PREFEITURA DE INHAPI

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Adolescente de 12 anos é espancada e morre durante estupro

Adolescente é violentada sexualmente e mortaUma adolescente foi encontrada morta na manhã de segunda-feira (02), na cidade de Jardim, no Mato Grosso do Sul (MS). A vítima foi identificada como Ana Jaqueline Botelho, de 12 anos, que foi espancada e violentada sexualmente até a morte. De acordo com a polícia, um homem de 42 anos, apontado como coautor do #Crime, confessou para a polícia que estava presente quando a jovem era estuprada por outro homem.
Segundo ele, no momento em que ele ia abusar da vítima, o mesmo percebeu que a garota já estava morta, então desistiu do ato. Entretanto, o principal acusado de ter cometido o crime foi preso em flagrante pela polícia. Segundo a delegada Jennifer Estevam de Araújo, o acusado teria cometido o crime após a vítima tê-lo rejeitado. Conforme relatos da polícia, a jovem foi encontrada morta após 2 dias do seu desaparecimento. Ainda de acordo com a polícia, o próprio autor do crime teria simulado ter encontrado vítima.
O suspeito teria chamado uma mulher para a mesma acionar a polícia, pois ela havia encontrado uma jovem morta. No entanto, a polícia foi até o local informado, e ao ser questionado, o mesmo acabou confessando ser o autor do crime, e tinha retornado ao local para ver ser o corpo da vítima ainda estava lá.

Coautor do crime

O homem disse para a polícia que estava caminhando pela rua pouco movimentada quando viu que o acusado chegando com a vítima. Segundo ele, os dois começaram a discutir, quando ele se aproximou e perguntou o que acontecia. Entretanto, o acusado mandou o mesmo se afastar, e em seguida viu quando a jovem foi atingida com uma paulada na cabeça. Depois, a mesma foi levada para um matagal na beira da estrada onde foi abusada pelo criminoso.
De acordo como homem, ele se aproximou da menina, no momento em que era violentada. A vítima estava gemendo de dor e ele disse que queria participar do abuso, mas foi impedido pelo acusado. Após alguns minutos, o suspeito deixou a jovem e saiu do matagal. No entanto, quando o coautor foi até a vítima, o mesmo percebeu que ela já estava sem vida e desistiu de cometer o abuso.

Sumiço da vítima

A garota estava desaparecida desde do dia 31 de dezembro. Conforme relatosda família, Ana saiu de sua casa dizendo que ia pegar a sua irmã que estava na residência da avó. A jovem desapareceu por volta das 18h50, e o crime teria acontecido 2 horas depois. Ana foi encontrada sem suas roupas íntimas. A família da menina ainda não prestou os seus depoimentos, pois estão muitos abalados.
A delegada Jennifer disse que o acusado relatou que não conhecia a vítima, mas no seu aparelho de telefone tinha o número da garota e mensagens de texto enviadas por ela. Segundo Jennifer, a polícia ficou sabendo que o acusado queria namorar com a jovem, mas era ignorado pela mesma. O caso segue sendo investigado.
Fonte: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário