sexta-feira, 17 de abril de 2020

Filho do prefeito de Mata Grande mente em rede social e ataca site por divulgar a verdade sobre kits da merenda escolar.

Aquiles Mandu afirmou que o Governo Federal apenas liberou a doação do que tinha no estoque da secretaria Educação, o que é mentira, haja vista a aprovacao da Lei Federal n° 13.987/2020 que garantiu a liberação de R$: 45 mil reais para compra da merenda pelo município mesmo com as aulas paralisadas.

Por: Redação
Créditos: Reprodução/Internet 


Já virou rotina nas redes sociais os ataques difamatorios e caluniosos do filho do prefeito do município de Mata Grande Aquiles Mandu sempre que a gestão do seu pai Erivaldo Mandu é alvo de qualquer matéria nos sites locais, em especial do site Central do Sertão. A última pérola do rapaz, conhecido na cidade por viver batendo boca com os municípes que criticam a gestão do seu pai nas redes sociais, Aquiles Mandu voltou a atacar o site Central do Sertão e sua equipe após a divulgação de uma matéria enxuta do site, onde simplesmente foi noticiado que a Prefeitura de Mata Grande estaria omitindo a informação de que o Projeto que autoriza a distribuição de kits de merenda escolar para os alunos da rede pública municipal de ensino é do Governo Federal e não da Prefeitura conforme  divulgado pela equipe de comunicação da mesma. Aquiles Mandu inclusive chegou a afirmar que não existia projeto do Governo Federal neste sentido de entrega dos kits merenda, mas sim a liberação de doação das sobras do que havia em estoque na secretaria, mentira! Conforme pode ser comprovada no print em anexo a essa matéria da Lei Federal 13.987/2020 sancionada pelo Presidente Jair Bolsonaro no dia 07 de Abril do corrente ano (2020) onde expressa claramente a finalidade da lei de autorizar em caráter excepcional durante o período suspensão das aulas em razão de situação de emergência ou calamidade pública a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) aos pais ou responsáveis dos estudantes das Escolas Públicas da Educação Básica, ou seja, o texto é claro no sentido da distribuição dos gêneros alimentícios adquiridos com recursos do PNAE que inclui não só o que está em estoque com a paralisação das aulas, como dos R$: 45 mil reais recebidos do programa pela prefeitura de Mata Grande no início de Abril de um total de R$: 135 mil reais repassados pelo Governo Federal este ano e não apenas R$: 32 mil reais  como afirmou o filho do prefeito em sua postagem difamatória e caluniosa contra o site.



O ódio do filho do Perfeito Erivaldo Mandu contra o site Central do Sertão e sua equipe é tão grande que no dia 09 de Abril o "rapaz" chegou a afirmar caluniosamente que os membros do site estariam agindo de acordo com os mandados de políticos, os difamando como péssimos profissionais que segundo ele, não pensam e nem raciocinam o porque das medidas, apenas criticam, afinal estariam ganhando pra isso. E acreditem se quiser, toda essa carga de ódio contra a equipe do site Central do Sertão foi motivada pela divulgação de um vídeo de um pescador convidando o prefeito Erivaldo Mandu para comer o peixe da Semana Santa que havia pescado e que a prefeitura não distribuiu para a população.




Vale destacar que pela quantidade de kits merenda anunciado pela prefeitura (4.000) de fato os R$: 45 mil reais repassados pelo Governo Federal este mês de Abril  ao município, seria insuficiente para aquisição da quantidade anunciada pela prefeitura, contudo, o que  o filho do prefeito não disse foi que os recursos complementares que serão utilizados para compra dos kits, também são oriundos de verbas federais, haja vista que a arrecadação própria de Mata Grande, que é o imposto municipal cobrado diretamente do cidadão matagrandense, possui valor irrisório, além do que, sua finalidade de investimento é outra.