícero da Silva Pereira, foi morto com golpes de faca próximo a sua residência.

Segundo informações Cícero teria se envolvido em discussão com uma pessoa de sua família, os ânimos exaltados levou vitima a ser golpeada com várias facadas pelo corpo, vindo a óbito ainda no local.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), em Arapiraca.

A equipe do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), já identificou o autor do crime.

 A qualquer momento mais informações.

Fonte
http://www.sertaonews24horas.com.br/

sábado, 6 de junho de 2020

[Triângulo das Bermudas] Servidores da educação ainda aguardam reajuste salarial do piso nacional em vigor desde o dia 1º de Janeiro.


Triângulo das Bermudas: Mata Grande, Canapi e Inhapi recebem mais ...
Ao contrário do município vizinho de Água Branca que concedeu reajuste de 13% a todos os servidores da educação, em Canapi, Inhapi e Mata Grande nenhuma proposta foi apresentada até o momento.

Por: Redação
Crédito: Reprodução/Google Imagens


Professores e demais servidores da educação dos municípios de Canapi, Inhapi e Mata Grande no famoso "Triângulo das Bermudas" nome de batismo dado pela PF a região localizada no alto sertão de Alagoas durante as operações contra corrupção realizadas nas prefeituras de Canapi e Mata Grande entre 2016 e 2018, continuam a espera do reajuste salarial do piso nacional em vigor desde o dia 1° de Janeiro do corrente ano (2020).

Ao contrário da prefeitura de Água Branca que no dia 13/03/2020 reajustou em 13% os salários de todos os servidores da educação, 0,16% a mais que o reajuste nacional (12,84%), no Triângulo das Bermudas até o momento nenhuma proposta foi apresentada a categoria.

Todavia, a falta de valorização e respeito para com a categoria pode resultar em reajuste ZERO esse ano, afinal de contas, já existe o entendimento entre alguns prefeitos de que por se tratar de ano eleitoral o reajuste só poderia ser concedido até 06 meses antes das eleições, ou seja, até o dia 04 de Abril, e que foi reforçado com o veto do Presidente Jair Bolsonaro no dia 27/05 quanto a possibilidade de reajustes salariais até Dezembro de 2021.

Contudo, de acordo com um advogado trabalhista ouvido por nossa equipe de redação, por se tratar de determinação legal anterior a regra eleitoral e ao veto presidencial não há impedimento jurídico para a concessão do reajuste.

Ainda segundo o advogado, o que pode neste caso ser discutido com a categoria é o percentual de reajuste a ser concedido de acordo com as condições financeiras de cada município.

[Delmiro Gouveia] Em tempos de Pandemia, custo de cada vereador delmirense ultrapassa R$: 28,5 mil reais por mês, sem lockdown.

Somada todas as despesas com manutenção da Câmara, pagamento de pessoal, salários e outras garantias dos 11 parlamentares, são mais de R$: 313 mil reais que saem todos os meses do bolso do contribuinte.

Por: Redação
Crédito: Reprodução/Ascom

É! Pelo visto não repercutiu bem a proposta e consequentemente a aprovação da indicação do vereador Pedro Paulo (PT) propondo a decretação de Lockdown no município de Delmiro Gouveia no sertão de Alagoas. Pelo menos foi o que se viu nas redes sociais e grupos de whatsapp da cidade e região após a publicação de um artigo de opinião do renomado Advogado Gerd Gomes e do Cientista político Douglas Dias com o título: Um Lockdown nas verbas da Câmara de Vereadores de Delmiro Gouveia.

Ora, se os vereadores dizem que um restaurante que entrega delivery não pode funcionar, já que o lockdown não permite o transito de pessoas, ou que determinada loja que entrega em casa não pode funcionar, apenas mercados e farmácias na maioria das vezes, eles deviam agir conforme nossos sábios avós diziam “exemplo bom, deve começar em casa”. Por que não suspenderam os vencimentos de R$ 5.000,00 e doaram para as frentes de combate ao covid? Por que as verbas de gabinete de R$ 4.500,00 continuam sendo pagas se a Câmara de Vereadores está fechada?  E os 300 litros de combustível que cada vereador possui, porque foi utilizado? Por que não repassou os vencimentos de assessores, todas essas coisas durante os meses de pandemia? O silêncio que a política delmirense teve como resposta até ontem foi angustiante. Mais angustiante ainda é utilizar o medo para mudar o foco da questão: é perceptível a falta de representação política” - Diz um trecho do artigo. (Confira na Íntegra)

“Onze engravatados e um lockdown” daria um bom nome de filme. O final desse filme já é conhecido: ou será morrer a espera de uma UTI na capital alagoana ou ligando desesperadamente para um dos nobres engravatados na espera de uma ambulância”. – Finalizam os delmirenses em tom de revolta e indignação.

Pois bem, com Lockdown ou sem Lockdown, o fato é que em todo país já estamos chegando a 80 dias de Pandemia, 80 dias de num isolamento horizontal que parece não ter fim e que tem apenas retardado o contágio da COVID-19, ao tempo em que o número de casos confirmados e óbitos em decorrência do vírus se multiplicam. Todavia, as consequências dessas medidas desordenadas de contenção e prevenção, resultaram na criação de um outro vírus tão cruel quanto, afinal, as consequências ainda não estão sendo sentidas em larga escala, apesar de já ter “matado” milhares de CNPJs por todo país sem que possamos prevê quais serão as consequências sociais e psicológicas, principalmente na vida dos pequenos e micro-empresários e de tantos trabalhadores que dependiam dessas empresas para sobreviver.

Todavia, essa pandemia tem forçado a população a fazer certos sacrifícios e renúncias, principalmente à classe empresarial que em alguns casos se vê forçada a valência. Enquanto isso, os “INTOCÁVEIS” vereadores que legislaram pelo agravamento dessa crise econômica pelo qual o município atravessa, até aqui não fizeram sacrifício algum, continuam desfrutando das mesmas benesses de quando assumiram seus mandatos, quando ninguém jamais imaginou vivenciarmos dias tão terríveis. São mais de R$: 28,5 mil reais por mês que continuam saindo do bolso do contribuinte para manter cada um dos 11 vereadores do legislativo delmirense em plena Pandemia, com ou sem Lockdown, afinal, quem sempre paga a conta é o povo! E essa conta é bem salgada, haja vista que somadas todas as despesas com manutenção da Câmara, pagamento de pessoal, salários e outras garantias que todos os parlamentares desfrutam, chegamos a um total de R$: 313.798,53 (Trezentos e treze reais, setecentos e noventa e oito mil reais e cinquenta e três centavos) repassados pela Prefeitura Municipal de Delmiro Gouveia correspondente ao duodécimo constitucional.

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Ministério Público recebe representações contra a Prefeitura Municipal de São José da Tapera/AL acusada de prevaricação e mau uso dos recursos públicos.


Ações foram protocoladas pelo vereador Cosme Guedes pedindo auditagem nos recursos destinados para COVID-19 e a distribuição dos kits merenda para as famílias dos alunos em situação de vulnerabilidade social.

Por: Redação
Créditos: Reprodução

O vereador Cosme Guedes do município de São José da Tapera no sertão de Alagoas, fazendo uso de suas atribuições legislativas protocolou junto ao Ministério Público de Alagoas na manhã desta sexta-feira (05) duas representações contra a Prefeitura Municipal de São José da Tapera/AL a qual acusa de mau uso dos recursos públicos para prevenção e combate ao COVID-19, além de supostas irregularidades no tocante a distribuição da merenda escolar durante o período de paralisação das aulas em decorrência da Pandemia.

Na primeira representação, Cosme Guedes vereador mais votado do município nas últimas eleições municipais solicitou ao MP/AL que determine a distribuição dos kits da merenda escolar todos os meses para as famílias de aluno em situação de vulnerabilidade Social, uma vez que segundo o parlamentar, a prefeitura municipal vem recebendo o recurso mensalmente através de repasse do Governo Federal para compra da merenda escolar e não tem distribuído na totalidade das escolas municipais de povoados, distritos e sítios e na cidade, além de não demonstrar transparência na utilização dos demais recursos públicos.

Já na segunda representação, o vereador solicita do MP/AL que proceda uma auditagem nos gastos dos recursos para a prevenção e combate ao CORONAVÍRUS no município, de modo a combater atos de prevaricação da Prefeitura Municipal e da Secretaria Municipal de Saúde, uma vez que no entendimento do parlamentar, é insignificante o valor penhorado para compras de testes rápidos para o CORONAVÍRUS considerando a quantidade de habitantes.

Cosme Guedes finaliza, pedindo ao MP/AL que investigue uma denúncia que o mesmo recebeu através de suas redes sociais, de infectados que não estão recebendo da prefeitura municipal os remédios para os cuidados e busca de melhorias para os pacientes que contraíram o CORONAVÍRUS.