PREFEITURA DE INHAPI

domingo, 17 de dezembro de 2017

Homem morre depois de ser baleado na cabeça durante suposto assalto em Inhapi

Crime teria acontecido na presença de sobrinha da vítima, que ainda foi levada com vida para hospital em Santana do Ipanema

Um homem morreu depois de ser alvejado a tiros, na tarde deste domingo (17), por volta das 17h, em uma estrada vicinal, no Sítio Poço Grande, em Inhapi.

 A vítima foi identificada como Manassés de Oliveira Silva.


Segundo testemunhas, o homem conduzia uma moto, com uma sobrinha menor de idade como passageira, quando foi interceptado por outros homens, que pediram para ele descer do veículo e deitar no chão.

Ainda de acordo com testemunhas, mesmo obedecendo aos criminosos e sem esboçar nenhuma reação, Manassés foi baleado pelo menos duas vezes na cabeça. O atentado teria acontecido na presença da sobrinha dele.

Os atiradores fugiram levando a motocicleta da vítima, cujas caraterísticas não foram informadas.

Em estado grave, Manasses foi socorrido com vida para o Hospital Regional Clodolfo Rodrigues de Melo, localizado em Santana do Ipanema. Ele morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde.

Uma guarnição do Grupamento de Polícia Militar (GPM) do município esteve no local do crime para os procedimentos necessários.

Este é o terceiro atentado a bala ocorrido em Inhapi, desde a última quinta-feira (14). Com Manassés, já são dois mortos. Outras três pessoas também foram baleadas, mas sobreviveram.

Nenhum suspeito dos referidos crimes foi preso, embora o 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Delmiro Gouveia, tenha intensificado as ações no município.

Deixe se comentário no Central do Sertão
Fonte Correio Noticia

4 comentários:

  1. Muito triste meu Deus um rapaz tão especial. Educado gentil.
    Deus teram mais um anjo ao seu lado.

    ResponderExcluir
  2. MUITO TRISTE HOMEM DE BEM. DEUS CONFORTE SUA FAMILIA

    ResponderExcluir
  3. A vida é o bem mais valioso que temos, e mesmo diante da morte precisamos nos manter firmes em honra e memória dos que se foram.

    ResponderExcluir