quinta-feira, 26 de julho de 2018

Adolescente vive momento de fúria em escola na zona rural de Mata Grande.

Diretora teria chegado a se esconder no banheiro temendo ser agredida pelo aluno.

Por: Redação
Crédito: Divulgação/Google Imagens

Alunos, professores e demais profissionais de  uma Escola da Zona Rural de Mata Grande presenciaram uma cena bastante preocupante envolvendo um adolescente de apenas 14 anos que em um momento de fúria, aos socos e chutes depredou patrimônio público escolar e ameaçou agredir alguns servidores da instituição de ensino.

O caso teria ocorrido na última quinta-feira (26), porém, somente agora chegou ao conhecimento da imprensa através de uma funcionária da escola que presenciou toda a cena. De acordo com a servidora cujo nome foi preservado assim como o aluno e a escola envolvida, o adolescente por motivos ainda desconhecidos, estava tão "fora de controle" que a diretora teria se trancado no banheiro da escola temendo ser agredida pelo mesmo. 

A coisa ficou tão séria que a Polícia Militar chegou a ser acionada para conter a "fúria" do aluno, porém, por se tratar de um adolescente, os PMs de plantão aconselharam a direção escolar a acionar o Conselho Tutelar. 

Vale salientar que dado o relato da testemunha sobre o caso, a competência para atuar seria da PM e não do Conselho já que este só deve atuar em casos onde o adolescente for vítima e não infrator.

Ainda segundo a servidora que testemunhou todo o lamentável acontecimento, porém não soube informar quais as providências adotadas pela direção da escola para com o adolescente, essa não é a primeira vez que a escola passa por problemas de indisciplina envolvendo seus alunos, tanto que alguns pais do povoado, já teriam cogitado transferir os filhos de escola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário