sábado, 30 de maio de 2015

Conselho da Casal autoriza reajuste de 27,68% na tarifa de água em Alagoas

O alagoano deve pagar mais caro pela água que consome diariamente. O Conselho de Administração da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) autorizou o reajuste da tarifa de água de 27,68%, de forma linear, já a partir da fatura do mês de junho de 2015. A resolução está publicada no Diário Oficial do Estado, edição desta sexta-feira (29). A autorização vai

ser analisada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal), que regula o serviço de saneamento. A assessoria de imprensa da agência informou que uma reunião está marcada para a próxima segunda-feira, com a Casal, para tratar do assunto.

De acordo com a publicação no diário, o aumento deverá ser aplicado em duas parcelas – a primeira, de 19%, a partir do faturamento de junho, sobre o consumo de maio deste ano. A segunda, de 7,29%, será no faturamento de setembro, referente ao que foi usado no mês anterior, totalizando o reajuste total determinado pelo conselho gestor da distribuidora no estado. A resolução passa a vigorar agora.

Os conselheiros consideraram que o aumento da tarifa de água é justificado pela elevação, nos últimos doze meses, dos custos operacionais, principalmente da energia elétrica, que é o maior insumo empregado na produção de água e na coleta de esgoto. 

Além disso, a companhia avalia que os “serviços de saneamento devem sempre ter como princípio a sustentabilidade econômico-financeira, e que a mesma deve ser alcançada mediante a cobrança pelos serviços prestados, através de suas tarifas”. 

Para reforçar, a empresa diz estar consciente do propósito de manutenção da política de estabilização dos preços públicos, mas alega que está 'compelida a arcar com os custos nos seus sistemas produtores muito superiores aos índices de inflação do País'. E justifica que o o último aumento da tarifa de água aconteceu em junho de 2014.

A resolução foi assinada durante a reunião do conselho, ocorrida em 21 de maio, pelos conselheiros Wilde Clécio Falcão de Alencar, George André Palermo Santoro, Roberto Barbosa Fernandes, Arnóbio Cavalcanti Filho, Erivano Cleto Cavalcante e Maria Aparecida de Oliveira Berto Machado (presidente do Conselho de Administração).
gazetaweb.com

Um comentário:

  1. Uma vergonha como assim aumento na tarifa! No povoado Promissão deve está chegando água uma vez por ano,vergonha!!!

    ResponderExcluir