terça-feira, 19 de maio de 2015

Presidente Dilma defende criminalização da homofobia no Facebook

Imagem: Divulgação/FacebookA página da presidente Dilma Rousseff no Facebook postou uma mensagem pedindo a criminalização da homofobia, cujo projeto foi arquivado pelo Senado em janeiro deste ano – sendo que o famigerado PLC 122/06 foi enterrado em janeiro de 2013

 “A presidenta Dilma tem compromisso com o combate a todo tipo de violência, seja contra mulheres, negros ou homossexuais”, diz o texto publicado neste 17 de maio, Dia Internacional Contra a Homofobia. “Não podemos viver com processos de discriminação que levem à violência”, acrescenta a mensagem.

A criminalização da homofobia foi defendida por Dilma durante a campanha pelas eleições do ano passado. Já eleita, a presidente foi cobrada por movimentos sociais e garantiu, em janeiro, que lutaria por um projeto a respeito.

Em setembro do ano passado, em meio à campanha eleitoral, a presidente se posicionou contra a homofobia ao discursar na abertura da 69ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York. No entanto, nenhum compromisso a respeito foi incluído, por escrito, no programa de governo definido para o segundo mandato.

Em seu controverso discurso na ONU, ela também chegou a defender o tema.

Fonte: Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário