PREFEITURA DE INHAPI

segunda-feira, 11 de julho de 2016

TV Globo exibe reportagem sobre acusações contra o desembargador Washington Luiz

Seis processos foram abertos contra o magistrado no Conselho Nacional de Justiça (CNJ); um deles é sobre o suposto envolvimento em assassinatos

Diego Barros
O programa Fantástico, da TV Globo, exibiu na noite deste domingo (10) uma reportagem especial sobre os processos abertos no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para investigar o presidente afastado do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas.

De acordo com a reportagem, o magistrado, que foi afastado do TJ/AL no dia 28 de junho, após uma decisão do CNJ, responde a seis processos, sendo que um deles é sobre o suposto envolvimento em três assassinatos. A reportagem revela ainda que o desembargador tentou articular com autoridades para impedir que esses processos fossem a julgamento.

Em outro trecho, o Fantástico exibiu uma parte do depoimento da ministra Nancy Andrighi, do CNJ, quando ela diz que o desembargador alagoano é a “autoridade mais demandada neste órgão por supostas infrações disciplinares”.

A reportagem exibiu o depoimento do juiz Marcelo Tadeu que, segundo as investigações da Polícia Federal (PF), seria a vítima de um assassinato encomendado, supostamente, pelo desembargador. Porém, na ocasião, um advogado teria sido morto por engano, segundo informação de um delegado da PF, que também concedeu entrevista ao Fantástico.

Ao programa da TV Globo, o desembargador negou as acusações. “Eu sou tão pequeno. Eu sou presidente de um tribunal talvez do menor estado. Eu sou um homem de paz, eu sou um homem temente a Deus”, afirmou Washington Luiz ao Fantástico.

Fonte: Correio noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário