sexta-feira, 22 de maio de 2020

CANAPI: A PREFEITURA RESPONDE

1. Desde que o Coronavírus alcançou a categoria de Pandemia pela OMS, a Prefeitura de Canapi tem trabalhado separando a razão da emoção, buscando os meios legais para agir apoiando seu povo, mas procurando evitar que, futuramente, venha cair na malha da improbidade administrativa. Qualquer ação realizada sem o amparo legal, poderá levar o gestor a responder processo até vinte anos depois de seu mandato concluído. 

2. Desde a suspensão das aulas, a equipe da Secretaria de Educação vem trabalhando junto ao CAE – Conselho de Alimentação Escolar para que mediante determinação do congresso e sansionado pelo governo federal  os recursos da merenda fossem transformados em Kits alimentação para os alunos, seguindo assim a cartilha de orientações do FNDE como deve ser produzidos. 

Tanto é verdade que as Atas das Reuniões estão  datadas de 01/04, 16/04, 22/04 e 30/04 (em anexo) razão das decisões tomadas. Portanto, NÃO É VERDADE QUE A SEMED SÓ PROCEDEU A DISTRIBUIÇÃO DOS KITS POR DECISÃO JUDICIAL.  Expedido o TAC pela Defensoria Pública, a Secretaria de Educação, com SEGURANÇA, TRANSPARÊNCIA e DENTRO DA LEI, está fazendo a entrega dos Kits, que vai seguir distribuindo aos estudantes enquanto durar este período difícil pelo qual TODOS nós estamos passando. Gestão pública requer burocracia e isso demanda tempo, não sendo possível realizar ações públicas a toque de caixa.

Antes de ser um “Fiscal” da Prefeitura, Márcio Martins, procure manter o equilíbrio emocional sendo um fiscal de si mesmo. Admita que, mesmo com os Decretos baixados, a Prefeitura ESTÁ TRABALHANDO AO LADO DO POVO DE CANAPI e é isso, com certeza, que mais lhe incomoda. Como pré-candidato, pratique uma boa política uma vez na vida e faça a doação dos itens que recebeu a uma família mais necessitada. Talvez seja um alívio para sua própria consciência.

Por : Ascom