PREFEITURA DE INHAPI

quinta-feira, 26 de março de 2015

Criminoso morre em confronto com policiais durante operação em Delmiro Gouveia.

PC/ALAção conjunta entre as polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal resultou na prisão de 15 pessoas.
Por: Redação/Minuto Sertão

Créditos: PC/AL

Uma operação conjunta entre as policias Civil, Militar e Rodoviária Federal, deflagrada nas primeiras horas desta quinta-feira (26), em Delmiro Gouveia, resultou na prisão de 15 pessoas. Um homem acusado de tráfico de drogas e homicídio morreu em confronto com policiais.
Os presos foram identificados como Ivanildo dos Santos Lima, 27; Lucielmo Gomes dos Santos (Ciel), 36; Witalo Rosevelt da Silva Cavalcante, 27; José Cláudio de Lima (Cal), 22; Paulo Emerson Brandão de Lima (Nem), 20; Deivisson Daniel dos Santos Gama, 24; Juciano Vieira da Silva, 36; Patrick do Nascimento (Bodão), 34; Claudionor Neres, 26; Rogério Raimundo de Queiroz (Ro), 46; José Erivaldo Rodrigues Pimentel, 28; William Neves Bezerra, 38; Cicero Vieira da Silva, 52; Antônio Carlos Monteiro de oliveira (Carlinhos Coco), 45; e Bartolomeu Batista da Silva (Índio), 51.
Entre eles estão acusados de homicídios, roubos e tráfico de drogas. Com os mesmos foram apreendidas armas de fogo, munições e 10 kg de maconha. Todos foram levados para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada na cidade.
O homem que morreu em confronto com a polícia foi identificado como José Antônio da Silva, conhecido como “Tonho da Boca”, 29, morador do bairro Ponto Chique. No início da noite de ontem (25), ele teria atirado nos policiais que revidaram e o acertaram. O mesmo ainda chegou a ser levado para um hospital da cidade, onde terminou morrendo.
Na residência em que estava no momento da troca de tiros, foram apreendidos dois tabletes de maconha, um revólver calibre 38, com cinco munições, sendo três intactas e duas deflagradas; nove munições de espingarda calibre 12 e uma quantia em dinheiro cujo valor não foi divulgado.
Segundo informações policiais, Antônio era apontado como chefe do tráfico de drogas no município, além de ser acusado de um atentado a bala contra dois irmãos, onde um morreu.
A ação foi coordenada pelos delegados Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da 1ª-DRP, e Ana Luiza Nogueira, diretora de Polícia Judiciária da Área 1 (DPJA-1), além do tenente-coronel Joaz Fontes, comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar.
Ao todo, 90 policiais participaram dos trabalhos, entre eles agentes civis das delegacias regionais de Delmiro Gouveia, Santana do Ipanema e Batalha, do Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (Tigre) e Operação Asfixia, além de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), militares do 9º-BPM e da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes).
Os mandados de prisão, busca e apreensão foram expedidos pelo juiz Jairo Xavier, da Comarca do município.
A operação desencadeada com o objetivo de fortalecer o combate à criminalidade na região foi acompanhada pelo secretário de Defesa Social e Ressocialização, Alfredo Gaspar, pelo delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, e pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Lima Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário