PREFEITURA DE INHAPI

sábado, 25 de junho de 2016

Quem já se viu prefeito fazer gestão longe da cidade que administra?, dispara Zé Hermes

Questionamento do ex-prefeito de Canapi, proferido durante um evento político na zona rural, causou estranheza entre a população, que lembra muito bem que, durante sua gestão, Canapi também era administrada de Maceió

Por Marcio Martins 
Depois de ser chamado de "ladrão" pelo prefeito Celso Luiz e de publicar um vídeo de quase 4 minutos em sua página no Facebook afirmando que o atual gestor, apelidado por ele de Prefeito Copa do Mundo, estaria com amnésia, pois sabia muito bem que não houve desvio nenhum de recursos da merenda escolar em seu governo, Zé Hermes declarou, durante um evento no povoado Furquilha, na zona rural de Canapi, o seguinte: “Quem já se viu prefeito fazer gestão longe da cidade que administra?”

Quando era prefeito, Zé Hermes chegou a ser preso pela Polícia Federal no que ele classificou de “maldita operação”, fazendo referência à Operação Gabiru, desencadeada em 2005 durante a investigação de um suposto esquema de desvio de recursos da Educação, destinados à aquisição de merenda escolar em Canapi e vários outros municípios do interior do estado. Após a operação, ele ficou preso por quase 60 dias, vindo a ser condenado 7 anos depois a 12 anos de prisão pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 5º região, em Recife (PE).

“O senhor sabe muito bem que não houve desvios de merenda, não houve desvios de recursos, até porque no meu governo, no período desta maldita operação, eu não estava recebendo recursos nenhum, não estava recebendo porque a sua mãe, que era gestora anterior, não havia prestado contas ainda e, por isso, o município estava suspenso com relação ao recurso”, disse Zé Hermes, referindo-se a Celso Luiz.

E continuou: “O senhor deveria ter dito neste mesmo dia que o senhor me chamou de ladrão que sua mãe está sendo processada em duas ações, uma ação criminal e uma ação de improbidade administrativa na Justiça Federal por esses mesmos ditos desvios que o senhor anda falando aí que houve, que na realidade não houve desvio nenhum, nem no meu governo, nem no governo da sua mãe. Agora, o senhor vir tapar o sol com a peneira, isso não é justo”, afirmou Zé Hermes.

Na sequência do vídeo, que você pode conferir clicando aqui, Zé Hermes segue respondendo a comparações entre a gestão dele, a de Celso Luiz e a da mãe de Celso, que também já foi prefeita de Canapi.

Mas não parou por ai, em outro vídeo postado dias depois, novamente em sua página no Facebook, Zé Hermes, durante um evento político no povoado Furquilha, questiona o prefeito Celso Luiz sobre como é possível um prefeito fazer gestão de uma cidade longe da dele e ainda procurando três, quatro municípios para fazer política, esquecendo o seu. E disse mais: “Canapi está esquecido há três anos, mas hoje andam por aí de casa em casa os bonecos/fantoches mensageiros do prefeito oferecendo emprego, dando semente... dando o que se pede e prometendo”, discursou.

E foi esse rápido discurso que trouxe à tona um passado não tão distante, pondo abaixo a credibilidade do ex-prefeito na hora de criticar de onde o atual prefeito governa ou deixa de governar o município, não que seu questionamento esteja equivocado, até porque não está, haja visto que o prefeito é eleito para ser um empregado do povo e não um “Rei”, tendo este, por obrigação, prestar expediente na prefeitura, ou seja, atender o povo em suas reivindicações quando estas forem compatíveis com seus direitos, e o controle de uma boa administração, porém, a incoerência na fala do ex-prefeito causou estranheza entre a população, que lembra muito bem que, na gestão de Zé Hermes, Canapi também era administrada de Maceió.

Nenhum comentário:

Postar um comentário