domingo, 13 de outubro de 2013

Após 23 dias fechados, bancos voltam a funcionar nesta segunda-feira em AL

Depois de 23 dias de paralisação, os bancos voltam a funcionar nesta segunda-feira (14) normalmente, exceto o Banco do Nordeste, que também nesta segunda devem voltar a avaliar a proposta feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e, segundo o presidente do Sindicato dos Bandos de Alagoas (Sindaban), Jairo França, a tendência é que os funcionários do Banco do Nordeste sigam o restante da categoria e encerre a greve.

A partir da assinatura do acordo coletivo, que deve acontecer no começo desta semana, os bancários terão que dar mais uma hora de expediente normal para compensar os dias não trabalhados.

O fim da paralisação foi decretado em assembleia que aconteceu na noite da última sexta-feira (11), quando os bancários se reuniram na sede do Sindaban, no Centro, e aprovaram o encerramento da greve, que fechou mais de 150 agências em Alagoas. Para Jairo França, a greve fez a categoria avança em alguns pontos, mesmo que, segundo ele financeiramente, não tenha sido tão vantajoso quanto os bancários desejavam.

"Economicamente nem tanto, embora tenhamos avançado nessa paralisação. Mas pontos como os bancos deixarem de enviar torpedos, por exemplo, para os funcionários, fora da hora do expediente, é uma conquista enorme. A pressão já é grande no dia a dia dos bancários e, ainda mais, quando eles não podem ficar em casa, em momento de lazer, sem sossego, recebendo torpedo de gerentes para bater metas", comemorou Jairo França.

Proposta
A proposta apresentada pela Fenaban elevou para 8%, com aumento real de 1,82%, o índice de reajuste salarial. Além disso, subiu para 8,5% sobre o piso salarial (ganho real de 2,29%) e 10% sobre o valor fixo da regra básica e sobre o teto da parcela adicional da Participação dos Lucros e Resultados (PLR). Outra conquista da categoria foi a elevação de 2% para 2,2% no lucro líquido para a categoria.

Fonte: Tudonahora

Nenhum comentário:

Postar um comentário