sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Homem sai de porta-malas do carro, mata passageiro do veículo e comete suicidio

Ex-mulher do autor dos disparos dirigia o automóvel

Um homem assassinou outro a tiros e se matou, na manhã desta sexta-feira (25), dentro de um carro, em Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, o autor dos disparos saiu do porta-malas do veículo, que era dirigido pela ex-mulher, e praticou o crime.

O homicídio seguido de suicídio ocorreu por volta das 7h, nas proximidades de um posto de gasolina localizado na Avenida Bernardo Vieira de Melo, uma das principais da cidade.

A investigação aponta que o frentista Luciano Gomes, 44 anos, saiu da mala do veículo, que ainda estava movimento, e atirou duas vezes na cabeça do corretor de imóveis Ramsés Alessandro Costa de Andrade, de 48 anos. Em seguida, ele se matou. O revólver calibre 38 estava com seis munições, sendo três deflagradas.

A mulher do autor dos disparos, identificada como Ana Paula Araújo Gomes, não teve ferimentos, segundo a polícia. De acordo com relatos de testemunhas, ela ainda conseguiu guiar o carro por dois quartierões e parou no posto de gasolina. Lá, saiu gritando, em desespero.

Os corpos ficaram dentro do automóvel, sendo um no banco do carona e o outro, na parte traseira. Perto do veículo, havia marcas de sangue.

O delegado Cláudio Neto, policia ais da Força-Tarefa de Homicídios Sul e peritos do Instituto de Criminalística (IC) foram para o local. A corporação não se pronunciou sobre a motivação dos crimes.

Segundo a polícia, Ana Paula e Luciano ficaram casados durante 23 anos e estavam separados há cerca de uma semana. O casal teve uma filha, que é menor de idade. De acordo com a polícia, Luciano e Ramsés se conheciam.

Luciano, informou corporação, chegou a pedir a Ramsés para conseguir um emprego para Ana Paula, na época em que eles estavam casados. Ana, então, passou a dirigir o carro para Ramsés. 

Durante toda a manhã, moradores da área acompanharam o trabalho de peritos e policiais. Um amigo de Luciano contou que ele era um homem tranquilo. "Nunca vi maldade nele", afirmou Luiz Henrique de Santana.

A polícia informou que no bolso de Luciano foram encontradas fotos da filha do casal e uma carta. No texto, ele pede desculpas e faz um pedido para a ex-mulher. "Cuide bem da nossa pequena", escreveu o autor dos disparos.


Gonte:  https://www.alagoasweb.com/alagoas-bem-informado