PREFEITURA DE INHAPI

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Gecoc e PM evitam assalto na capital; cinco pessoas morreram após troca de tiros

Foto: Gazetaweb
Foto: Gazetaweb
O Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público Estadual de Alagoas, em parceria com a Secretaria de Estado da Defesa Social (Seds), conseguiu evitar, durante operação realizada no início da tarde desta terça-feira (04), o assalto que seria praticado contra os proprietários de uma residência no bairro de Guaxuma, em Maceió. Minutos antes do crime ocorrer, a quadrilha foi interceptada e houve troca de tiros. O bando descobriu que os donos do imóvel guardavam R$ 200 mil dentro de um cofre e, de posse dessa informação, articulou a ação que culminaria com o roubo.
Durante cinco meses o Gecoc e o serviço de inteligência da Seds e da Polícia Militar investigaram a organização criminosa. O plano para assaltar a residência em Guaxuma foi articulado nesse mesmo tempo e, desde então, o MPE/AL e as polícias acompanhavam os passos dos bandidos.
Nessa segunda-feira (03), o bando planejou a prática do crime para o dia seguinte. O assalto, que contaria com a participação de sete pessoas, foi marcado para ocorrer por volta do meio-dia. Para tentar executá-lo, os criminosos estavam com dois veículos a postos, um Corsa Classic preto, placas MUZ-5746/Maceió-AL e uma moto CB 300, placa HJO-7466/Maceió-AL, de cor amarela. A polícia vai verificar se o carro e a motocicleta possuem queixa de furto ou roubo.
A abordagem
O crime arquitetado pelo bando não conseguiu ser executado. Ao se aproximarem da casa, localizada no bairro de Guaxuma, membros do Gecoc e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) já aguardavam os criminosos. Ao serem interceptados, eles atiraram contra os veículos onde estavam os policiais. Houve revide e os criminosos foram atingidos. Um casal que estava na moto não foi atingido e foi preso. Ele será encaminhado à Central de Flagrantes, no bairro do Farol.
Por MP/AL

Nenhum comentário:

Postar um comentário