quinta-feira, 9 de julho de 2020

Câmara de Vereadores de Piranhas recebe denúncia de improbidade administrativa que pode levar a cassação da prefeita Maristela.

Representação foi feita por um comerciante da cidade e lida pelo próprio denunciante na tribuna da casa legislativa.


Por: Redação
Crédito: CMP

A Câmara Municipal de Vereadores de Piranhas irá analisar uma representação pedindo a cassação do mandato da  prefeita Maristela Sena Dias feita por um comerciante do município, identificado por Rafael Afonso Paulino Freire, que acusa a prefeita de uma série de atos de improbidade administrativa.

A denúncia será analisada pelos vereadores do município que poderá abrir um processo de impechtmam contra a prefeita se comprovada as afirmações feitas pelo comerciante.

Vale ressaltar, que além de ter protocolado o documento em que acusa a prefeita de improbidade administrativa e pede sua cassação, o denunciante Rafael Afonso Paulino Freire, também fez uso da Tribuna da Câmara para fazer a leitura do documento e reforçar o pedido de dirigindo aos vereadores e a sociedade piranhense.

Nossa equipe de redação tentou entrar em contato com a assessoria da prefeitura para comentar a representação do cidadão, mas o telefone estava desligado ou fora da área de cobertura.