sexta-feira, 5 de julho de 2019

Audiência Pública destinada a debater o endividamento dos agricultores de São José da Tapera é aprovada pela Câmara de Vereadores.


Requerimento teve como proponente o atuante vereador Cosme Guedes.

Por: Redação
Crédito: Reprodução

Fazer um levantamento dos valores das dívidas dos agricultores do município de São José da Tapera, visando solucionar eminente problema de endividamento em tempos de “seca”, bem como debater a crescente inadimplência decorrente que ameaça o fechamento de bancos públicos no município, dentre outros prejuízos para a população taperense. Essa foi à justificativa de mais um requerimento de sua autoria do Vereador Cosme Guedes protocolado na Câmara Municipal de Vereadores de São José da Tapera no último dia 26/06/2019 e consequentemente aprovado nesta quinta-feira (04/07) durante mais uma sessão ordinária da casa.

Objetivando seguir o exemplo dos municípios sertanejos de Inhapi, Maravilha e Poço das Trincheiras que assumiram o processo de liquidação das dividas dos seus agricultores junto aos bancos públicos, a presente audiência pública debaterá a concessão de créditos em anos de “seca” aos agropecuaristas do município de São José da Tapera e consequentemente o endividamento junto ao Banco do Brasil e Banco do Nordeste, que inclusive, ameaçam fechar as portas por conta da crescente inadimplência dos agricultores taperenses.

Para a realização da audiência, o texto propôs a expedição de convites para as seguintes autoridades e entidades locais: Prefeito Municipal; Entidades de classe com representação no município; Bancos públicos do Brasil e do Nordeste; Entidade jurídica de Assistência Técnica relacionada ao tema; Agropecuaristas em geral e Superintendente representante do Ministério da Agropecuária em Alagoas, para que juntos, possam encontrar soluções de apoio ao homem do campo e restaurar a capacidade de investimentos dos bancos públicos no município de São José da Tapera.