sábado, 12 de dezembro de 2015

Prefeito Zé Cícero mobiliza autoridades da segurança pública para combater onda de assaltos em Inhapi.

Diante da uma onda de assaltos em Inhapi e a disseminação de informações equivocadas através das redes sociais, a população de Inhapi passou por momentos de intranquilidade nos últimos dias.

Preocupado com esta situação, o prefeito Zé Cícero convidou autoridades de segurança para reunião em seu gabinete neste sábado, dia 12, inclusive o Sargento Henrique, representando a Polícia Militar. O encontro foi pautado na análise dos números da criminalidade e o apoio da Prefeitura às ações comandadas pelas polícias Civil e Militar, com o objetivo de incrementar os serviços de segurança no município.

Resultado da reunião, o comandante Coronel Fontes do 9º Batalhão da PM em Delmiro Gouveia, prontamente atendeu à solicitação junto com o Sargento Henrique, colocará a partir desta segunda-feira (14) mais um efetivo de 4 policiais de serviço no município.

MEDIDAS DO PREFEITO

Mais do que manifestar apoio às demandas das polícias, o prefeito Zé Cícero, depois de ouvir a análise das autoridades de segurança, anunciou que ainda nesta semana, irá marcar audiência com o Secretário de Segurança Pública do Estado, Alfredo Gaspar de Mendonça, para juntos tomarem medidas de combate à violência em Inhapi e cidades vizinhas.

A primeira será a implantação de um posto avançado da Polícia da Caatinga em Inhapi, para atender também aos municípios de Mata Grande e Canapi. Por outro lado, o prefeito também vai solicitar que a Secretaria de Segurança Pública do Estado tome providências para sanar os déficits de efetivos e estrutura da PM e Polícia Civil.

POPULAÇÃO

No encontro, as forças policiais solicitaram do prefeito que o mesmo sensibilize a população quanto à necessidade da sua participação e apoio na manutenção da segurança, tomando medidas simples, como fechar portas e janelas quando sair de casa, evitar carros abertos e motos com chaves no contato.

Por outro lado, o cidadão pode ser proativo comunicando para a polícia sempre que vê pessoas ou atitudes suspeitas, ligando para o 190, informando o local com precisão, rua ou avenida e um número de referência. Este procedimento pode ser feito diretamente para a PM local através dos telefones 3645-1653 ou 98118-6095. A ligação pode ser anônima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário