PREFEITURA DE INHAPI

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Ação policial resulta na prisão de jovem minutos depois dele furtar celular em Inhapi

Sistema de monitoramento em vídeo mostra ação do suspeito juntamente com comparsa que conseguiu fugir


Um jovem suspeito de furto de celular foi preso, na noite desta sexta-feira (25), por volta das 19h, na cidade de Inhapi. A prisão de Adeílson Macedo de Souza, 20, foi realizada por policiais do Grupamento de Polícia Militar (GPM) do município.

Os militares estavam realizando rondas de rotina pela cidade, quando se depararam com um homem que relatou para a guarnição que teve o telefone celular furtado enquanto trabalhava em um posto de combustíveis, localizado a margem da AL-140, na Avenida Pompilho Brandão de Alcântara, centro.

“A vítima informou que Adeílson de Souza estava na companhia de outra pessoa, identificada apenas como “Juninho”, e que os dois participaram do furto do celular, que estava na cabine onde trabalha”, afirmou o sargento Henrique, comandante do GPM.

Ainda de acordo com o sargento, as imagens do sistema de monitoramento do posto de combustíveis ajudaram aos policiais que atenderam à ocorrência a localizar os suspeitos. “Ao avistar a guarnição, o Juninho conseguiu fugir deixando a moto que conduzia para trás, mas o comparsa dele, Adeílson, foi capturado”, disse.

Com o preso, que é morador do Sítio Curralinho, zona rural do município, foi encontrado o aparelho de telefone furtado. Ele foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada em Delmiro Gouveia, onde foi autuado em flagrante delito e ficou recluso à disposição da Justiça.

O rapaz que conseguiu fugir dos militares é considerado foragido da polícia e a moto que ele abandonou durante a fuga foi levada para a sede do GPM.

A reportagem teve acesso às imagens que mostram toda ação do furto. Um dos suspeitos, que, de acordo com a polícia, é o “Juninho”, abastece a moto, enquanto Adeílson se aproveita da distração do frentista e furta o celular dele. O vídeo mostra os dois suspeitos fugindo juntos. (assista abaixo)

A ação policial teve o apoio do comandante do tenente Miguel, comandante da Companhia de Polícia Militar (3ª - Cia), sediada em Mata Grande, e teve a supervisão do major Anaximandro Tenório, comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Delmiro Gouveia.
Assista ao vídeo:

Por Jota Silva  Correio Noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário