segunda-feira, 15 de abril de 2019

Justiça determina o retorno de mais um vereador afastado em Mata Grande.


Decisão foi proferida pelo Presidente do Tribunal Desembargador Tutmés Airan nesta segunda-feira (15) em favor do vereador Dalvino Orlando.

Por: Redação
Crédito: Reprodução/TSE

A decisão do dia 28 de Março proferida pelo Presidente do TJ/AL Desembargador Tutmés Airan que resultou no retorno a Câmara de Vereadores de Mata Grande dos vereadores Zé Jorge e George Tenório a pedido da própria Câmara Municipal, a qual teve seu pedido parcialmente atendido já que pedia o retorno de 05 dos 06 vereadores afastados, abriu precedentes para que a defesa do vereador Dalvino Orlando, envolvido no mesmo processo dos dois vereadores anteriormente citados, ingressasse com um pedido de suspensão da liminar, a qual foi atendida nesta segunda-feira (15) também pelo presidente do TJ/AL, determinando inclusive o retorno imediato do vereador ao cargo para qual foi eleito em Outubro de 2016.

Com o retorno do vereador Dalvino Orlando, que deixa agora o cargo é o vereador Vavazinho, que por sinal entrou para história de Mata Grande como o vereador menos votado da história do município com apenas 24 votos.

Vale destacar também, que agora já são 03 do total de 06, os vereadores que retornam aos cargos, passando a Câmara Municipal de Mata Grande a reduzir o número de parlamentares pagos pela casa de 17 para 14, haja vista, que mesmo afastados os vereadores continuam a receber pelo cargo para qual 11 (onze) foram eleitos e tomaram posse no dia 1º de Janeiro de 2019.