quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Exclusivo: Polícia realiza operação em Canapi; idoso troca tiros com policiais.

Durante o tiroteio um Agente da Polícia Civil foi atingido no colete.

Por: Ítallo Timóteo/Radar89
Créditos: Radar89

Uma mega-operação realizada pelas Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal resultou na prisão de nove pessoas na manhã desta quarta-feira (12), no município de Canapi. Os presos são acusados de formação de quadrilha. Segundo a polícia eles atuavam em roubos em rodovias, assaltos a instituições financeiras e outros crimes, durante a ação houve uma troca de tiros e um Policial Civil por pouco não ficou ferido, a bala ficou alojada no colete balístico.

A operação iniciou-se por volta das 5h, às residências dos criminosos foram cercadas pelos policiais. Numa dessas ao arrombar a porta de acesso ao imóvel, o chefe de operações da delegacia distrital de Mata Grande, o Agente de Polícia Civil, Perícles, foi surpreendido com um disparo que atingiu o seu colete balístico, com o impacto, o policial caiu no solo, houve uma intensa troca de tiros e um idoso acabou sendo preso.

O ancião que efetuou o disparo no policial contou que achava que a residência estava sendo invadida por criminosos e acabou dando um tiro que por pouco não tirou a vida do agente de polícia. O idoso chegou a ser atingido de raspão na cabeça com munições disparadas pelos policiais, o chapéu que ele usava ficou perfurado de balas.

Ainda na operação a polícia aprendeu diversas espingardas do tipo calibre 12 que seriam utilizadas pela quadrilha em roubos na BR-423, assaltos a instituições financeiras e em roubos a estabelecimentos comerciais.

Os presos e o material apreendido foram conduzidos para Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia.
  
A ação foi coordenada pelos delegados Rodrigo Rocha Cavalcanti (delegado regional), Ana Luiza Nogueira (Diretora do DPJ-1) e o Tenente-coronel Joáz Fontes (comandante do 9º-BPM), os mandados foram expedidos pelo Juiz Jairo Xavier da comarca local.

Participaram da operação: Militares da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga); Pelotão de Operações Especiais (PELOPES); Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Inhapi, Água Branca, Pariconha, Mata Grande e Canapi; Núcleo de Operações Especiais (NOE) da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e Policiais Civis das delegacias de Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca, Inhapi, Canapi e Mata Grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário