PREFEITURA DE INHAPI

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Operação deixa um morto e prende suspeitos de estuprar vítimas

Uma operação integrada do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e da Secretaria de Segurança Pública, com as  polícias Militar e Civil, resultou em uma morte e prendeu suspeitos de estuprar vítimas após assaltos nesta terça-feira.
As prisões aconteceram na zona rural do município de Lagoa da Canoa, em cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça.
Foram presos Paulo Alberto Ferreira do Nascimento, de 20 anos, conhecido como “Riquinho”, e um suspeito conhecido por Max. Os dois são acusados de roubo e, em muitas situações, de estuprar suas vítimas. Outro alvo, identificado apenas como Cristiano, irmão de “Riquinho”, atirou nas guarnições, foi atingido e não resistiu.
Com Riquinho e Max foram apreendidos dois revólveres calibre 32,  munições de calibre 7,62, duas munições de calibre 32 e uma quantidade de maconha.
Segundo a polícia  , os trés eram ex- presidiário e dominavam um onda de assaltos e tráfico de drogas nas proximidades de Lagoa da Canoa e Arapiraca . Os relatos policiais afirmam que eles costumavam aterrorizar a população e aproveitavam as paradas em uma lombada de acesso a Lagoa da Canoa para derrubar as vítimas e tomarem os veículos.
Participaram da operação equipes do Bope, da Radiopatrulha, do Tigre, do 3º Batalhão e da Delegacia Regional de Arapiraca com Apoio do Grupamento Aéreo, do Ministério Público Estadual e da Secretaria de Segurança Pública.

http://www.sertao24horas.com.br/website/index.php
*Com SSP/AL

Nenhum comentário:

Postar um comentário