segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Dezenas de moradores participam da Câmara Itinerante no povoado Gravatá

Vereadores ouviram reivindicações da população e aprovaram projetos de interesse da comunidade

Idealizado pelo presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Inhapi, Wellington Morcego (PT), e subscrito pelos demais vereadores, o Projeto Câmara Itinerante foi realizado pela primeira vez nesta sexta-feira (25), às 19h, no povoado Gravatá.

O projeto consiste na realização da sessão ordinária fora da Câmara toda última sexta-feira do mês, isso é, a sessão será realizada em uma comunidade, onde os moradores poderão participar para apresentar os problemas locais, interagindo com os vereadores.

Na sessão itinerante desta sexta-feira, com a presença de dezenas de moradores, os vereadores discutiram e aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei 0015/2019, de autoria do Poder Executivo Municipal, que trata da criação do Conselho Municipal de Educação.

“Esse conselho irá integrar pessoas de vários seguimentos da sociedade. Ele será importante para discussão das decisões dentro da comunidade escolar, como por exemplo sobre a merenda escolar”, defendeu o vereador Professor Roseildo (PT).

Na ocasião, também foi aprovada a proposição 0020/2019, de autoria do presidente Wellington Morcego, que propõe à Prefeitura o reparo da estrada que dá acesso ao povoado Gravatá. “Devido ao período chuvoso, as estradas ficaram ruins, por isso estou solicitando o reparo dessa e de outras vias vicinais do município”, justificou.

Ainda durante os trabalhos na sessão em meio ao povo, o vereador Geraldo Coco (PT) solicitou o envio de ofício da Câmara Municipal à Casal para utilização do Canal do Sertão para o abastecimento de comunidades rurais próximas dele. “Não acho justo a Casal ter adutora e ainda solicitar que a gente compre os canos para ter água encanada. Queremos que eles mesmo façam isso”, acrescentou.

O vereador ainda solicitou envio de outro ofício para a Prefeitura solicitando a limpeza de barragens na região, que inclui o povoado Gravatá. As palavras do edil foram corroboradas pelos vereadores Jaqueira (MDB) e Professor Roseildo.

O vereador Cícero de Sessé (PT) solicitou à Prefeitura a reforma de quadras esportivas e a pavimentação de ruas do povoado Gravatá. A cobrança dele foi reforçada pela vereadora Niquinha (PSB), que ainda reforçou a cobrança pelo reparo das estradas vicinais que dão acesso ao povoado e outras comunidades.

Já o vereador Cição (PSDB) se colocou à disposição da população presente, enquanto Divan Ferreira (PT) agradeceu a presença de todos. A moradora Jandira aproveitou a oportunidade e falou em nome dos moradores do povoado.

“Parabenizo aos vereadores por essa iniciativa, que é muito importante e que seja mantida, sendo levada para as demais comunidades. Tínhamos muitas reivindicações para fazer hoje aqui, mas os vereadores já fizeram grande parte”, disse a jovem, que ainda cobrou o atendimento de ginecologista e coleta regular de lixo no povoado.

Diante das reivindicações, o presidente da Câmara, vereador Wellington Morcego, comprometeu-se em discuti-las com o chefe do Poder Executivo Municipal. “Vamos sentar com o prefeito e levas suas reclamações. Depois disso, voltaremos aqui para verificar o que foi resolvido”, disse.

O secretário municipal de Agricultura, Cazuza, esteve presente e falou em nome da gestão municipal. “Parabenizo a iniciativa. Embora estejamos sempre atentos aos problemas do município, é sempre muito importante ouvir dos moradores o que de fato está acontecendo”, disse.

Não puderam comparecer à sessão itinerante os vereadores Vaninho (MDB), Beto Malta (MDB) e Gilson Tenório (MDB). 

A próxima Câmara Itinerante será realizada dia 29 de novembro, no povoado Promissão.

















Assessoria