sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Professores cobram prestação de contas dos R$: 22 milhões de reais do Fundeb repassados pelo Governo Federal ao município de Mata Grande em 2019.


Educadores querem a comprovação da despesa da Folha do Fundeb/60 comprovando que não houve sobras de recursos como tem alegado a atual gestão municipal.

Por: Redação
Crédito: Google Imagens

Transparência na administração pública municipal é fundamental em qualquer empresa ou instituição pública, principalmente nas Prefeituras e Câmaras Municipais e o não cumprimento da disponibilização de informações básicas a população tem levado muitos prefeito a responder por improbidade administrativa, contudo, esta não tem sido uma preocupação da atual gestão do município de Mata Grande que desde o primeiro ano de governo vem sendo cobrada pela não prestação de contas dos recursos do Fundeb, em especial dos 60% do fundo que é exclusivamente para pagamento dos professores.

A insatisfação da categoria é tão grande que no ano passado (2019) a pedido do SSPMMG – Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais, a Câmara de Vereadores e a Prefeitura Municipal chegaram a realizar uma Audiência Pública na tentativa de mostrar aos educadores matagrandenses que não houve sobra de recursos em 2018, contudo a audiência foi um verdadeiro “fiasco” tendo em vista que os técnicos da contabilidade da prefeitura se quer apresentaram as folhas mensais de pagamentos que uma vez confrontadas com a receita, daria exatamente o que os professores queriam saber, ou seja, se houve ou não sobra de recursos do Fundeb/60 em 2018. O fiasco da audiência foi tanta que até mesmo o vice-presidente do legislativo municipal Vereador Rodolfo Isidoro que é aliado do atual gestor municipal chegou a criticar a apresentação do corpo técnico da prefeitura.

Pois bem; 2018 passou sem que as folhas de pagamento do Fundeb/60 fossem apresentadas, permanecendo assim a dúvida dos educares se houve ou não sobra de recursos. Chega então 2019, e o que parecia que seria diferente, piorou! Já estamos em Fevereiro de 2020 e desta vez, nem prestação de contas e nem audiência pública que esclareça como a prefeitura municipal utilizou os R$: 22.043.176,90 (Vinte e dois milhões, quarenta e três mil, cento e setenta e seis reais e noventa centavos), sendo R$: 13.225.906,14 somente do Fundeb/60 exclusivo para pagamento dos professores.

Segue abaixo o link para comprovação dos valores repassados pelo Governo Federal: https://www42.bb.com.br/portalbb/daf/beneficiario,802,4647,4652,0,1.bbx