PREFEITURA DE INHAPI

domingo, 8 de março de 2015

Acusado de matar o sogro morre em troca de tiros com policiais em Água Branca

“Boião” foi encontrado, após enviar presente do Dia Internacional da Mulher para ex-esposa.

Um homem foragido da Justiça morreu em uma troca de tiros com policiais, na tarde deste domingo (8), por volta das 17h, no povoado Papa-Terra, zona rural de Água Branca. Antônio Conceição da Silva, conhecido como “Boião”, 37, era acusado do assassinato do idoso José Manoel de Araújo, 62, sogro dele.


Considerado foragido desde 18 de fevereiro, dia do crime, Antônio da Silva foi localizado após usar dois agricultores para entregar um perfume como presente do Dia Internacional da Mulher para a ex-esposa. A mulher acionou a polícia que conseguiu encontrar o esconderijo do ex-marido dela através das pessoas enviadas por ele.


“Boião” estaria escondido dentro de uma cabana, em meio a uma hortaliça, quando foi surpreendido por policiais civis e militares do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes). O foragido teria recebido as guarnições a tiros e morreu depois de ser atingido pelos policiais que revidaram a investida dele.


Segundo os policiais que participaram da ação, no local onde o criminoso estava foram apreendidos uma faca peixeira e um revólver calibre 38, com cinco munições, sendo três intactas e duas deflagradas.


A ação foi comandada pelo delegado regional, Rodrigo Rocha Cavalcanti e o comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Joaz Fontes.


O corpo de Antônio da Silva foi levado para o necrotério da unidade de emergência Antenor Serpa, em Delmiro Gouveia, de onde foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.
 

FONTE: MINUTO SERTÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário