PREFEITURA DE INHAPI

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Idoso é assassinado por genro ao tentar proteger filha em Água Branca.

Créditos: Radar89
Por: Jota Silva/Minuto Sertão
O idoso José Manoel de Araújo, 62, foi assassinado com um disparo de arma de fogo, na noite desta quarta-feira (18), por volta das 20h, na Rua Cícero Torres, no bairro Morro do Licor, em Água Branca. O crime teria sido praticado pelo genro da vítima que foi identificado apenas como “Bulhão”.
José Manoel teria sido morto ao tentar proteger a filha que estava na casa dele desde a última terça-feira (17), dia em que resolveu se separar do acusado, após ser agredida fisicamente por ele. Segundo testemunhas, ao ver o genro armado, o idoso tentou fechar a porta da residência, mas durante a ação terminou sendo atingido com um tiro no peito que o matou na hora.
O assassino teria fugido a pé, antes da chegada de uma guarnição do Grupamento de Polícia Militar (GPM) que foi acionada por populares para os primeiros levantamentos. Foram realizadas várias diligências para tentar prender o criminoso, mas o mesmo não foi localizado.
Conforme o cabo Gonçalves, o acusado é apontado como autor de outros dois homicídios, inclusive já tinha ficado preso por cerca de 4 anos pela prática de um dos crimes. O criminoso também seria responsável por uma tentativa de homicídio e estaria ameaçando de morte um guarda municipal que havia ajudado a prendê-lo durante uma operação.
O corpo do idoso foi levado para o necrotério do hospital da cidade, de onde foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.
O caso vai ser investigado pela Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada em Delmiro Gouveia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário