quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Pesquisa Ibope para o Senado em Alagoas: Renan: 39%; Rodrigo Cunha: 37%

Benedito de Lira: 23%; Mauricio Quintella: 18%; Sergio Cabral: 5%; Prof. Cícero Albuquerque: 4%; Flavio Moreno: 4%; Flávia Melo: 4%; Osvaldo Maciel: 1%. Levantamento foi feito entre os dias 17 e 19 de setembro.


Resultado de imagem para pesquisa ibope em alagoasPesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (20) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o Senado em Alagoas:
·         Renan (MDB): 39%
·         Rodrigo Cunha (PSDB): 37%
·         Benedito de Lira (PP): 23%
·         Mauricio Quintella (PR): 18%
·         Sergio Cabral (PATRI): 5%
·         Prof. Cícero Albuquerque (PSOL): 4%
·         Flavio Moreno (PSL): 4%
·         Flávia Melo (PCO): 4%
·         Osvaldo Maciel (PCB): 1%
·         Branco/ Nulo - Vaga 1: 11%
·         Branco/ Nulo - Vaga 2: 34%
·         Não sabe/Não respondeu: 20%
A pesquisa foi encomendada pela TV Gazeta de Alagoas. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito entre os dias 13 e 15 de agosto, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes: Renan (MDB): 33%; Benedito de Lira (PP): 25%; Rodrigo Cunha (PSDB): 19%; Mauricio Quintella (PR): 18%; Sergio Cabral (PATRI): 10%; Cicero Albuquerque (PSOL): 7%; Flavio Moreno (PSL): 5%; Flávia Melo (PCO): 4%; Osvaldo Maciel (PCB): 2%; Branco/ Nulo - Vaga 1: 22%; Branco/ Nulo - Vaga 2: 33%; Não sabe: 22%.

Sobre a pesquisa
·         Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos;
·         Quem foi ouvido: 812 eleitores em 38 cidades, com 16 anos ou mais;
·         Quando a pesquisa foi feita: de 17 a 19 de setembro;
·         Registro no TRE: AL-06041/2018;
·         Registro no TSE: BR-02881/2018;
·         O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro;
·         0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.