PREFEITURA DE INHAPI

terça-feira, 10 de maio de 2016

Em nota, Cunha dispara: "Começo a entender por que me afastaram"

Para deputado, decisão de Maranhão é absurda e antirregimental

O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou que a decisão de Waldir Maranhão (PP-MA) de anular o processo de impeachment é ilegal e foi uma manobra do Palácio do Planalto. "Decisão é absurda, ilegal e antirregimental. Foi feita fora da Câmara", disse Cunha.

O peemedebista afirmou ainda que agora “começa a entender” os motivos que levaram o Supremo Tribunal Federal (STF) a afastá-lo do cargo. Ele também negou que tenha qualquer relação com a decisão de Maranhão. “Que piração (sobre Maranhão ter agido por influência dele)! Isso é plantação do Palácio. Qualquer um sabe que ele está com o governo”, afirmou. “Esse é o verdadeiro golpe. Por isso me tiraram”.

Segundo ele, todos os técnicos da Câmara se posicionaram contra o recurso agora acatado por Maranhão, o que explicaria a razão de ele ter dispensado a ajuda dos servidores da Casa para tomar sua decisão.

Do Diário do Poder

Nenhum comentário:

Postar um comentário