PREFEITURA DE INHAPI

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

BEBÊ PERDE A VIDA POR ERRO COMUM AO USAR O CARREGADOR DE CELULAR

Por: Bruna Romanini/Mamãe Bebê
O pequeno Heitor de apenas 7 meses faleceu em Teresina no Piauí após levar um choque ao morder o carregador de celular. O carregador estava ligado à tomada, porém não havia um celular conectado a ele. “Ele estava começando a engatinhar, nunca ninguém imaginou que ele fosse levantar para pegar aquele carregador atrás do raque, ai ele pegou e foi direto para boca e ocorreu a fatalidade”, contou Eliane Pinheiro, tia de Heitor, em entrevista ao programa Bem-Estar

A mãe e vizinhos tentaram socorrer Heitor e o levaram para o hospital. Porém, quando ele chegou no hospital já estava morto


Algumas atitudes podem ajudar a evitar este tipo de acidente. Primeiro, não deixar o carregador do celular conectado a tomada sem o celular. E mesmo quando o carregador estiver conectado ao celular, é importante deixa-lo fora do alcance dos bebês.
Outro ponto importante é não utilizar carregadores de celular piratas. Isto porque este tipo de carregadores podem fazer que uma carga elétrica muito mais alta do que o esperado chegue até a extremidade do carregador, causando possíveis choques se alguém entrar em contato com eles.
O que fazer quando o bebê leva um choque
Primeiro, é preciso desligar a chave geral e então retirar o bebê ou criança do local. Puxar a criança enquanto a energia está ligada pode fazer com que o adulto também receba o choque.
Nunca toque em um fio desencapado com as mãos. Se você tiver que levantar um fio desencapado de uma criança, use um pau seco, um jornal enrolado, roupas grossas ou outro objeto resistente, não metálico e seco que não conduza eletricidade.
Uma vez que você retirar o bebê ou criança do choque, é importante não movê-lo muito, pois choques fortes podem causar fraturas na espinha.
Também é essencial checar se o bebê está respirando, se tem pulsação, se está consciente e como está a cor da pele. Se a criança não estiver respirando ou estiver sem pulsação, é importante iniciar os primeiros socorros imediatamente e também peça para alguém próximo ligar ao 193 (bombeiros) ou 192 (SAMU).
Os primeiros socorros são:
Deite o bebê, guarde o ar e coloque sua boca sobre a boca e o nariz do bebê. Sopre devagar o ar até perceber que o peito da criança sobe. Faça duas respirações com pausas entre elas pra deixar o ar sair.
Após isso, trace uma linha entre os mamilos do bebê e no centro do peito, dois dedos abaixo dessa linha imaginária posicione dois de seus dedos. Com a outra mão segure a cabeça do bebê. Realize 30 compressões rápidas, cada uma durando menos de um segundo, mas não de forma brusca. Afunde no peito do bebê cerca de 2 centímetros.
Após isso, volte a fazer as duas respirações e as compressões, siga este ciclo até o socorro chegar. Se o bebê acordar e estiver bem, mesmo assim é importante levá-lo ao hospital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário