17/03/22

Presidente da Câmara de Vereadores de Itaíba dá prazo de 24h para Secretária de Educação explicar redução de carga horária de professores após protesto.


 Ofício assinado pelo vereador Everaldo Pequeno, atende a um pedido de providência protocolado na Câmara pelo sindicato da categoria que fala em perseguição e também pede o apoio dos parlamentares pelo reajuste do piso nacional de 33,24%.

E pra quem ainda acredita que é possível vitória sem sacrifícios e sem sofrer retaliações, trago aqui, o lamentável exemplo da Prefeitura de Itaíba no agreste do estado de Pernambuco que de acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos do Município está perseguindo os professores que no último sábado (14) participaram de um ato público (relembre aqui) pelo reajuste salarial de 33,24% relativo ao novo Piso Nacional do Magistério, reduzindo a carga horária dos educadores de 200h para 150h, direito adquirido desde 2016. 

Indignados com a atitude da atual gestão municipal, o sindicato oficializou nesta quinta-feira (17) junto a Câmara Municipal de Vereadores um pedido de apoio aos parlamentares pela recomposição da carga horária, bem como pela implantação do reajuste do piso nacional de 33,24% com progressão na carreira...  (Continua... Clique AQUI!)