Faça-nos uma visita!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Mais um servidor público aciona a justiça para garantir pelo menos 03 direitos negados pela atual gestão municipal de Canapi.


Cícero Daniel da Cruz Alencar ingressou com um processo contra a prefeitura pela ausência de pagamento de pelos menos 03 meses de abono família, recalculo sobre adicional de difícil acesso e adicional noturno.

Por: Marcio Martins/Central do Sertão
Créditos: Cortesia/Servidor

Pelo menos 20 requerimentos, todos ignorados pela atual gestão municipal de Canapi, este é o saldo de várias idas e vindas do servidor público Cícero Daniel da Cruz Alencar entre o SINDSCAN – Sindicato dos Servidores Públicos de Canapi e a Prefeitura Municipal. Em pauta pelo menos 03 direitos negados, como o abono família dos meses de Julho, Agosto e Setembro deste ano (2018) que não foi pago sem qualquer justificativa, o recalculo de difícil acesso que é de 25% sob o salário base vigente concedido ao servidor que reside na zona rural a mais de 15km do seu local de trabalho, beneficio esse, defasado devidos aos últimos reajustes salariais e o adicional noturno que a atual gestão municipal desde que assumiu nunca pagou único mês ao servidor, mesmo este trabalhando a noite em regime de plantão de 12hs na Escola Municipal Tancredo Neves na cidade.

Diante do exposto, humilhado em seus direitos para Daniel não restou outra alternativa senão acionar a Justiça para fazer valer seus direitos, ingressando com uma ação contra o município no Fórum da Comarca de Mata Grande que abrange Canapi e Inhapi, através do processo (nº 0700476-70.2018.8-02.0022).



Nenhum comentário:

Postar um comentário