sábado, 18 de abril de 2020

A PREFEITURA RESPONDE:

Em primeiro lugar, nada temos contra o Site Central do Sertão, mas contra a forma e a leviandade com que são expostas as matérias, especialmente as que são visivelmente contra a Prefeitura. 

A Prefeitura de Mata Grande recebe por meio do PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar – o valor de R$ 32.000,00 para aquisição de alimentos e mais R$ 10.000,00 para compras diretas aos pequenos produtores rurais, e o repasse/dia de R$ 0,36 por aluno do Ensino Fundamental, R$ 1,07 por aluno da Creche, R$ 0,53 por aluno do Pré-Escolar e R$ 0,53 por aluno da Educação Especial. Todos estes alunos são alimentados duas vezes ao dia. Como seria a situação se não houvesse a contrapartida do município para garantir a oferta de merenda de qualidade? 

Em resumo, o que a Prefeitura recebe de repasses do PNAE está assim distribuído em Abril/2020: 

R$ 23.263,20 – Alimentação Ensino Fundamental
R$   5.427,20 – Alimentação Pré-Escola
R$   5.457,00 – Alimentação Creche
R$ 11.001,60 – Alimentação EJA – recurso que não entrará na distribuição dos kits por já ter concluído o módulo. 

Seria muito mais simples se os redatores do site tivessem procurado a Secretaria de Educação para constatar o que é óbvio: o montante de R$ 42.000,00 daria para compor uma cesta básica no valor de R$ 8,00, levando-se em conta os 4.017 estudantes que, de acordo com a Resolução 2, de 09/04/2020, têm direito a este suporte nutricional durante a suspensão das aulas em função da pandemia de coronavírus. A Prefeitura em nenhum momento se recusou a doar os kits nutricionais. Pelo contrário, ofereceu uma contrapartida próxima de R$ 200.000,00 para que os kits fossem compostos. Desta forma, temos sim, enquanto Governo Municipal, o direito de dizer que, parceiros que somos do Governo Federal, através do Ministério da Educação, seguimos fazendo a nossa parte complementando a verba para que os nossos estudantes recebam um kit nutricional que alimente suas famílias de maneira digna. O que há de errado nisso?

Caros redatores, a equação é simples e objetiva: temos Departamento Jurídico e uma Secretaria de Educação atenta às necessidades de seus alunos, com o aval imprescindível do Prefeito Erivaldo Mandu. É só vocês nos procurarem em caso de dúvida. Nossa equipe, inclusive a Assessoria de Comunicação, está pronta para atender e esclarecer não somente neste, mas em qualquer outro assunto que diga respeito à administração municipal e ao uso do dinheiro público.

Estamos sim complementando, com recursos próprios, as 4.017 Cestas Nutricionais que irão ser entregues aos alunos da rede municipal. Nada temos a esconder, porque trabalhamos colocando o povo de nossa Mata Grande em primeiro lugar e, até que passe este momento de isolamento social, estaremos atentos a todas as necessidades de nossa gente. 
Aquiles Mandu, como usuário das redes sociais particulares, tem o direito de expor suas opiniões, mesmo que isto possa contrariar a alguns. Vivemos em um país democrático e é para isto que existe o livre arbítrio.
Por: Ascom