11/10/21

[MARCIO MARTINS SEM MEIAS PALAVRAS] Farras regadas a muita bebida e churrasco, tudo bancado com o dinheiro público: Conheça os "Xumbetas de Luxo" da política sertaneja.

Considerado o pai da Matemática, nem mesmo Pitágoras (570 a.c) seria capaz de explicar como servidores públicos comissionados cuja remunerações em folha de pagamento não ultrapassam R$: 02 mil reais/mês conseguem manter suas casas e famílias e todo final de semana fazer uso de suas redes sociais para postar sua vida de ostentação em farras regadas de muita bebida e churrasco? Exibição de Whisky dos mais caros, carnes de primeira, entre outras extravagâncias fazem parte do cardápio dos famosos "Xumbetas de Luxo", personagens da politicagem brasileira que vivem as custas do dinheiro público remunerados e "presenteados" simplesmente para puxar o saco do político corrupto que os contratou. E assim, enquanto os "Amigos do Rei" ostentam uma vida que não tem pelo esforço próprio e  honestidade, parte significativa da população padece na miséria, carente do básico para viver, como água e moradia por exemplo.

O Xumbeta de Luxo se diferencia dos outros tipos de Xumbetas, como o "Xumbeta pé rapado" por exemplo, pois ao contrário deste, o de Luxo tem sua cota do dinheiro da corrupção, afinal de contas, também desfruta dele, ainda que em menor escala. 

Certa vez, fui informado por um amigo, que o mesmo teria presenciado uma cena revoltante em um mercado de uma cidadezinha do sertão de Alagoas, pois segundo ele o dono do estabelecimento estava anotando na conta da prefeitura a compra de vários litros de Whisky, cerveja e refrigerante para um aniversário de um aliado político do prefeito. Além disso, é "comum" encontrar esses Xumbetas de Luxo almoçando todos os dias em Churrascarias que enviam a conta para a prefeitura mensalmente. Gasolina! Nem se fala, pois o povo paga tudo.