PREFEITURA DE INHAPI

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

LIVRES TERÇA, 13 DE DEZEMBRO DE 2016


Vós que amais o Senhor, detestai o mal; ele guarda a alma do seus santos, livra-os da mão dos ímpios.  Sal 97:10

Muita gente olha para este texto como uma ordem arbitrária de um Deus intransigente. A ordem é “detestai o mal.” Pior ainda,  ela vem acompanhada de uma aparente chantagem emocional: “vós que me amais.” As pessoas que olham para o verso deste prisma esquecem de ler as duas promessas que o texto trás: “guarda a alma dos seus santos e livra-os da mão dos ímpios.” Nenhum conselho divino é arbitrário. Suas ordens mostram o caminho  da felicidade.

De que maneira o ‘amar a Deus e afastar-se do mal,” guarda a alma de uma pessoa? O mundo inconsciente é misterioso. Há ocasiões quando o consciente é tomado pelo medo,  não consegue administrar uma situação dolorosa, e esconde-se; mas o inconsciente não tem para onde fugir. Ele encara as situações mais dolorosas e reage muitas vezes através de males físicos e emocionais. Portanto, uma pessoa que diz amar a Deus e não se afasta do mal, cedo ou tarde, vai ver no seu corpo ou nas suas emoções, as feridas que sua vida incoerente lhe produz.

Quando Deus aconselha aos que dizem andar nos seus caminhos, que detestem o mal, não está simplesmente dando uma ordem arbitrária, está preocupado com a felicidade deles.

A promessa é: “guarda a alma dos seus santos e livra-os da mão dos ímpios.” Que ímpios são esses? No evangelho de São Mateus está registrada a parábola do credor que foi perdoado mas não quis perdoar. A condenação para ele foi: “O Seu senhor o entregou aos verdugos”. Mat. 18:34. Aquele servo mau foi entregue aos seus verdugos porque não havia coerência  em sua vida. No texto de hoje, Deus promete aos coerentes, livrá-los da mão dos seus inimigos, verdugos ou fantasmas interiores que perturbam a alma daquele que diz amar a Deus e não se afasta do mal.

Hoje é um novo dia. Graças a Deus que, cada amanhecer trás uma nova oportunidade. Faça deste dia, com a ajuda de Deus, um dia de coerência e de vitória. Leve a sério o conselho divino para uma vida feliz: “Vós, que amais o Senhor, detestai o mal, ele guarda a alma dos seus santos, livra-os da mão dos ímpios.”

Alejandro Bullón
Enviado por Luciana Arantes Amaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário