PREFEITURA DE INHAPI

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Integrantes do grupo oposicionista lançam mentiras nas redes sociais sobre distribuição de frutas realizada por prefeitura

Resultado de imagem para abacaxi e laranja
Alguns integrantes do principal grupo de oposição ao prefeito Zé Cícero, vem lançando mentiras nas redes sociais com relação à distribuição de frutas realizada pela prefeitura, o objetivo principal é tentar jogar o povo mais carente contra o atual gestor, já que o mesmo segue ganhando apoio para o pleito eleitoral. Segundo informações, os mesmos afirmam que as entregas só estão acontecendo devido ao período eleitoral, o que é mentira, já que a distribuição acontece desde o ano de 2014.

A difamação acontece também com relação aos tipos de frutas, tarjando de esmolas, e desmerecendo a população de baixa renda que é beneficiada. O Programa é um incentivo a agricultura familiar através do cultivo de laranjas, bananas da terra, mandioca, coco verde e abacaxi. A entrega é realizada aos usuários beneficiados que atendem os critérios de vulnerabilidade, e participam das ações desenvolvidas e que também são beneficiárias do Programa Bolsa Família.

Ação modelo que é desenvolvida por centenas de prefeituras por todo Brasil, no município a Prefeitura Municipal de Inhapi em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB, juntamente com produtores do Estado de Alagoas, que vem realizando o Programa de Aquisição de Alimentos - PAA na modalidade Compra com Doação Simultânea tendo como responsável a Secretaria Municipal de Assistência Social, representada pelo Centro de Referência da Assistência Social- CRAS.

Segundo dados, só no município de Inhapi já foram distribuídas para as famílias mais carentes beneficiarias do programa Bolsa Família: 42.112 Kg de Laranja Lima, 38.979 Kg de Abacaxi, 12.000 Kg de Banana da Terra; 7.000 Kg Banana Pacovan, 5.000 Kg de mandioca e 5.000 Kg de Coco Verde.

"Engraçado que eles falam que o candidato deles é o candidato da pobreza, mas menosprezam aqueles que precisam de qualquer ajuda, para uma mãe que mora na caatinga, ter uma fruta como um abacaxi, que eles tanto tarjam como esmola, para dar a um filho simboliza muito, na semana santa foi distribuído toneladas de peixes, aos agricultores com o seguro safra foi injetado na zona rural mais de um milhão de reais, com o pleito eleitoral eles partem para o desespero".

Nenhum comentário:

Postar um comentário