PREFEITURA DE INHAPI

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Corpo de homem é encontrado enterrado em terreno de assentamento em Delmiro Gouveia

Vítima se trata de Sebastião Joaquim de Oliveira e teria sido assassinada há 15 dias; acusado do crime foi identificado e está foragido


corpo de um homem foi encontrado em estado de decomposição avançado, na manhã desta terça-feira (9), por volta das 10h, no Assentamento Juá, zona rural de Delmiro Gouveia. A vítima se trata do agricultor Sebastião Joaquim de Oliveira, 37.

Uma denúncia ajudou policiais civis da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada no município, a localizar o corpo, que há 15 dias estava enterrado em um lote agrário de propriedade de um homem identificado apenas como “Dinho”, que, de acordo com a polícia, é o autor do crime.

Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da 1ª-DRP, “Dinho” resolveu fazer justiça com as próprias mãos depois de tomar conhecimento de que, no dia 6 de novembro de 2014, também no Assentamento Juá, Sebastião tinha assassinado Cícero Francisco dos Santos, 20, companheiro da enteada dele.

“O assassinato de Sebastião aconteceu na noite do dia 24 de abril deste ano, por volta das 19h. A vítima foi morta com vários disparos de arma de fogo efetuados por Dinho, que, no assentamento, se comportava como uma espécie de justiceiro, não permitia que ladrões e homicidas se instalassem no local”, afirmou Rodrigo Cavalcanti.

De acordo com familiares, Sebastião estava morando em Inajá, em Pernambuco, e, um dia antes de ser morto, tinha saído de casa alegando que retornaria para o Assentamento Juá, em Delmiro, onde ficaria no lote agrário de um amigo, mas sequer chegou ao local. Ele tinha sido dado como desaparecido.

Para o delegado Rodrigo Cavalcanti, o caso está esclarecido e o acusado é considerado foragido. Quem souber do paradeiro dele pode denunciar por meio do Disque Denúncia 181 ou pelos telefones (82) 3641-5368 (1ª-DRP) e 3641-5256 (9º-BPM).

O corpo de Sebastião de Oliveira foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

Fonte correio Noticia 

Um comentário:

  1. Nossa onde vamos parar com tanta violência e para completar presos ganharão induto do dia das mães.
    Que país é esse

    ResponderExcluir