30/11/20

[INHAPI] Tenorinho Malta confirma mais um nome da sua equipe de governo, desta vez para a gestão da Secretaria Municipal de Saúde.



Ana Cristina Nascimento do Rego é servidora pública do município e já exerceu o cargo de secretária em gestão passada.

Por: RedaçãoCrédito: Cortesia/CS

E o jovem prefeito Tenorinho Malta continua formando sua equipe de trabalho que a partir do dia 1º de Janeiro deverá assumir o comando do município de Inhapi, depois de anunciar o nome do Profº Wellington para assumir a gestão da Secretaria Municipal de Educação, agora foi a vez da Secretaria Municipal de Saúde que será gerida pela servidora pública Ana Cristina Nascimento do Rego.

A informação foi confirmada pelo próprio prefeito eleito com exclusividade a redação do site Central do Sertão e segundo ele, a escolha levou em conta a experiência da servidora na área de saúde, inclusive na gestão da pasta a qual a mesma já esteve no comando durante gestão passada.

28/11/20

[VÍDEO] Alagoano natural de Inhapi sofre grave acidente com moto em Goiás.

 Batida foi registrada por câmeras de monitoramento da localidade.

Um alagoano escapou por pouco de um grave acidente envolvendo moto e carro, na tarde deste sábado (28), por volta das 13h, em Goiânia (GO). Manoel José Gonçalves, mais conhecido como “Nel de Zé Gonçalo”, 35, é de Inhapi.

Ele conduzia uma moto, quando colidiu lateralmente com um carro, em um cruzamento de rodovias. Com o impacto da batida, o inhapiense foi arremessado violentamente por cima do automóvel e caiu no asfalto.

Com uma fratura na clavícula e um corte em uma das pernas, o alagoano foi levado para um hospital da região, onde está internado. O estado de saúde dele não seria de risco de morte.

O acidente foi registrado por câmeras de monitoramento da localidade. 

Fonte: Correio Notícia 

25/11/20

SINDSCAN pode acabar de vez com a farra das supostas indicações políticas para contratações temporárias em Canapi.

Prefeitura se recusa a entregar a documentação comprobatória de todos os processos de seleção pública para contratações temporárias dos últimos 04 anos e sindicato deve acionar o MP para ter acesso à documentação.

Por: Redação/Crédito: Montagem- Charge/Google Imagens

A notícia divulgada na última terça-feira (24) com exclusividade aqui pelo site Central do Sertão sobre a aprovação por unanimidade do Projeto de Lei 06/2020 que revogou o repasse da contribuição sindical em folha de pagamento dos servidores públicos municipais de Canapi deixou muita gente indignada, assim como também teve muito aliado político do gestor que comemorou a possibilidade de desestabilização do SINDSCAN – Sindicato dos Servidores Públicos de Canapi, todavia, o que todos se perguntam até o momento, é o que teria motivado o prefeito Vinicius Lima a insurgir com tanta ira pra cima do sindicato mesmo tendo sido ele reeleito com quase 70% dos votos dos eleitores canapienses, além de ter conseguido eleger todos os 11 vereadores da Câmara Municipal, seus aliados.

Pois bem; segundo apurou nossa equipe de reportagem o principal motivo além da derrota impactante sofrida nas eleições sindicais de 22 de Agosto do corrente ano, a qual o gestor teve que engolir a seco, foram as inúmeras cobranças de informações públicas que o SINDSCAN protocolou junto ao governo e que até o momento não foram respondidas, extrapolando todos os prazos da Lei de Acesso a Informação, entre elas, a que talvez esteja tirando o sono do gestor e principalmente dos vereadores eleitos, afinal de contas, trata-se da documentação comprobatória de todos os processos de seleção pública para contratações temporárias dos últimos 04 anos que a prefeitura deverá entregar sob o peso da lei já que o SINDSCAN ingressará com ações junto ao MP para ter acesso a toda documentação, “se é que elas existem”.

Havendo comprovação ou não, o fato é que a partir de 2021 a chance da prefeitura promover contratações temporárias de servidores públicos sem nenhum tipo de processo de seleção pública é praticamente ZERO, o que na prática seria o fim da farra das indicações políticas, a não ser que a prefeitura comprove que fez seleção nos últimos 04 anos e que venha a fazer pelo menos no próximo ano (2021) já que a expectativa é que em 2022 finalmente seja realizado o tão esperado concurso público.



 

24/11/20

RETALIAÇÃO: Vereadores aprovam por unanimidade projeto de lei de autoria do Poder Executivo que acaba com desconto em folha da mensalidade sindical dos servidores públicos em Canapi.

Para o presidente do sindicato da categoria, o projeto tem o claro objetivo de enfraquecer as ações do SINDSCAN em retaliação a impactante derrota sofrida pelo governo nas eleições sindicais do dia 22 de Agosto.

Por: Redação Crédito: CS e Ascom

Bastou à confirmação da vitória nas urnas no dia 15 de Novembro para o cumprimento do seu segundo mandado no comando da Prefeitura Municipal que o Prefeito Vinicius Lima 02 (dois) dias depois ainda inconformado com a impactante derrota sofrida nas eleições sindicais no dia 22 de Agosto do corrente ano (2020), tratou de encaminhar a Câmara Municipal de Vereadores na ultima terça-feira (17) em caráter de urgência, o Projeto de Lei nº 06/2020 que revoga a alínea “c” do art. 54 da Lei Municipal nº 185/2018 que trata do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração da Educação, extinguindo o recolhimento e o repasse da contribuição sindical via prefeitura, justificando que cabe ao próprio SINDSCAN – Sindicato dos Servidores Públicos de Canapi manter estrutura própria destinada a arrecadar as contribuições dos seus sindicalizados sem a participação direta da municipalidade.

Nossa equipe de reportagem ouviu o atual presidente do SINDSCAN, o Prof. Mestre Uilo Paulino e o mesmo não se mostrou surpreso com o conteúdo do projeto dada a face perseguidora da atual e reeleita gestão municipal, porém, se disse indignado uma vez que a medida tem a clara intenção de enfraquecer as ações do SINDSCAN. Disse ainda que acredita ser uma retaliação a impactante derrota sofrida pelo governo nas eleições sindicais do dia 22 de Agosto, mas, que, porém, já está agendando um reunião com a diretoria executiva e com o corpo jurídico sindical, além da convocação nos próximos dias de uma Assembléia Geral com a categoria.

“Se eles pensam que vão nos desestabilizar estão muito enganados, nossa diretoria foi eleita para fazer valer os direitos dos servidores públicos canapienses, bem como fortalecer cada vez mais o nosso sindicato em união, preservação e conquistas de direitos e não será desta forma que iremos nos abater, tanto é que nos próximos dias estaremos ingressando com diversas ações no Ministério Público por descumprimento da atual gestão a Lei de Acesso a Informação, uma vez que já expiraram todos os prazos em que o SINDSCAN pede explicações sobre prestação de contas do Fundeb, processos de seleção para contratação de professores dos últimos 04 anos, extratos bancários da conta onde está depositada a quantia de R$6,9 milhões dos precatórios da educação, informações sobre os processos de desaposentação, entre outros...” – Disse Uilo Paulino - Presidente do SINDSCAN.

O projeto que entrou em pauta nesta terça-feira (24) foi aprovado por unanimidade entre os vereadores presentes com exceção dos vereadores Zé Divo e Cicinho que não se fizeram presente. Vale destacar que a partir do dia 1º de Janeiro o prefeito Vinicius Lima contará com o apoio de todos os vereadores eleitos e reeleitos para aprovação de todos os seus desejos e vontades a exemplo do referido projeto aqui mencionado, sob o qual não houve se quer pedido de vistas e ou abstenção.




 

 

 

23/11/20

Tenorinho Malta cumpre promessa de campanha e apresenta um professor para gestor da Secretaria de Educação de Inhapi.

O anúncio foi feito em vídeo pelo próprio prefeito eleito juntamente com o escolhido, o Prof. Wellington que ficou na suplência de vereador com 199 votos.


Por: Redação
Créditos: Instagram/Divulgação

Eleito no último dia 15 de Novembro do corrente ano, o jovem prefeito do município de Inhapi Tenorinho Malta tomará posse somente no dia 1° de Janeiro do próximo ano, porém, antes mesmo disso acontecer, o jovem prefeito eleito já cumpriu com um de suas mais importantes promessas de campanha  ao escolher um professor para ocupar o cargo de Secretário Municipal de Educação, trata-se do Prof. Wellington residente no Sítio Cansanção, o qual disputou as eleições para o legislativo municipal pelo PP ficando na suplência com 199 votos.

Tenorinho Malta disse está honrando seu compromisso para com a população inhapiense e que a Educação de Inhapi estará em boa mãos, já o Prof. Wellington por sua vez, disse está muito honrado e grato pelo convite e que tem por objetivo valorizar os profissionais da educação e fazer com que a educação de Inhapi tenha mais progresso e dias melhores.



 

16/11/20

Conheça os prefeitos eleitos nas cidades do Sertão de Alagoas

 Confira quantidade de votos dos eleitos e dos opositores

DELMIRO GOUVEIA / 37.477 eleitores
Ziane Costa (MDB) – 10.948 votos
> Padre Eraldo (PSD) – 8.989 votos
> Renato Torres (PSB) – 4.902 votos
> Sávio da Galeria (PSDB) – 1.679 votos
> Gabriel Varjão (PTB) – 548 votos

BRANCOS – 306 / NULOS – 1.301 / VALIDOS – 27.066

SANTANA DO IPANEMA / 30.701 eleitores
Dra. Christiane Bulhões (MDB) – 13.408 votos - Reeleita
> Edson Magalhães (Cidadania) – 6.364 votos
> Meirica (PSB) 972 votos
> Marciano do Couro (PSDB) – 970 votos
> Mário Silva (Republicanos) – 678 votos
> Afonso Gaia (DEM) – 391 votos

BRANCOS – 341 / NULOS – 974 / VALIDOS – 22.783

SÃO JOSÉ DA TAPERA / 20.765 eleitores
Jarbas Ricardo (MDB) – 8.884 votos
> Edilson Ramos (PSD) – 2.829 votos
> Cosme Guedes (PSDB) – 1.541 votos
> José Márcio (PDT) – 1.087 votos

BRANCOS – 406 / NULOS – 1.114 / VALIDOS – 14.341

MATA GRANDE / 17.302 eleitores
Erivaldo Mandu (PTB) – 7.434 votos - Releito
> Júlio de Hélio (PDT) – 5.406 votos

BRANCOS – 99 / NULOS – 519 / VALIDOS – 12.840

PIRANHAS / 18.050 eleitores
Thiago Freitas (MDB) – 7.455 votos
> Maristela Sena (Progressista) – 6.087 votos
> Edson Valente (Avante) – 47 votos

BRANCOS – 113 / NULOS – 636 / VALIDOS – 13.542

PÃO DE AÇÚCAR / 18.122 eleitores
Jorge Dantas (PSDB) – 8.019 votos
> Cristiano Matheus (MDB) – 5.595 votos
> Cliuton Santos (Cidadania) – 51 votos

BRANCOS – 156 / NULOS – 578 / VALIDOS – 13.727

OLHO D'ÁGUA DAS FLORES / 15.533 eleitores
José Luiz dos Anjos (Progressista) – 6.911 votos
> Nen (PL) – 5.249 votos
> Moises Messias (PT) – 65 votos

BRANCOS – 92 / NULOS – 323 / VALIDOS – 6.976

ÁGUA BRANCA / 15.296 eleitores
Zé Carlos (Progressista) – 5.943 votos - Reeleito
> Marcelo Dorinha (MDB) – 3.198 votos
> Paulo Campos (PSD) – 1.173 votos
> Adriana Zuza (PSL) – 698 votos

BRANCOS – 96 / NULOS – 489 / VALIDOS – 11.012

MAJOR IZIDORO / 14.352 eleitores
Theobaldo Cintra (Progressista) – 5.873 votos
> Alex Mariano (MDB) – 5.339 votos

BRANCOS – 140 / NULOS – 430 / VALIDOS – 11.212

INHAPI / 12.898 eleitores
Tenorinho Malta (Progressista) 4.740 votos
> Wellington Morcego (PT) – 3.738 votos
> Cristina Costa (PSD) – 972 votos
> Joãozinho Paiva (PV) – 25 votos

BRANCOS – 123 / NULOS – 348 / VALIDOS – 9.475

BATALHA / 12.705 eleitores
Marina Dantas (MDB) – 5.739 votos - Reeleita
> Luciano Melo (DEM) – 3.377 votos
> Romeu Policial (Avante) – 645 votos
> Paulo José (PSB) – 181 votos
> Zé Paulo (PL) – 18 votos

BRANCOS – 180 / NULOS – 490 / VALIDOS – 9.960

CANAPI / 13.355 eleitores
Vinícius Filho de Zé Hermes (Progressista) – 6.621 votos - Reeleito
> Madson Paulino (PT) – 2.583 votos 
> Márcio Martins (PSDB) – 470 votos

BRANCOS – 113 / NULOS – 458 / VALIDOS – 9.974

POÇO DAS TRINCHEIRAS / 9.979 eleitores
Valmiro (PSDB) – 4.360 votos
> Aparecida Ferreira (MDB) – 3.328 votos

BRANCOS – 51 / NULOS – 230 / VALIDOS – 7.688

SENADOR RUI PALMEIRA / 8.854 eleitores
> Jeane Moura (MDB) – 4.332 votos - reeleitos
> Padre (Solidariedade) – 2.064 votos

BRANCOS – 75 / NULOS – 334 / VALIDOS – 6.396

OLIVENÇA / 9.174 eleitores
Jó (PL) – 3.892 votos
> Veio Duca (MDB) – 3.320 votos

BRANCOS – 31 / NULOS – 304 / VALIDOS – 7.212

OURO BRANCO / 8.455 eleitores
Denyse de Dona Telma (PSD) – 3.469 votos
> Atevaldo Cabral (MDB) – 3.195 votos
> Sandro Amorim (PRTB) – 97 votos
> Benildo Godoy (Patriota) – 14 votos

BRANCOS – 53 / NULOS – 221 / VALIDOS – 6.775

DOIS RIACHOS / 8.942 eleitores
Ramon Camilo (MDB) – 3.625 votos - Reeleição
> Jorge Duca (PTB) – 3.395 votos

BRANCOS – 53 / NULOS – 265 / VALIDOS – 7.020

PARICONHA / 8.736 eleitores
Tony de Campinhos (Progressista) – 4.095 votos
> Avoni Feitosa (MDB) – 2.476 votos
> Nina Cacique (PC do B) – 119 votos

BRANCOS – 56 / NULOS – 300 / VALIDOS – 6.690

OLHO D'ÁGUA DO CASADO / 7.142 eleitores
Zé dos Santos (PT) – 2.940 votos - Reeleito
> Elio Alencar (PSD) – 2.563 votos

BRANCOS – 39 / NULOS – 239 / VALIDOS – 5.503

MARAVILHA / 7.831 eleitores
Conceição Albuquerque (PTB) – 2.763 votos - Reeleição
> Professor Jamis (MDB) – 2.584 votos
> Dr. Júlio (Republicanos) – 354 votos

BRANCOS – 55 / NULOS – 270 / VALIDOS – 5.701

CARNEIROS / 6.536 eleitores
Geraldo Filho (MDB) – 3.649 votos - Reeleito
> Genivaldo Agra (PTB) – 1.055 votos

BRANCOS – 103 / NULOS – 389 / VALIDOS – 4.704

MONTEIRÓPOLIS / 5.781 eleitores
Mailson Mendonça (PL) – 2.020 votos - Reeleito
> Ruzimar Moura (Progressista) – 1.950 votos
> Artuzinho Galdino (PTB) – 374 votos
> Tiago Prudente (PSD) – 40 votos

BRANCOS – 48 / NULOS – 153 / VALIDOS – 4.384

BELO MONTE / 5.789 eleitores
Dalminho (PTB) – 2.713 votos
> Toinho Cintra (MDB) – 2.153 votos

BRANCOS – 36 / NULOS – 129 / VALIDOS – 4.866

JARAMATAIA / 4.793 eleitores
Ricardo Paranhos (MDB) – 2.158 votos
> Jefferson Barreto (PSB) – 1.739 votos

BRANCOS – 31 / NULOS – 181 / VALIDOS – 3.897

JACARÉ DOS HOMENS / 4.911 eleitores
Floriano (MDB) – 2.194 votos - Reeleito
> Zé Antônio (Republicanos) – 1.838 votos

BRANCOS – 21 / NULOS – 114 / VALIDOS – 4.032

PALESTINA / 4.563 eleitores
Jaime do Mercado (Republicanos) – 2.152 votos
> Izabelle Alcântara (Progressista) – 1.802 votos

BRANCOS – 16 / NULOS – 77 / VALIDOS – 3.954

Fonte Correio Noticias

13/11/20

NOTA EXPLICATIVA

Fora veiculada matéria no site https://centraldosertaonet.blogspot.com/2020/11/ex-secretario-municipal-de-


educacao-de.html, em que indica a existência da AIJE nº 0600523-79.2020.6.02.0039 em desfavor do candidato a vereador pelo Partido dos Trabalhadores de Inhapi, Sr. MOAB.

De plano se esclarece que o candidato jamais praticou qualquer tipo de crime eleitoral conforme título da matéria em lume. As imputações no processo em comento, não condizem com a realidade dos fatos, servindo apenas de mero casuísmo político na intenção de desestabilizar a candidatura de uma pessoa íntegra.

O candidato MOAB apresentará sua defesa no prazo legal, exercendo o contraditório e a ampla defesa para demonstrar cabalmente a total improcedência do pedido formulado em seu desfavor. 

ERALDO MALTA BRANDÃO NETO

Advogado

DIEGO MALTA BRANDÃO

Advogado

12/11/20

Ex-secretário municipal de Educação de Inhapi e candidato a vereador é investigado por suposto crime eleitoral.

Moab Damasceno estaria    usando as ações da Secretaria Municipal de Educação para promoção pessoal que se comprovado poderá levar ao cancelamento do seu registro de candidatura ou mesmo não assumir o mandato caso seja eleito.

A justiça eleitoral de Água Branca (39ª Zona Eleitoral) recebeu uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral - AIJE (nº 0600523-79.2020.6.02.0039) contra o candidato a vereador do Município de Inhapi pelo PT, Moab Damasceno dos Santos. Na ação, interposta pela coligação partidária “A Vontade do Povo” (PP e MDB), consta que o candidato Maob Damasceno estaria se utilizando das realizações da Secretaria Municipal de Educação, para promoção de sua imagem pessoal e de sua campanha, o que é vedado pela legislação eleitoral. De fato, Moab Damasceno, que desde 2013 é o secretário de educação de Inhapi, vem fazendo o uso das obras e programas da secretaria para impulsionar a sua campanha.

A Coligação alegou que, ao se utilizar das realizações da Secretária de Educação para se promover, Moab Damasceno estaria desrespeitando a Constituição Federal, que em seu artigo 37 que determina o princípio da impessoalidade, e também estaria quebrando a igualdade de condições entre os candidatos.

A coligação também alegou que a jurisprudência do TSE veda esse tipo de comportamento, pois nenhum gestor público pode misturar sua imagem com a coisa pública, e como consequência pode haver a cassação da candidatura. 

A Justiça Eleitoral já notificou o candidato Moab Damasceno, que tem 5 dias para fazer sua defesa.  Se a Representação Eleitoral for julgada procedente, Moab Damasceno terá o seu registro de candidatura cancelado, e mesmo que seja eleito poderá não assumir a vaga de vereador.

09/11/20

ATUAL DIREÇÃO DO SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE CANAPI APRESENTA BALANÇO DOS PRIMEIROS DOIS MESES DA NOVA GESTÃO

Entre os dados apresentados estão a prestação de contas e o cumprimento de algumas promessas de campanha. 

A direção do Sindicatos dos Servidores Públicos de Canapi (SINDSCAN) apresentou nesta semana o balanço dos primeiros dois meses de gestão. A transparência dos dados é parte dos compromissos firmados durante a campanha. 

A divulgação será feita todos os meses através dos sites da região, nas redes sociais do sindicato, nos grupos do whatsapp dos sindicalizados e também no site próprio que será criado em breve. 

De acordo com o balanço apresentado, quando a nova direção tomou posse no dia 30 de agosto, recebeu apenas R$758,00 deixados em caixa pela gestão anterior. Segundo a direção, não havia nenhum registro referente a receitas e despesas do sindicato. 

O que vai contra o artigo 22, inciso XXI da constituição do sindicato que determina que a direção executiva deve prestar contas de suas atividades e do exercício financeiro anualmente e ao término do mandato. 

A atual direção informou que irá tomar as medidas cabíveis na justiça para que seja feita a prestação de contas da gestão anterior. 

Após dois meses da nova gestão, o saldo nas contas bancárias é de R$4.307,74. 

A instituição recebe em média por mês o valor de R$9,600 decorrentes da contribuição de 1% sobre o salário dos servidores. 

Entre as despesas realizadas nesse período estão o pagamento de advogados, a compra de um celular próprio e ainda despesas básicas como luz, internet e materiais de limpeza e escritório, entre outras. 

Várias solicitações foram feitas formalmente ao prefeito do município de Canapi, Vinicius Lima, ao secretário de educação Luiz Vieira e a presidente do conselho do FUNDEB, Maria Cristina Duarte Queiroz. 

Uma delas foi solicitando informações detalhadas sobre os precatórios do FUNDEB tais como extratos bancários da conta onde está depositada a quantia de R$6,9 milhões depositada em 2017, cópias do trâmite legal do bloqueio judicial e as providências que o poder executivo tomou com relação ao bloqueio. Foram solicitadas ainda as receitas e despesas do FUNDEB 40 e 60 mês a mês deste ano com base na lei da transparência 12.527/2011. Além disso, documentos como editais de seleção e publicação em diário oficial que comprovem como foi realizada a seleção pública dos funcionários temporários dos últimos 4 anos também foram solicitados. 

Outra informação requisitada foi o acesso a lista de servidores ativos e inativos, indicando seus respectivos cargos e matrículas. Além da cópia da lei municipal 166/98 que trata da mudança dos funcionários celetistas para estatutários. Outra solicitação foi o pedido de informações sobre o enquadramento da classe E para F dos professores concursados no ano de 2005 com base no PCCR da educação. 

As únicas solicitações atendidas referem-se a relação dos nomes dos servidores sindicalizados e parte da cópia da lei 166/98. Com relação às outras demandas não atendidas, o sindicato deverá tomar as devidas providências por via judicial já que os prazos legais para responder acabaram. Todos os ofícios realizados estão expostos logo abaixo da matéria.

 De acordo com o Presidente do SINDSCAN, Uilo Paulino, esses primeiros meses à frente do sindicato tem sido para colocar a instituição em ordem. “Os primeiros dois meses foram de muita luta! Tivemos que colocar em ordem toda a documentação e implementar melhorias de acordo com nosso orçamento.

 Mas todo trabalho está valendo a pena, pois estamos conseguindo colocar tudo nos trilhos. Os servidores podem ter certeza que agora eles têm um sindicato atuante que lutará pela garantia de seus direitos.” No balanço foi divulgado também o patrimônio atual do sindicato. Além de possuir quatro terrenos, podemos ver na lista abaixo a descrição de todos itens que são pertencentes à instituição.