sábado, 12 de setembro de 2015

Mãe é presa após discutir e atirar na filha por conta de um notbook em Olivença

Vítima foi baleada pela própria mãe após discutir por conta de um computador portátil
Uma mulher de 45 anos foi presa após atirar na própria filha depois das duas discutirem por conta de um Notbook (computador portátil). O caso aconteceu por volta das 12h desta sexta-feira (11) no Sitio João Paulo, Zona Rural de Olivença.

Segundo informações obtidas com a Polícia Militar, Maria Sonia de Lima Silva, 45 anos, havia tido uma discussão com a filha por conta de um Notbook. Durante a discussão, Maria Sonia usou uma arma de fogo artesanal (soca tempero) para atirar na filha.

O Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Olivença foi acionado para deter a Maria Sonia e acompanhar a sua filha, que ficou baleada, até o Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Melo (HRCM) em Santana do Ipanema. O estado de saúde da jovem não foi divulgado.

Maria Sonia foi apresentada na 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil (2ª DRP) de Santana do Ipanema e autuada em flagrante por tentativa de homicídio e permanece à disposição da Justiça.

Jean Souza, do Sertão na Hora
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário