PREFEITURA DE INHAPI

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Prefeitura de Mata Grande move ação judicial contra Fernando Lou cobrando R$ 350 mil

Ex-prefeito não teria prestado contas do valor proveniente de recurso federal recebido pelo município em 2008

A prefeitura de Mata Grande ingressou na Justiça, nesta quarta-feira (22), com uma ação de ressarcimento contra o ex-prefeito Fernando José de Araújo Lou, cobrando dele mais de R$ 350 mil.
Conforme o processo que tramita na comarca local, Fernando Lou não prestou contas e nem deixou nenhum documento sobre o valor de R$ 166.460,00 que o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, por meio do Fundo Nacional de Assistência (FNAS), repassou para o município em 2008 para execução dos Serviços de Proteção Social Básica e Proteção Social Especial.

Ainda de acordo com a ação movida pelo município, o ex-prefeito foi devidamente notificado, mas, ainda assim, não prestou contas do que fez com a verba federal, não a devolveu aos cofres públicos e nem deixou qualquer documento arquivado na prefeitura referente aos referidos valores.

O valor cobrado pelo município a Fernando Lou é de R$ 350.223,13, que se trata dos R$ 166.460,00 com correção monetária. A ação pede que o ex-prefeito seja obrigado a devolver o valor corrigido à prefeitura.

O processo gerou um mal-estar no governo, porque Lou estaria fazendo parte do grupo político do atual prefeito Jacob Brandão, de quem teria apoio para laçar o filho Franklin Lou como vice na chapa do candidato indicado para sucedê-lo.

A reportagem tentou contato com o ex-prefeito Fernando Lou, mas não obteve êxito. 

Fonte: correionoticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário