PREFEITURA DE INHAPI

terça-feira, 22 de julho de 2014

Vereador rebate acusações e afirma que está sendo vítima de chantagens


Empresário acusou chefe do Legislativo de Mata Grande de estelionato, formação de quadrilha e apropriação indébita



Divulgação/Facebook
Júlio Brandão
Crédito: Divulgação/Facebook
Após ser acusado de estelionato, formação de quadrilha e apropriação indébita, O vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Mata Grande, Júlio Brandão, afirma que está sendo vítima de um verdadeiro jogo político para prejudicar sua imagem política, alega também que está sendo coagido.  


O parlamentar alega que nunca existiu dividas que estão sendo cobradas no período eleitoral deste ano. “Pense se tem lógica. Ele [Kleber Malaquias] cobra algo de 2010, por que não cobrou antes, se é que existia o débito. Está mais do que provado que tudo é uma farsa e jogo político”, se defendeu.


Ainda de acordo com Júlio Brandão, a assessoria jurídica já iniciou processos na justiça de calúnia e difamação para que suposto empresário prove de onde existiu o débito cobrado. “Sou um homem de bem e integro na sociedade. Ele sim é estelionatário, quer me prejudicar chantageando pelo fato que sou político. Estou resolvendo a questão na justiça e vou provar a sociedade que estou sendo vítima de uma armação”, finalizou Júlio Brandão.
Por Cada Minuto com acessória

Nenhum comentário:

Postar um comentário