terça-feira, 8 de outubro de 2019

Sindicato dos Servidores Públicos de Mata Grande encaminha ofício a Câmara de Vereadores solicitando a implantação do PCC do quadro 40 da Educação.


Documento foi lido em plenário na sessão desta terça-feira (08) pela Presidente da Câmara Vereadora Juliana Brandão.

Por: Redação com Ascom
Crédito: Divulgação/Facebook

Sempre atuante em defesa dos servidores públicos municipais, o SSPMMG – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mata Grande, vem travando uma verdadeira “batalha” em prol dos servidores do quadro 40 da educação que ao contrário dos servidores dos municípios vizinhos de Canapi e Inhapi, não estão enquadrados no PCC – Plano de Cargos e Carreira da Educação do município de Mata Grande, que atualmente abrange apenas os professores.

Firme na defesa dos seus filiados que aguardam ansiosamente por aquilo que antes de tudo significa respeito e igualdade entre todos quem fazem a educação de Mata Grande acontecer, o SSPMMG encaminhou a Câmara Municipal de Vereadores um ofício solicitando a implantação do PCC do quadro 40 da educação, afinal de contas, se sem o professor não se faz educação, quiçá sem o vigilante, o motorista, a cozinheira, a merendeira, as auxiliares de serviços gerais, o agente e auxiliar administrativo e todos os demais profissionais do quadro 40.

O documento foi lido em plenário na sessão desta terça-feira (08) pela Presidente da Câmara Vereadora Juliana Brandão, de onde deve seguir para o gabinete do Chefe do Poder Executivo Municipal Prefeito Erivaldo Mandu.

Vale lembrar que o PCC do quadro 40 da educação já foi pauta de reunião entre o prefeito e a direção do sindicato, ficando como encaminhamento do encontro o compromisso do gestor em realizar um estudo para deferimento ou indeferimento da proposta, o problema é que já se passaram meses sem qualquer resposta do governante municipal.