PREFEITURA DE INHAPI

sexta-feira, 3 de junho de 2016

A farra da propaganda eleitoral antecipada sobre a inércia da lei eleitoral.

Comícios, carreatas, gasolina grátis e até mesmo dinheiro estaria sendo distribuído em eventos políticos no município de Inhapi.

Por: Redação
A velha política do "Pão e Circo" nunca esteve tão em alta como nesse período pré-eleitoral em Inhapi no Alto Sertão Alagoano. Comícios, carreatas, gasolina grátis e até mesmo dinheiro estaria sendo distribuído em eventos políticos por todo o município as margens da lei eleitoral, é o que revelam várias denúncias anônimas recebidas pela redação deste blog.

Apesar da gravidade das denúncias, essa politicagem suja que faz do povo mercadoria só tende a aumentar, uma vez que a compra de votos é regra no sertão, ganha quem gasta mais e não quem tem serviço prestado ou ficha limpa.

E o resultado de tudo isso, é mais 04 anos de atraso, humilhação e abandono, afinal a política deixa de ser assumida por quem deveria servir dando lugar aquele que dela se servirá.

2 comentários:

  1. mas o povo nao se vende mais nao ira trocar uma adm de excelencia por migalhas. sou um dos guardas que aguardam a nomeaçao e sabendo de sua honestidade e transparência com que o sr conduz sua gestao isto ira acontecer o mais breve obrigado por ser um politico honesto e homem honrado que cumpre os compromissos fimados parabens exl sr prefeito

    ResponderExcluir
  2. Tenho dó do meu povo de Inhapi. É obrigado a escolher entre o ruim e o pior. Como foi dito aí em cima,será mais 4 anos de atraso. Quem fala bem do atual prefeito acha bonito ver a lama correndo pelas ruas,as praças quebradas,população que fica até 6 meses sem água,artistas de peso contratados a peso de ouro enquanto munícipes não tem o que comer,prefeito que até 4 anos atrás era pobre e hoje é rico...Acham que quando o prefeito inaugura uma obra está fazendo um favor a população...Nem preciso falar da família de ratos que há 50 anos dominam essa região e trazem agora os coroneizinhos da capital para os substituir. Pobre povo de Inhapi.

    ResponderExcluir