PREFEITURA DE INHAPI

domingo, 3 de setembro de 2017

Confira os nomes dos alagoanos feridos no acidente em Minas Gerais

Acidente ônibus BR-146 em Serra do Salitre (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação ) As informações sobre o estado de saúde e identificação dos alagoanos feridos no acidente com um ônibus clandestino na BR-146, próximo a Serra do Salitre, em Minas Gerais, ainda são confusas e escassas. Os hospitais que receberam os feridos ainda não divulgaram oficialmente os nomes das vítimas e informações sobre a gravidade dos ferimentos.
Acidente na BR-146 em Minas Gerais tem 11 mortos e mais de 40 pessoas feridas, muitas em estado grave
Contudo, dados extraoficiais dão conta que pelo menos 20 pessoas deram entrada no Hospital Santa Casa de Patrocínio precisando de atendimento médico, outras sete no Hospital Regional Antônio Dias de Patos de Minas e oito no  Hospital Medcenter, em Patrocínio. Além disso, há o registro de seis mortes devido ao grave acidente.
Conforme as informações recebidas extraoficialmente pela imprensa, no Hospital Regional Antônio Dias, os pacientes internados são: Camila Oliveira da Silva, de 27 anos, Mokeu Rare, 33, Ivonete Maria Cabral de Souza, 43, A.A.B.A, 13 anos, M.A.X.F, 14, Tamires Rafaela dos Santos, 26, Cristiane Maria da Silva, 18 anos.
No Hospital MedCenter, também em Patrocínio, há registro de entrada de Ester Laine, Josivaldo, Beneval Antônio da Silva, Maria Aparecida, Rafaela Angélica, Camila Oliveira da Silva, Ivonete, Mario Cabral de Souza e Danilo Rodrigues Alves.
Já no Hospital Santa Casa em Patrocínio, os feridos foram identificados como Aliberto Marques da Silva, Aline Cristina de Souza Silva, Denise Correia de Lima, Digina Gonzaga dos Santos, Eduardo Cristiano, Edvaldo Davi dos Santos, Gabriel Davi dos Santos, Gabrielli Vitoria da Silva Santos, Jhonny Pereira dos Santos, José Assunção dos Santos, Jose Mateus Silva dos Santos, Jose Wagner da Silva, Kely Macaely, Kirleyne, Sheila Marques da Silva Santos, Taline dos Santos, Tania Bernardes dos Santos, Uiliane dos Santos Bezerra. Além de Fabio Silva Macedo e sua esposa, Aparecida dos Santos, ambos de São Miguel dos Campos.
Em conversa com a imprensa local, Fábio Silva, um dos sobreviventes, contou que o condutor do ônibus seguia em alta velocidade alegando que havia um veículo seguindo o coletivo com o intuito de roubar. Porém, ao chegar na curva acima de Catiara, o motorista perdeu o controle do ônibus, que tombou e caiu dentro de uma vala.
“A gente avisou que estava com a velocidade alta e pedimos para diminuir. Quando a gente pensou já tinha sobrado na curva. Muita gente presa às ferragens e o motorista que tava dirigindo morreu na hora. O outro motorista tava dormindo na hora do acidente. Eu tive um corte no rosto e minha esposa na cabeça, mas graça a Deus está viva. Ajudei a tirar as crianças do ônibus e a mãe de uma delas ainda não foi encontrada”, contou Fábio Silva.
O sobrevivente informou ainda que na quarta-feira, 31, o primeiro ônibus, que saiu de Alagoas, quebrou em Feira de Santana, Bahia, e foi substituído pelo veículo do acidente. “O ônibus quebrou em Feira de Santana e só saímos de lá em outro 10 horas da noite. Paramos no posto para almoçar e depois seguimos viagem” disse.
Fábio Silva completou dizendo que 52 pessoas estavam no ônibus e eram oriundas de diversas cidades alagoanas. Entre elas, Coruripe, Pilar e Arapiraca. Os ocupantes do coletivo estão indo a São Paulo para trabalhar.
Mortes
Até o momento, há a informação de seis mortes em decorrência do acidente. Destes, três corpos deram entrada do IML de Patrocínio. São eles: Afrânio Farias Lopes, 41 anos, o motorista Tcharlyson Deyvid Roseno dos Santos, 26 anos, e de um homem identificado apenas como Oziel.
Doações
A Santa Casa de Patrocínio está realizando uma campanha com o intuito de arrecadar doações de roupas, sapatos, fraldas descartáveis e produtos de higiene, que serão destinados às vítimas do acidente. Em apenas uma manhã, as doações lotaram o hospital que anunciou que os materiais recebidos serão destinados às vítimas do acidente e também a outras pessoas que precisem.
“Uma ótima notícia! Em uma manhã, tanto a Santa Casa, quanto o Pronto Socorro Municipal e o Abrigo Municipal receberam muitas doações entre Roupas, sapatos, produtos de higiene e alimentos. Tanto que está difícil até mesmo de estocar. Solicitamos a todos que , por enquanto, aguardem para verificarmos o que foi doado e o que ainda necessita, logo postaremos mais informações! Tudo será distribuído e utilizado! Não apenas pelas vítimas do acidente, mas também pelas pessoas carentes que internam todos os dias e não possuem estas coisas e pelos outros moradores do abrigo! Á solidariedade foi tanta, que agora, não serão apenas as 46 pessoas que estavam no ônibus que receberão ajuda, mas tantas outras que precisam! Que Deus abençoe cada um que doou! Agradecemos, também, todos os voluntários: pessoas, Instituições sociais e religiosas, médicos, funcionários, estagiários dos cursos de saúde! A ajuda de todos foi muito válida!(sic)”, disse o hospital nas redes sociais.
Fonte Alagoas 24 horas Priscylla Régia com Alagoas Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário