PREFEITURA DE INHAPI

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Medeiros afirma que policiais estão sendo perseguidos pela disciplina da Polícia Militar

Deputado Ronaldo MedeirosMedeiros observou ainda que tem acompanhado os altos índices de crimes cometidos por menores de idade e percebe que em muitos casos esses jovens são usados estritamente para a criminalidade.

Durante a sessão desta quarta-feira (16), o  deputado Ronaldo Medeiros repercutiu, inicialmente, o assalto que foi filmado em São Paulo e amplamente divulgado nas redes sociais, segundo o parlamentar um blogueiro havia relatado que a Secretária Nacional dos Direitos Humanos, Maria do Rosário teria sido contra a ação do policial que atirou no assaltante, mas a notícia seria mentirosa.

“Pegando o gancho no que ocorreu em São Paulo, acontecem diariamente casos semelhantes, não defendo nenhum ‘esquadrão da  morte’, mas hoje o policial, até para cumprir a   sua tarefa está ficando difícil, o regime disciplinar da Polícia Militar está muito rígido e tudo o que ele faz ele vai responder depois arriscando inclusive o seu pão de cada dia, muitos dizem que preferem ficar omissos e não reagir, pois se para se defender ou defender qualquer outro cidadão, balear um marginal ou bandido será punido e isso é um absurdo”, observou Medeiros.

O parlamentar acrescentou que esteve com o comandante da Polícia Militar e conversando com os policiais pôde ter uma noção da grande quantidade de processos disciplinares, “nós não podemos aceitar, nem tolerara que o policial abuse do poder, mas ele se está agindo em defesa da sociedade temos que defendê-lo. Já não temos muitos policiais nas ruas e o que temos estão sendo reprimidos. Também não adianta fazer blitz com secretário e secretária isso é ‘coisa’ para inglês ver”.

Medeiros observou ainda que tem acompanhado os altos índices de crimes cometidos por menores de idade e percebe que em muitos casos esses jovens são usados estritamente para a criminalidade.

“Muitos falam que não é diminuindo a maioridade penal que vamos diminuir a violência, mas hoje esses menores se utilizam da condição de menor para matar roubar, traficar drogas”, disparou o deputado.

Foto e Fonte: Camila Ferraz - Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário