PREFEITURA DE INHAPI

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Animal é abatido com crueldade e sem condições sanitárias no meio da rua em Inhapi

Após o abate, criança manuseia faca para tirar o pelo do porco em cima de uma tábua, no chão; cena foi acompanhada por uma mulher que seria a mãe dela


O abate de um porco a machadadas, no meio da rua e sem nenhuma condição sanitária foi registrado por vídeos que começaram a circular nas redes sociais no começo desta semana. O caso ocorreu no município de Inhapi, Sertão de Alagoas, na rua Presidente Getúlio Vargas.

As crianças que aparecem nos vídeos teriam 13 e 14 anos e a mãe delas é a mulher que está sentada na calçada, acompanhando tudo, aparentemente embriagada e com uma garrafa de cachaça ao lado.

Em um dos vídeos, um jovem utiliza um machado e golpeia o animal, que já estava se debatendo no chão, pelo menos duas vezes. O sangue mancha os paralelepípedos da rua, enquanto outras pessoas acompanham a cena. 

Nas imagens, também é possível perceber que um caldeirão está sobre um fogo de lenha, também no chão, provavelmente com água fervente que seria usada para retirar o pelo do animal, tarefa que já estava sendo feita por uma das crianças que manuseava uma faca. 

A Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que ainda não tinha conhecimento do caso. Após assistirem aos vídeos, técnicos da agência informaram as principais irregularidades da situação: o abate ocorreu com a ausência total de condições higiênico-sanitárias; sem instrumentos e estrutura especí cos; na ausência de um  scal médico veterinário para acompanhamento do abate e inspeção tanto dos animais ainda vivos como também das carcaças e vísceras; não utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); atordoamento realizado inadequadamente com machado; não realização de jejum hídrico do animal; não emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA), entre outras irregularidades.  

POR JOTA SILVA/NARECIO FAGNER

Nenhum comentário:

Postar um comentário