PREFEITURA DE INHAPI

quarta-feira, 15 de março de 2017

JESUS O NOSSO IRMÃO

Em todo o tempo ama o amigo e na angústia se faz o irmão.  Prov 17:17

Hoje, há uma festa religiosa que reúne multidões nas pirâmides do Tajin, no estado de Vera Cruz, México. A cidade arqueológica de Tajin foi descoberta em 1785. É uma cidade de pedra, bem conservada. No meio dela existe um campo de esporte e nos extremos das pirâmides, gravuras estranhas onde se observa a decapitação de um esportista. O sangue da vítima, molha a terra e a fecunda. O sangue daquele homem era considerado pela cultura  totonaka “líquido sagrado” e segundo a tradição, o homem que derramava seu sangue, passava a ser um intermediário entre Deus e a humanidade.

É interessante que de alguma forma estranha, a essência do evangelho estivera embutida na tradição daquele povo. Jesus um dia viu o ser humano na angústia, no desespero, na eterna condenação. Não havia saída para o drama humano. “O salário do pecado é a morte”, afirma a escritura. “Porquanto todos pecaram, estão destituídos da glória de Deus”. Rom 3:3 arremata. Você  e eu só tínhamos diante de nós sombras de culpa, pecado e morte. Não havia em nossa existência uma só fresta por onde entrasse um pouco de luz. Estávamos perdidos. Tínhamos chegado ao fim.

Foi então que apareceu no cenário da vida o nosso grande amigo. Aquele que na angústia, se fez nosso irmão. Tomou a nossa natureza. Tornou-se um de nós, nasceu como uma criança, viveu uma vida sem pecado apesar de ser tentado em tudo e, finalmente morreu a morte de um marginal, pregado na cruz do Calvário.

O seu sangue, derramado gota a gota, molhou não apenas a terra, mas a sua vida e a minha e com Seu sacrifício pagou o preço de nossa dívida, assumiu a nossa culpa, aceitou a nossa morte e nos entregou a Sua salvação.

Por isso, você não tem o direito de sentir-se só, triste e abandonado. Não tem mais o direito de sentir-se derrotado e condenado a uma vida de fracasso. A cruz do Calvário é o decreto de vitória, de liberdade e vida para você. Agora, Jesus não é apenas o seu amigo, e sim o seu irmão, capaz de compadecer-se do drama que você está vivendo.

Parta hoje para escalar as montanhas da vida sabendo que, “em todo tempo ama o amigo e na angústia, se faz o irmão.” Esse irmão é Jesus.

Alejandro Bullón

Nenhum comentário:

Postar um comentário