quarta-feira, 4 de abril de 2018

Criminosos fecham rodovia com veículo em chamas e atacam carro forte em Inhapi

Ação criminosa aconteceu em trecho da BR-423, no povoado Leobino, zona rural do município

A ação rápida da Polícia Militar e a reação dos agentes de segurança da empresa de transporte de valores Brinks frustraram a ação de criminosos que tentaram roubar um carro-forte, na noite desta quarta-feira (4), em um trecho da BR-423, no povoado Leobino, em Inhapi.

Os bandidos esperaram o carro-forte passar por uma ponte, atravessaram um carro nela e atearam fogo no veículo para dificultar a ação da polícia. O grupo criminoso, que estaria em pelo menos uma caminhonete, iniciou uma perseguição ao veículo especial de transporte de valores.

“Eles começaram a atirar no carro-forte, que fugiu do local no sentido do povoado Carié, em Canapi”, relatou um policial, que estava passando pelo local no momento do ocorrido e presenciou a ação criminosa. Ele preferiu não ter o nome divulgado.

Em uma ação rápida, guarnições policiais da Rádio Patrulha, Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) e Força Tarefa, todos pertencentes ao 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Delmiro Gouveia, conseguiram retirar o carro em chamas que estava bloqueando a rodovia e localizaram o carro-forte.

“Quando a gente chegou, os bandidos já tinham fugido. Eles trocaram tiros com os seguranças do carro-forte e tentaram explodir o veículo, mas, talvez por saberem que a gente estava chegando, fugiram sem levar nada”, relatou o comandante do 9º-BPM, major Anaximandro Tenório.

Não há registro de feridos na troca de tiros entre os seguranças do carro-forte e os bandidos.

Outro caso
Criminosos encapuzados e fortemente armados explodiram outro carro-forte da transportadores de valores Brinks, na tarde do dia 5 do mês passado, também em um trecho da BR-423, no povoado Leobinno, em Inhapi.

O carro da empresa Brinks foi interceptado pelos bandidos, no momento em que reduziu a velocidade para passar em lombadas eletrônicas, no trevo da rodovia federal com a AL-140.
“Passaram em uma Hilux branca, com um cara encapuzado em cima da carroceria atirando, sentido Canapi. Houve muitos tiros”, relatou uma moradora, que presenciou a ação e preferiu não ter o nome divulgado.

O veículo especial de transporte de valores ficou destruído, com a explosão. Os criminosos fugiram levando uma quantia em dinheiro, cujo valor não foi divulgado. Várias cédulas ficaram espalhadas no entorno do carro-forte.

Guarnições do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Delmiro Gouveia, foram acionadas para dar reforço ao Grupamento de Polícia Militar (GPM) do município, que esteve no local.

Fonte correio Noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário